Otávio e Pavón: conheça os reforços que podem chegar no Atlético no meio de 2022

Pavón é um dos jogadores que o Atlético monitora. Foto: Getty Images

Por Pedro Bueno

Sem tantas razões, alguns torcedores estão criticando o Atlético nas últimas semanas por causa da pequena movimentação no mercado de transferências. Mas o time está trabalhando em silêncio.

O atual campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil fechou com três reforços: Ademir, Diego Godín e Fábio Gomes. O centroavante, que já estreou frente ao Villa Nova no meio de semana, foi a única negociação que o clube teve que desembolsar um valor para contratar, visto que Godín rompeu com o Cagliari-ITA e Ademir deixou o América após encerrar o seu vínculo.

Além destes jogadores, o Atlético procurou Edenílson e até avançou na negociação com o atleta, porém as dificuldades impostas pelo Internacional esfriaram o interesse alvinegro. Fora esta negociação, o time mineiro não aparenta estar tão ativo no mercado e alguns torcedores já estão reclamando, visto que, mesmo com um elenco multicampeão, a “torcida mais chata do Brasil”, como disse Kalil há quase 10 anos, quer mais reforços.

No entanto, a torcida pode ter novidades durante a temporada. O Galo está agindo de forma silenciosa e fechando acordos financeiramente perfeitos. O ponta argentino Cristian Pavón e o volante brasileiro Otávio são nomes que interessam ao Atlético e podem reforçar o clube mineiro no meio de 2022, quando os atletas ficam sem contrato e podem assinar com o Galo sem custos.

Confira notícias do Atlético aqui!

Pré-contrato

Mas é correto este estilo de negociação? O Atlético está certo em agir desta forma? É realmente sem custos? Algumas perguntas podem surgir na cabeça do torcedor e a resposta para os três questionamentos é “sim”.

Nas leis do futebol, um jogador que possui seis meses ou menos de contrato com uma determinada instituição pode assinar com outro clube, sem a necessidade do novo time negociar com a sua equipe atual.

Em um exemplo prático, o Atlético não negociou com o Bordeaux-FRA, mas Otávio já assinou com o clube mineiro para chegar depois do término do seu vínculo, segundo informações do Superesportes, ou seja, deve se apresentar depois de junho de 2022.

Já Cristian Pavón ainda não acertou, mas Rodrigo Caetano deixou claro, em uma entrevista nesta quinta, 27, que o Atlético está monitorando a situação do atacante que também encerra o seu vínculo com o seu atual clube, o Boca Juniors-ARG, na metade deste ano. Possivelmente, o time mineiro irá oferecer um pré-contrato para o ponta argentino.

Ambas as negociações não possuem custos de transferências e o time mineiro irá conversar diretamente com o jogador e os seus representantes, evitando complicadas negociações com clubes. É uma tática interessante e financeiramente saudável. Todavia, os atleticanos deverão segurar a ansiedade, já que dificilmente os atletas serão anunciados antes do meio do ano.

Atlético recusa oferta de clube árabe pelo jovem atacante Luiz Filipe. Confira aqui!

Chegar no meio do ano

Contratar jogadores por meio de um pré-contrato é uma ótima opção para economizar – Ademir chegou neste mesmo modelo de negócio. Porém, o único problema é que a negociação não é imediata.

Assim como no caso de Ademir, atleta que assinou com o Atlético no meio de 2021 e só se apresentou neste início de ano, o Galo está negociando com jogadores que só se apresentarão em julho de 2022. Obviamente, não é a melhor opção chegar ao meio de uma temporada, porém, se tratando de uma contratação sem custos, vale a pena.

Outra questão válida para justificar o modelo de contratação é que os jogadores chegarão para disputar as fase finais das competições. Caso Otávio e Pavón – e qualquer outro atleta que esteja com contrato se encerrando neste meio de ano – fechem com o Atlético e se apresentem no meio de 2022, eles não farão parte do grupo durante a fase de grupos da Libertadores e terceira fase da Copa do Brasil, além de 14 rodadas do Brasileirão e do estadual, obviamente.

Logo, mesmo chegando no meio do ano, jogadores que forem contratados por meio do pré-contrato chegarão em um momento muito importante e desgastante da temporada, renovando os ânimos de um clube que tende a estar nas cabeças destas competições.

Rodrigo Caetano garante que Turco está satisfeito com o elenco do Atlético. Veja aqui!

Cristian Pavón

O grande nome repercutido na semana atleticana foi Pavón. O atacante que completou recentemente 26 anos tem contrato com o Boca Juniors-ARG até o meio do ano e deve movimentar o mercado sul-americano.

Considerado uma das grandes promessas do futebol sul-americano nos últimos anos, Pavón se destacou pelo tradicional clube argentino, jogou a Copa do Mundo de 2018 e teve uma passagem na MLS em 2019/20, mas não conseguiu se firmar. Por causa da expectativa por trás do ponta, Pavón é considerado um jogador que tem muito potencial, porém ainda não conseguiu se estabilizar. Por isso, uma vinda para o futebol brasileiro seria uma boa saída após o encerramento do seu contrato.

Ao somar a qualidade, potencial e a possibilidade de sair de forma gratuita do Boca Juniors, a contratação de Pavón é uma boa para quase todos os clubes da América do Sul e o Atlético monitora a situação do ponta. O diretor de futebol Rodrigo Caetano se esquiva de quase todas as perguntas envolvendo negociações, no entanto, em entrevista ao GE, Caetano fez questão de afirmar que Pavón é um jogador que o Atlético está monitorando.

Ainda não existe nenhum acordo e dificilmente haverá uma confirmação de um pré-contrato por parte do Atlético nas próximas semanas, mesmo se for assinado. Entretanto, o portal FalaGalo apurou que o Atlético já fez uma análise jurídica das acusações que envolvem Pavón – veja mais detalhes aqui. O atacante do Boca foi acusado de estupro e o Galo, antes de qualquer negociação, já está analisando estas questões, prezando pela contratação de um jogador com boa índole.

Enquanto o Atlético, corretamente, analisa a parte jurídica que envolve o nome de Pavón, o futebol praticado não deixa dúvida sobre a sua qualidade. O atacante é uma das grandes revelações do Boca Juniors nos últimos anos e se destaca pela polivalência nas pontas: atua tanto na direita quanto na esquerda, variando bastante as jogadas.

Caso chegue no Atlético, Pavón seria um ótimo reforço para o elenco atleticano, disputando uma vaga no ataque com outros vários talentosos jogadores. Mesmo assim, é necessário pontuar que trata-se de um jogador com problemas extracampo e que a irregularidade faz parte da carreira de Pavón.

Outra grande questão é se pelo menos um dos estrangeiros vai deixar o clube, visto que apenas cinco podem atuar em cada partida no futebol brasileiro e Diego Godín, Matías Zaracho e Nacho Fernández devem ser titulares, além de Dylan Borrero, Savarino e Vargas, ótimas opções do plantel alvinegro. Pela posição, a saída de Savarino ou Vargas serão especuladas, caso Pavón feche com o clube alvinegro.

Galo monitora Pavón, revela diretor; atacante já pode assinar pré-contrato. Veja aqui!

Otávio

Diferentemente de Pavón, o volante Otávio está bem mais próximo do clube mineiro e já existe um acordo. Segundo informações do Superesportes, o pré-contrato já foi assinado no início de janeiro e o atleta de 27 anos deve se apresentar na Cidade do Galo em julho.

Otávio começou a sua carreira e brilhou no Athletico-PR. Foto: Marcos Ribolli

A curiosidade da negociação é que dias depois do acordo do pré-contrato com o Atlético ser noticiado no Brasil, Otávio deixou de ser titular absoluto do clube francês e foi afastado. Vale destacar que alguns outros atletas do time que está mal na Ligue 1 também foram afastados, mas a negociação com o clube mineiro pode não ter sido bem visto pelo Bordeaux.

O volante está no futebol francês desde 2017, quando deixou o Athletico-PR, time em que Otávio brilhou. Nascido em 1994 e prestes a completar 28 anos, Otávio é cria do Furacão e só defendeu os dois clubes na carreira. Estando na sua quinta temporada na Europa, Otávio pode ter entendido que é o momento certo de retornar ao futebol brasileiro.

Otávio chegaria ao Atlético para preencher uma lacuna importante. Ele é um primeiro volante clássico, ou seja, aquele que “carrega o piano”. O atleta de 27 anos poderá ser uma reposição para alguma ausência de Allan e jogaria à frente da zaga. A diferença dele para Allan é que Otávio tem mais vigor físico, enquanto Allan é mais passador e dá ritmo ao jogo atleticano. A importância da contratação é proporcionar mais variações ao elenco comandado por El Turco Mohamed.

Atlético acerta a contratação do volante Otávio, do Bordeaux. Confira aqui!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

Hosting

[…]check below, are some absolutely unrelated internet websites to ours, having said that, they’re most trustworthy sources that we use[…]