Ir à Libertadores? Veja os resultados que o América precisa na reta final do Brasileirão

Foto: Marina Almeida / América

No início da campanha do Coelho na Série A de 2021, nem o mais otimista americano acreditava em uma classificação para a Copa Libertadores da América. Porém a chance é real.

Depois de entrar no Brasileirão deste ano com a missão de evitar o rebaixamento, o América alcançou o 45º ponto, número que é tratado como “mágico” por indicar, historicamente, a permanência na Série A. Logo, o objetivo de ficar na primeira divisão já foi, praticamente, conquistado, possibilitando que a equipe sonhe com feitos ainda mais históricos. E uma vaga continental é mais do que realidade.

O Coelho está na 10ª posição – está se classificando para a Sul-Americana – e possui um jogo a menos que os seus adversários diretos, ou seja, pode se aproximar ainda mais do G-8, grupo de acesso à Libertadores que será explicado abaixo. Como o América entra em campo nesta noite de sábado, às 19:30, contra o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, a equipe treinada por Marquinhos Santos pode chegar ainda mais próximo do sonho de jogar uma competição continental.

Obviamente, não conseguir uma vaga para a Libertadores nesta reta final de Brasileirão não seria um desastre para o América, visto que o time está muito próximo de conseguir o seu objetivo: evitar o rebaixamento. No entanto, em mais uma boa temporada da equipe mineira, os americanos podem e devem sonhar com voos ainda maiores!

Bragantino x América: veja aqui prováveis escalações para o jogo do Brasileirão.

G-7, G-8 ou G-9?

Após a reformulação da Copa Libertadores da América, a pessoa que acompanha o futebol brasileiro ficou ainda mais perdida acerca da quantidade de vagas para a próxima competição continental. Por isso, é necessário explicar quantos brasileiros irão em busca da Glória Eterna em 2022.

O Brasil, tradicionalmente, possui seis vagas por meio do Campeonato Brasileiro – quatro diretas e duas que possibilitam a participação na Pré-Libertadores – e uma vaga via Copa do Brasil. No entanto, como o campeão da Sul-Americana foi o Athletico-PR e o campeão da Libertadores será Flamengo ou Palmeiras, as duas vagas oriundas das competições continentais também irão para os clubes brasileiros.

Com isso, o Brasil terá nove representantes na próxima Copa Libertadores da América. Atualmente, Athletico-PR, Atlético, Flamengo e Palmeiras já estão garantidos, além de Corinthians, Fortaleza e Red Bull Bragantino que estão bem próximos.

A grande questão que possibilita a presença do América na próxima Libertadores é que o Brasileirão contará com um G-8. Com a conquista de Palmeiras ou Flamengo na Libertadores, o G-7 já se abrirá. Já a Sul-Americana possibilitou que o Athletico-PR, dono da 13ª posição, garantisse a participação na Libertadores. Porém, como Atlético e Furacão decidem a Copa do Brasil e ambos já estão classificados, o regulamento diz que esta vaga irá para o próximo clube do Brasileirão, concretizando o G-8.

Logo, os oito melhores colocados do Campeonato Brasileiro estarão na Libertadores de 2022.

América visita RB Bragantino para manter vivo o sonho da Libertadores. Confira aqui!

As possibilidades

O América atualmente está na 10ª posição, com 45 pontos em 34 jogos. O time entra em campo nesta noite e deseja chegar mais próximo do G-8. Caso vença, a equipe ultrapassa o Internacional, clube que possui 47 tentos, e se aproxima do Ceará, time que chegou aos 49 pontos após vencer o Corinthians no meio de semana.

Atualmente, o Coelho tem apenas 0,074% de chances de rebaixamento, segundo a UFMG. Para eliminar, de vez, qualquer risco uma vitória nesta noite seria importante. Além disso, segundo a própria universidade mineira, um triunfo frente ao Red Bull Bragantino fará com que o América alcance 98,92% de chances de se classificar para a Sul-Americana, visto que chegaria aos 48 pontos. Logo, triunfar nesta noite é dar um grande passo para participar, pela primeira vez na história, de uma competição continental.

Já para se classificar para a Copa Libertadores da América, as chances são menores do que para a Sul-Americana – obviamente, visto que até o 15º colocado deve ir à Sula. Atualmente, o América tem 20,5% de chances de se classificar para a Libertadores, segundo a UFMG. É claro que uma vitória nesta noite irá elevar as possibilidades americanas, porém este número já indica que realmente existe uma chance de brigar pela vaga.

Ainda utilizando os dados da Universidade Federal de Minas Gerais, é dado um número de pontos que deve ser utilizado como meta para o América: 57. Segundo a UFMG, esta pontuação tem 100% de chances de se classificar à Libertadores, ou seja, se o Coelho vencer todos os jogos desta reta final, estará na competição continental. No entanto, uma derrota nos quatro jogos restantes não é algo desastroso, já que o time ainda poderia alcançar 54 pontos, pontuação que tem 96,02% de chances de ir para a Libertadores.

Alê supera críticas, dá volta por cima e completará 100 jogos pelo América. Veja!

Os resultados necessários

Como citado acima, o América, caso realmente queira disputar a próxima Copa Libertadores, deverá conquistar de nove a 12 pontos nesta reta final. Além de toda a vantagem esportiva de competir no mais alto nível continental, ir à Libertadores aumentaria bastante a arrecadação americana, ou seja, é financeiramente crucial lutar por esta vaga.

Por causa disso, é importante ver quais são os próximos jogos do América no Brasileirão:

  • 27/11: Red Bull Bragantino x América; às 19:30; Nabi Abi Chedid;
  • 30/11: América x Chapecoense; às 21 horas; Independência;
  • 05/12: Ceará x América; às 19 horas; Castelão;
  • 09/12: América x São Paulo; às 21:30; Independência;

São quatro jogos restantes e o América precisa de nove a 12 pontos, ou seja, o time terá que vencer, no mínimo, três jogos. Obviamente, derrotar a já rebaixada Chapecoense é uma obrigação de um time que sonha alto nesta altura do campeonato. As outras três partidas são mais complicadas, porém possibilitam importantes confrontos diretos.

Nesta rodada, a equipe pode ficar apenas quatro pontos atrás do Red Bull Bragantino caso vença. No entanto, o grande confronto é no dia 05 de dezembro. Fora de casa, o América duela com o Ceará, oitavo colocado e grande favorito, atualmente, pela última vaga. Se conseguir não perder para o time cearense como visitante, o Coelho se aproximará bastante do sonho de estar na Libertadores, obviamente dependendo do rendimento dos adversários. Já na última rodada, a equipe mineira pode encontrar um São Paulo já aliviado e tranquilo, sem riscos de rebaixamento e sem almejar nada no Campeonato Brasileiro.

Logo, o América tem dois confrontos diretos, um duelo considerado mais tranquilo com a Chape e um provável jogo acessível para fechar o Brasileirão com o São Paulo. A equipe mineira não pode tropeçar duas vezes, pois, com nove, dez ou doze pontos é provável que o América jogará a Libertadores, ou seja, precisa vencer no mínimo três das quatro partidas finais e não perder para o Ceará, já que será um jogo decisivo para ambos.

Não será fácil, porém o time mineiro está batalhando. Boa sorte, América!

Veja mais notícias do América aqui!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments