Conceição contra Luxemburgo: o desfalcado Cruzeiro reencontra o ex-técnico nesta noite ao duelar com o Remo no Independência

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

A equipe mineira busca motivação para atuar nesta noite. Obviamente, em todas as partidas que a camisa azul celeste entra em campo, a vitória é o objetivo, porém a atual edição chegou a uma situação desanimadora. O Cruzeiro precisa de poucos pontos para se garantir na segunda divisão, enquanto apenas um milagre o coloca na Série A, ou seja, a permanência no meio de tabela é a realidade cruzeirense.

No entanto, além da presença da torcida no Independência, um fato pode animar os jogadores da Raposa nesta noite. A equipe mineira irá encontrar o técnico Felipe Conceição, treinador do clube no início do ano. No primeiro turno, Mozart enfrentou o ex-técnico cruzeirense e perdeu. Desta vez, a batalha será entre Conceição e Luxemburgo, mas o experiente comandante da Raposa possui um grande problema: não conta com nenhum lateral-esquerdo de origem.

Nesta quinta-feira, 28 de outubro, o Cruzeiro recebe o Remo no Independência, em Belo Horizonte. A partida que será realizada às 21:30 é válida pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro de 2021 e terá transmissão exclusiva do Premiere.

O confronto direto

Mesmo com dois clubes que não possuem grandes ambições nesta Série B, o duelo desta noite pode ser interessante, visto que trata-se de um confronto direto. O 12º colocado, Cruzeiro, recebe o dono da 13ª posição, o Remo, ou seja, quem vencer fica à frente, além de possibilitar uma aproximação do rival em relação à zona do rebaixamento.

Com 39 pontos, o Cruzeiro está em 12º e quer vencer para se aproximar da primeira parte da tabela, mas o clube ainda não conseguirá passar da 11ª posição, a melhor colocação que a equipe alcançou em 2021. Como o Vila Nova, 10º, tem 42 pontos e duas vitórias a mais, a Raposa pode até igualar em pontos, mas não passa pelo critério de desempate. Logo, em caso de vitória, a equipe pode ganhar apenas o 11º lugar, mas depende de um tropeço do Sampaio Corrêa.

No entanto, a situação cruzeirense começa a preocupar o torcedor se tropeçar mais uma vez dentro de casa. Com apenas o empate, o time não é ultrapassado pelo Remo, adversário desta noite, mas o Operário e a Ponte Preta podem deixar o clube azul para trás, se vencerem na rodada. O pior cenário, obviamente, é se for derrotado: o Cruzeiro perde a posição para o Remo e pode parar em 15º. Além disso, a diferença para o Z-4 nesta rodada pode ficar em apenas quatro pontos, ou seja, vencer é crucial para a segurança cruzeirense.

Colado no Cruzeiro na tabela, o Remo tem, praticamente, estes mesmos objetivos na partida desta noite.

Os números e o momento

O leitor já sabe que trata-se de um confronto direto que pode aliviar ou preocupar os times envolvidos. Logo, é quase certo que a partida desta noite será tensa e a origem desta conclusão é o atual momento dos clubes: Remo e Cruzeiro perderam na última rodada e querem se recuperar.

O Cruzeiro até fez boas partidas em outubro, bateu o líder Coritiba fora de casa e mereceu um resultado melhor frente ao vice-líder Botafogo, mas fez um jogo ruim na última sexta-feira, 22. O time mineiro começou bem no duelo frente ao Avaí, mas se perdeu dentro de campo depois de perder alguns gols feitos e viu o experiente time catarinense matar a partida. O placar de 1 a 0 tirou quase todas as possibilidades do torcedor cruzeirense sonhar com o acesso. E é justamente o ataque que preocupa: a Raposa não marcou gols nas últimas duas partidas e está sem confiança.

Já o Remo se encontra em uma situação bem mais dramática, visto que a equipe não vence na Série B há mais de um mês. A equipe paraense empatou duas partidas e perdeu os últimos três jogos, ou seja, o time está extremamente pressionado, visto que mais tropeços desta forma irão aproximar o clube à zona do rebaixamento. O Remo ainda tem um dado que preocupa nesta noite: o time de Felipe Conceição é o quarto pior visitante, conquistando apenas 14 dos seus 38 pontos longe de casa, ou seja, não será fácil vencer nesta noite. O ponto positivo para o Remo é que o Cruzeiro é o quinto pior mandante da Série B e precisa melhorar frente à sua apaixonada torcida.

E enquanto os dois times não entrarão nesta partida com muita confiança, por causa do momento, o retrospecto anima bastante os torcedores do Remo. Em 11 partidas entre as equipes, o Cruzeiro venceu apenas duas vezes, houve quatro empates e o time paraense saiu de campo com a vitória em cinco oportunidades. Além da vantagem no histórico, o Remo venceu o último confronto – 1 a 0 no estádio Baenão – e não perde para o rival desde 1979, ou seja, existe este tabu há 42 anos.

As escalações

O Cruzeiro tem um grande problema nesta partida: não conta com nenhum lateral-esquerdo de origem. Com uma fratura no cotovelo, o titular Matheus Pereira ficou fora e o reserva Jean Victor está com um problema no olho, ou seja, as opções para a ala estão indisponíveis. Com isso, Felipe Augusto deve assumir o lado de campo, como já foi improvisado em outras oportunidades. O clube ainda conta com o desfalque de Claudinho, com COVID-19, e Marco Antônio, com dores no tornozelo, mas terá a volta dos titulares Adriano e Giovanni Piccolomo, atletas que cumpriram suspensão na última partida.

Provável escalação: Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Ramon e Felipe Augusto (Raúl Cáceres); Adriano, Lucas Ventura e Giovanni; Bruno José, Thiago e Vitor Leque. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

A grande questão no Remo é a falta de confiança interna. O time comandado por Felipe Conceição foi vaiado na última partida, quando perdeu para a Ponte Preta em casa. Obviamente, o treinador pode preparar algumas mudanças para o duelo desta noite, mas, devido ao curto elenco, a equipe não deve contar com um número alto de substituições antes do jogo começar. Os nomes conhecidos do Remo são Felipe Gedoz, algoz do Cruzeiro na Libertadores de 2014, e Victor Andrade, cria da base do Santos.

Provável escalação: Thiago Coelho; Thiago Ennes, Rafael Jansen, Marlon e Raimar; Anderson Uchoa, Marcos Júnior, Arthur (Lucas Siqueira) e Felipe Gedoz; Neto Pessoa e Victor Andrade. Técnico: Felipe Conceição.

Cruzeiro x Remo

32ª rodada do Brasileirão Série B de 2021
28/10/2021, 21:30 horas, Independência
Transmissão: Premiere
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments