O Galo, os 60 mil no Mineirão e as vitórias: uma conexão que tende a levar ao título

Foto: Pedro Souza / Atlético

Por Pedro Bueno

Uma sinergia inexplicável. Nas arquibancadas, uma torcida apaixonada que não para de apoiar. Dentro de campo, um time que, aparentemente, não irá parar de lutar enquanto não conquistar os seus objetivos.

As últimas três partidas do Atlético aconteceram no Mineirão, estádio que contou com quase 60 mil pessoas em todos estes três jogos. E o Galo ganhou. O time alvinegro venceu o Grêmio e o América de forma simples e atropelou o Corinthians, somando nove pontos cruciais em busca do título.

As vitórias em casa tendem a resultar em um título tão aguardado e a torcida sabe da sua importância. O apoio incondicional é uma marca dos atleticanos e é certo que o estádio estará cheio até o fim desta temporada.

O Galo, os 60 mil torcedores no Mineirão e as vitórias seguidas: uma conexão que tende a levar ao título. A ligação entre atleticanos e a camisa alvinegra é impressionante. A tendência é que, daqui alguns dias, a conquista do Brasileirão seja o ápice desta ligação. Um jeito único, mineiro e alvinegro de torcer.

Os números

A ligação atleticana com o seu estádio e a sua torcida ficaram evidentes nas últimas partidas. Frente ao Grêmio, no dia 02, o Galo contou com mais de 56 mil torcedores e venceu por 2 a 1. No domingo seguinte, frente ao América, mais de 60 mil atleticanos compareceram e viram Arana definir o clássico: 1 a 0. Já na noite passada, contra o Corinthians, 58.740 apoiadores presenciaram um atropelo do time mineiro.

Foram três vitórias seguidas cruciais para se consolidar na liderança do Campeonato Brasileiro. Porém, os bons números em casa fazem parte deste time há mais tempo e o Galo até alcançou um recorde histórico e incrível na última noite.

Com o triunfo sobre o Corinthians, o Atlético chegou à 13ª vitória consecutiva em casa – e 13 é Galo. Este número de triunfos seguidos como mandante nunca havia sido alcançado por um clube na história do Brasileirão dos pontos corridos. É algo marcante.

Com estas 13 vitórias seguidas, o Galo alcançou o 43º ponto em 48 disputados, visto que são 14 triunfos, um empate e uma derrota em 16 jogos no Mineirão. Em uma conta simples, basta o Atlético vencer os três jogos em casa nesta reta final para estar bem próximo do título do Brasileirão.

As melhores atuações

Caso você pergunte aos atleticanos quais foram as três melhores atuações do time mineiro na temporada, boa parte destes torcedores irão dar a mesma resposta: os atropelos sobre o River Plate na Libertadores, Fortaleza na Copa do Brasil e Corinthians no Brasileirão.

Duas vitórias por 3 a 0 e uma goleada por 4 a 0. Jogos decisivos que contaram com toda a qualidade atleticana. É impossível criticar o desempenho do time mineiro, principalmente observando estas partidas. Foram confrontos que o Atlético não deixou o adversário jogar e passou por cima.

Algo em comum entre todas estas três partidas é o Mineirão com torcedores. Os atleticanos estavam presentes nestas três atuações que já marcaram o ano de 2021, o qual tende a ser histórico. Estes jogos deixaram claro toda a qualidade atleticana e a importância de um estádio vibrando desde o minuto inicial.

A conexão

Os números assombrosos e as atuações brilhantes evidenciam a importância de jogar dentro de casa. O Atlético conquistou 43 pontos em casa, 11 a mais que o Palmeiras, vice-líder da competição, ou seja, o Galo é líder por causa desta linda conexão como mandante e se aproxima do título por causa da sua massa.

Como foi destacado anteriormente e reiterado por todos os jogadores e pelo técnico Cuca, o Atlético ainda não conquistou o título do Brasileirão. No entanto, o time percorre o caminho certo e a sinergia entre a torcida e o time é crucial.

A título de exemplo, se o Atlético perder todas as partidas longe de BH, mas vencer os confrontos dentro do Mineirão, o Palmeiras teria que fazer 19 dos 21 pontos restantes – já o Flamengo necessitaria de 23 dos 27 pontos restantes. Logo, se o time mineiro fizer apenas a “lição de casa”, os adversários necessitam de fazer uma campanha quase perfeita para tirar o título atleticano.

A taça do Brasileirão se aproxima do lado alvinegro de Belo Horizonte por muitos motivos, mas a torcida é uma das principais razões. O Galo sempre contou com o apoio do seus torcedores: nos piores momentos, como em 2005, eles estavam lá, assim como em 1971 e 2013, eles também estavam. Os atleticanos estão em 2021. “Falta um pouquinho” e é certo que a massa atleticana irá apoiar até o último minuto.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments