Atlético | Um time seguro, fatal e que foi empurrado pela torcida: o Galo está ainda mais próximo da conquista

Foto: Pedro Souza / Atlético

A equipe atleticana não precisa provar o seu talento para mais ninguém. Todos sabem quão qualificados são estes jogadores. E eles estão se aproximando de um título que o torcedor alvinegro sonha há quase 50 anos. Porém, não é possível afirmar que o clube está caminhando sozinho atrás desta taça. A realidade e as imagens vistas no Mineirão na noite de sábado mostram uma situação diferente.

Frente ao Juventude, o Atlético quebrou o recorde de público do novo Mineirão e contou com a presença de exatamente 61.476 pessoas. Os atleticanos empurraram o time mineiro que se mostrou seguro durante toda a complicada partida e fatal para decidir o jogo em um curto espaço de tempo.

Hulk balançou as redes duas vezes em um intervalo de quatro minutos e a torcida comemorou bastante. Uma atmosfera inexplicável foi vista em um Mineirão tomado pelo preto e branco. Uma equipe que está cada dia mais próxima de entrar para a história. Um troféu que o time está fazendo por merecer. É questão de tempo!

No entanto, devido à vitória flamenguista frente ao Internacional, o título alvinegro não poderá ser conquistado contra o Palmeiras, já na terça-feira. O sonho do torcedor do Atlético é que a taça seja garantida contra o Fluminense, no domingo, 28 de novembro de 2021. O Galo nunca esteve tão perto!

O jogo

Seria muita ingenuidade afirmar antes da partida que o Atlético venceria com facilidade. É claro que existe uma diferença chamativa entre os elencos e Galo e Juventude disputam campeonatos distintos dentro do Brasileirão, mas era claro que a equipe gaúcha, treinada por Jair Ventura, um entusiasta da “retranca”, se fecharia e tentaria contra-atacar frente ao líder do Brasileirão.

Por isso, a partida foi tensa, principalmente nos 60 primeiros minutos. A etapa inicial mais os 15 minutos do segundo tempo não contaram com grandes tramas e o Atlético apresentou dificuldades óbvias para furar as compacta marcação do Ju: uma linha de cinco mais outra linha de quatro jogadores impediram um atropelo atleticano. No entanto, as 18 finalizações levaram a equipe de Cuca a mais uma vitória com merecimento.

Depois de lances polêmicos na primeira etapa, quando, infelizmente, a arbitragem foi protagonista, o Atlético melhorou nos 30 minutos finais e conseguiu marcar dois gols. Em lance que envolveu Diego Costa, atleta que fez ótimos pivôs durante a partida, Luiz Flávio de Oliveira revisou a jogada no VAR e assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, Hulk fez o seu 12º gol no Brasileirão.

Em sequência, quatro minutos depois, aos 31, Keno roubou a bola, fez grande jogada e rolou para Hulk marcar um golaço. O Atlético se mostrou fatal no momento certo e decidiu o confronto. Uma vitória por 2 a 0 contra um Juventude que entendeu as suas limitações e tentou jogar por uma bola. Não deu certo e o Galo ganhou. Uma partida complicada, porém um duelo que foi resolvido pelo grande nome atleticano em 2021.

O personagem

Em meio aos 61.476 atleticanos presentes no Brasileirão e também entre os milhões de torcedores espalhados pelo país, existe uma unanimidade: Hulk é o grande nome do time mineiro na temporada e tende a ser a figura principal da conquista do Brasileirão.

O super-herói alvinegro faz bastante sucesso com qualquer tipo de torcedor, desde a criança até o idoso. A torcida atleticana é bem plural e Hulk consegue ser unânime porque ele merece. Mesmo fazendo uma partida ruim, onde o camisa 7 estava errando vários domínios e fundamentos simples, Hulk não se deixou levar pelos erros e acertou. E foram dois acertos cruciais.

O estádio estava cheio, o placar mostrava um empate e todos sabiam que o Atlético deveria buscar aquela vitória para seguir perseguindo a taça do Campeonato Brasileiro. Então, o árbitro marcou um pênalti e o jogador que não estava bem no jogo pegou a bola e foi para a cobrança. Haja personalidade! Hulk cobrou com perfeição e vibrou com a massa alvinegra.

Quatro minutos depois, o personagem principal desta história atleticana apareceu novamente. Após grande jogada de Keno, Hulk dominou a bola com a perna esquerda e acertou um chute especial desde a meia-lua. Um arremate inexplicável que foi no ângulo de Douglas Friedrich. Com isso, a torcida cantou ainda mais forte: Hulk, Hulk, Hulk! Um herói alvinegro. Um jogador que, após apenas um ano, tende a se colocar entre os maiores atletas da história do Atlético por inúmeros motivos. É o Hulk!

A situação da tabela

O atleticano comemorou bastante mais uma vitória, visto que a equipe alcançou o 74º ponto no Campeonato Brasileiro de 2021. Além disso, o triunfo no Mineirão sobre o Juventude envolveu outros fatos incríveis: foi a 14ª vitória seguida como mandante – marca inédita no Brasileirão -, quinto triunfo consecutivo no Campeonato Brasileiro, quarto jogo em sequência sem sofrer gols…

O Galo está muito próximo da taça do Brasileirão, porém a noite não foi perfeita porque o seu único concorrente venceu na rodada. Na noite de sábado, o Flamengo bateu o Internacional, fora de casa, no Beira-Rio, por 2 a 1 e chegou aos 66 pontos, ou seja, segue oito pontos atrás do Atlético. Com isso, restando cinco rodadas, o Campeonato Brasileiro de 2021 durará, pelo menos, até o próximo fim de semana.

Por causa da vantagem já estabelecida, o Atlético torcerá por um tropeço do Flamengo na próxima terça-feira, frente ao Grêmio, no RS, partida que o time carioca tende a atuar com reservas, visto que disputará a final da Libertadores no fim de semana.

O desejo atleticano é que o Flamengo já não vença no meio de semana para o torcedor comemorar o título com duas vitórias. No dia 23, terça-feira, o Atlético duela com o Palmeiras (reserva, também) em SP e enfrenta o Fluminense no domingo seguinte, dia 28, o dia que os atleticanos sonham em erguer a taça. Falta um pouco e ainda não acabou, mas o Atlético está próximo.

O sentimento

Para finalizar, é necessário refletir sobre o espetáculo feito pela torcida alvinegra no Mineirão. Quebrando o recorde do novo Gigante da Pampulha, a massa atleticana apoiou durante todo o jogo e presenciou uma equipe que está fazendo por merecer.

A emoção tomou conta de vários atleticanos não só no estádio, mas nas suas casas, onde o torcedor depositou toda a sua fé neste time. O Brasileirão tem dono e todos sabem que a taça tende a ser erguida pelo Atlético por causa do forte elenco, os números impressionantes e vários outros motivos.

Mas a principal razão é a torcida que não deixa de gritar. O sentimento alvinegro chama a atenção e os torcedores merecem um troféu deste tamanho para coroar o retorno dos apoiadores às arquibancadas. Um apoio inexplicável merece um título gigante. O Galo ganhou e está próximo. Curtam o momento, atleticanos!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Cadalora

É isso, a vida é feita de momentos. O Momento agora é de ter o sentimento que tudo se encaminha para o titulo Brasileiro, esse mesmo Brasileiro que por tantas vezes escapoude nossas mãos por um motivo ou outro. Dessa vez parece enfim que o titulo vai voltar pra casa do primeiro campeão de fato do Brasileirão.