Futebol Nacional

Seu time precisa se reforçar? Os clubes têm menos de duas semanas para contratar. Entenda!

Os estaduais estão chegando ao fim em todo o Brasil. Até o próximo fim de semana, os torneios mais tradicionais de cada estado contarão com os seus grandes campeões, dando início às competições mais rentáveis e importantes.

Após um início de temporada enfrentando vários times que não estão sequer nas quatro primeiras divisões, os melhores clubes do Brasil começarão as suas campanhas na Libertadores, a partir de 05 de abril, no Brasileirão, com início em 09 de abril, e na terceira fase da Copa do Brasil, a partir de 19 de abril.

Sendo assim, os estaduais têm a principal função de promover testes nos clubes, para que as equipes entrem em abril com times definidos. No entanto, em várias partes do país ainda existem dúvidas acerca dos elencos e contratações são exigidas pelos torcedores.

O seu time precisa de reforços antes do Brasileirão, Libertadores e a fase mais aguda da Copa do Brasil começarem? Se a resposta for sim, saiba que os clubes brasileiros têm menos de duas semanas para contratar. Depois disso, as equipes terão que ficar três meses sem contratar nenhum jogador de outro time. Entenda!

A novidade de 2022

Em 2021, a grande novidade da CBF, em consenso com os clubes, foi a limitação de trocas de treinadores. Em tese, se tratava de uma ideia muito boa, mas a regra foi burlada por quase todos os treinadores e equipes, fazendo com que esta imposição fosse revogada em 2022. Neste ano, não há limites de trocas de treinadores.

Só que, desta vez, a grande novidade de 2022 é, aparentemente, impossível de ser burlada. Assim como no futebol ao redor do mundo, a partir deste ano, o Brasil contará com duas janelas de transferências, proibindo qualquer transferência fora do prazo. A criação aconteceu após uma exigência da FIFA.

Sendo assim, além de respeitar a janela de transferências internacionais, o futebol brasileiro tem a própria limitação e não haverá contratações entre clubes brasileiros da Série A e Série B daqui a duas semanas.

A janela de transferências do primeiro semestre começou em 19 de janeiro e se encerrará em 12 de abril, ou seja, daqui menos de duas semanas, os times brasileiros não poderão realizar contratações. Já a janela do segundo semestre se inicia em 18 de julho e chega ao fim em 15 de agosto, ou seja, serão mais de três meses sem poder contratar jogadores de outro clube.

Curiosidades da janela

Vale destacar dois pontos desta novidade. A primeira é que jogadores sem contrato podem reforçar os clubes, porém só poderão ser contratados se o seu vínculo anterior tiver sido rescindido antes do fechamento da janela, ou seja, antes de 12 de abril.

Já o outro ponto interessante é que até mesmo os jogadores emprestados poderão retornar aos seus clubes de origem apenas dentro das janelas de transferências. Logo, os elencos só poderão ser alterados entre 13 de abril e 17 de julho com contratações de jogadores que estejam livres no mercado desde o início de abril, no mínimo.

Obviamente, qualquer time pode realizar contratações, mas a janela de transferência proíbe a inscrição destes atletas, impossibilitando que eles entrem em campo. O registro estará proibido no futebol brasileiro dentre os clubes de Série A e Série B, a fim de atender a exigência da FIFA e controlar, em partes, o insano mercado de transferências do futebol brasileiro.

As consequências e times de Minas Gerais

As grandes consequências desta mudança é que alguns times não poderão realizar trocas nos seus elencos durante longos três meses. Sendo assim, a criação desta regra faz com que os times trabalhem intensamente nos primeiros dias de abril para não deixar o seu elenco carente de opções.

Após entrar em campo pela primeira rodada da Libertadores e do Brasileirão, os times só poderão fazer uma contratação depois de 17 rodadas do Campeonato Brasileiro, fase de grupos e oitavas da Libertadores e terceira fase e oitavas da Copa do Brasil. Portanto, entre uma janela e a próxima, vários clubes poderão ter sido desclassificados, entrado em crise e, principalmente, necessitado de reforços.

Por causa disso, é crucial fechar o elenco com sabedoria. Aparentemente, dentro de Minas Gerais, o Atlético é o time que mais tem essa convicção. Atual campeão de todos os títulos nacionais, o Galo não deve fazer contratações em breve e “fechou” o elenco ao repatriar Junior Alonso.

Já o América segue ativo no mercado buscando atletas que possam ajudar o clube na fase de grupos da Libertadores. Segundo informações do jornalista Heverton Guimarães, o atacante Aloísio “Boi Bandido” pode ser um dos reforços americanos.

Por fim, o Cruzeiro está em ótima fase, mas é necessário ter cuidado ao avaliar se o elenco está realmente preparado para a Série B de 2021. Existem carências na defesa e a Raposa precisa de um zagueiro, porém as contratações que devem ser anunciadas nos próximos dias é do volante Neto Moura, o atacante Rafael Silva e o goleiro Gabriel Mesquita. No entanto, para inscrever os reforços, o Cruzeiro deve resolver a punição na CNRD antes de 12 de abril.

Redação Bola pra Frente

Posts Recentes

Ele é inevitável: assim como em 2021, Hulk brilha e Atlético vence a 1ª no Brasileirão

Por Pedro Bueno Um confronto entre duas camisas tão pesadas sempre é complicado. Na verdade,…

1 mês atrás

As mordidas do Jacaré mostram a dificuldade da Série B: Cruzeiro estreia mal e perde para o Bahia

Por Pedro Bueno A pior atuação do Cruzeiro em 2022 aconteceu justamente na primeira das…

1 mês atrás

O mesmo rival da estreia do último título de Brasileirão: Cruzeiro inicia a Série B sonhando com a taça

O Cruzeiro Esporte Clube iniciará nesta noite de sexta-feira, 08 de abril de 2022, a…

1 mês atrás

Quer quebrar um tabu? Chama o Galo! Atlético vence duelo difícil pela Libertadores e ganha moral

Por Pedro Bueno É possível citar diversas façanhas deste Atlético. Desde a última temporada, o…

1 mês atrás

Ronaldo tem 7 dias para quitar dívidas e registrar cinco atletas. Conheça os reforços do Cruzeiro!

O Cruzeiro teve uma grande notícia na noite de segunda-feira, 04 de abril. Depois de…

1 mês atrás

Decisivo, profissional e artilheiro: Hulk é exemplo para atletas e ídolo para atleticanos

Por Pedro Bueno Givanildo Vieira de Sousa é uma unanimidade dentro do futebol brasileiro. Não…

1 mês atrás

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!