O mesmo rival da estreia do último título de Brasileirão: Cruzeiro inicia a Série B sonhando com a taça

Há quase oito anos, em uma estreia de Brasileirão, Nilton marcou o primeiro gol do Cruzeiro contra o Bahia na Fonte Nova. Foto: Marco Astoni

O Cruzeiro Esporte Clube iniciará nesta noite de sexta-feira, 08 de abril de 2022, a sua terceira caminhada na segunda divisão do Brasileirão. Depois de ser rebaixado em 2019 e viver duas temporadas assustadoras na Série B do Campeonato Brasileiro, o cruzeirense acredita em dias melhores e sonha com o retorno à elite.

O início de temporada foi animador, mesmo perdendo a final do estadual. O Cruzeiro se apresentou em um nível diferente e conseguiu mostrar uma ideia de jogo, diferentemente das últimas temporadas, quando o time mineiro não saía do lugar. Obviamente, não trata-se de um trabalho perfeito e também não é certo que dará resultado, mas o caminho está sendo trilhado de forma correta até este início de Brasileirão.

A grande questão é que a temporada cruzeirense começa, de vez, nesta semana. O Campeonato Mineiro foi utilizado da forma correta para testes, mas as derrotas para América e Atlético (duas vezes) neste ano mostraram que a Raposa pode ter dificuldade contra clubes mais fortes, mesmo jogando melhor do que nos últimos anos.

Por isso, iniciar a Série B com o “pé direito” é o melhor caminho para o clube, visto que ganharia confiança em um torneio em que a equipe não teve bons desempenhos em 2020 e 2021.

E a grande coincidência para o Cruzeiro, clube que sonha com o título da Série B, é que o adversário desta noite é o Bahia, mesmo adversário da estreia do clube no Brasileirão de 2014, ou seja, a última caminhada até um título de Brasileirão também começou frente ao Tricolor Baiano.

Cruzeiro x Bahia

Nesta noite de sexta-feira, tem início a Série B do Campeonato Brasileiro, competição que se encerrará na primeira semana de novembro. E o Cruzeiro terá um duelo bem complicado, fora de casa, logo na primeira rodada.

A equipe mineira visitará o Bahia neste 08 de abril, às 21:30, na Arena Fonte Nova, casa do Tricolor Baiano. O jogo válido pela 1ª rodada da Série B de 2022 contará com transmissão do SporTV e Premiere.

A grande curiosidade da partida é que, logo na rodada de estreia, a segunda divisão do Campeonato Brasileiro contará com dois campeões nacionais. Com quatro títulos do Brasileirão, o Cruzeiro enfrentará o Bahia, detentor de duas taças nacionais.

Logo, trata-se de clubes tradicionais que não deveriam estar nesta situação. Camisas tão pesadas não podem ficar na divisão de acesso. O Bahia chegou recentemente, visto que foi rebaixado em 2021, mas o Cruzeiro está entrando na sua terceira temporada consecutiva na Série B. É hora da mudança.

E para animar os cruzeirenses, o adversário desta estreia é o mesmo rival da primeira rodada do último título de Brasileirão.

Oito anos atrás…

Ano de Copa do Mundo. Torneios nacionais começando em abril para encaixar o mundial de seleções em meio ao calendário. Partida de estreia entre Bahia e Cruzeiro na Arena Fonte Nova. Este foi o cenário em 2014 e se repetirá nesta sexta-feira, 08 de abril de 2022. A grande diferença, além dos oito anos de distância entre as datas, é a divisão.

Naquela época, Bahia e Cruzeiro estavam na Série A do Campeonato Brasileiro e o time mineiro vivia um dos melhores momentos da sua história. Após vencer o Brasileirão de 2014, a Raposa conseguiu segurar boa parte dos seus destaques, foi campeão do Mineiro e iniciou uma caminhada rumo ao tetracampeonato, que também se destacaria por ser um bicampeonato consecutivo do Brasileirão.

Naquela oportunidade, em 20 de abril de 2014, o Cruzeiro entrou em campo com um time alternativo que contou com Fábio, Mayke, Léo, Wallace e Egídio; Nilton, Souza e Tinga; Willian, Borges e Marlone. E a equipe comandada por Marcelo Oliveira conseguiu derrotar o Tricolor Baiano na estreia, mesmo jogando fora de casa com os reservas.

Só que a partida, como é esperada nesta noite, foi bem complicada. O Cruzeiro saiu na frente já no segundo tempo, em cabeceio de Nilton, mas Anderson Talisca empatou em cobrança de pênalti. Só que em novo escanteio pela direita, Marcelo Moreno, aos 44 do segundo tempo, subiu sozinho para decidir para o Cruzeiro. 2 a 1 no placar da Fonte Nova e vitória logo na estreia daquele torneio que terminou com título cruzeirense.

Vem aí mais uma vitória cruzeirense em estreia de Brasileirão? E o título da Série B será comemorado daqui a alguns meses? Um triunfo por 2 a 1 nesta noite seria uma grande coincidência. A ver!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments