A vantagem é enorme, mas a atenção também deve ser: Atlético duela com o Fortaleza no CE em busca da vaga na final

Todos atentos em busca da vaga na final! Foto: Pedro Souza / Atlético

O Atlético está bem próximo de se garantir na final da Copa do Brasil de 2021. A vantagem construída no jogo de ida é muito notável e o time fez por merecer esta margem. No entanto, assim como a vantagem é enorme, a atenção do time atleticano também deve ser, visto que o clube mineiro enfrentará um forte time, fora de casa.

Na teoria, dificilmente o Atlético perderá por quatro ou mais gols de diferença. No entanto, trata-se de um ótimo adversário e o Fortaleza, pelo menos, tentará surpreender o rival. Por isso, os comandados de Cuca estão com os pés no chão e pensam apenas na batalha desta noite. A final está próxima, mas o Galo, pelas últimas entrevistas e pelas falas dos torcedores, respeita bastante o Leão do Pici e entende que as dificuldades da partida dependem do foco alvinegro.

Nesta noite de quarta-feira, 27 de outubro de 2021, Atlético e Fortaleza se enfrentam no Castelão, estádio localizado na capital do Ceará. A partida que se iniciará às 21:30 é válida pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil de 2021 e contará com transmissão da TV Globo (MG e CE) e SporTV 2.

A classificação

É evidente que o atropelo atleticano na primeira partida fez com que o time mineiro abrisse uma ótima vantagem. Com gols de Arana, Hulk, Réver e Zaracho, o Galo venceu o Fortaleza por 4 a 0 na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil de 2021. Por isso, o Leão precisa de um “milagre” para conseguir alcançar a final da competição de mata-mata.

Como a Copa do Brasil não conta com o critério do gol feito fora de casa, o Fortaleza precisa vencer o Atlético por quatro gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis. Para se classificar diretamente, o Leão deve vencer por cinco ou mais gols de vantagem. Logo, com qualquer derrota por um, dois ou três gols de diferença, com qualquer empate e, obviamente, com qualquer vitória, o Atlético se classifica para a decisão deste ano.

Além do grande feito esportivo, chegar à final da Copa do Brasil já assegura um montante muito importante para as finanças do clube. Os finalistas da competição garantem, no mínimo, 23 milhões de reais, mas os valores são ainda maiores. Os clubes já lucraram 15,15 milhões nas fases anteriores do torneio e recebem este adicional de 23 milhões caso fique com o vice-campeonato. Porém, se for campeão, a equipe adiciona o valor de 15,15 milhões com o montante de 56 milhões, resultando em incríveis 71,15 milhões para o vencedor.

Atlético e Fortaleza disputarão uma vaga no Castelão e, simultaneamente, Flamengo e Athletico-PR decidem quem também será finalista. A partida será realizada no Maracanã e o confronto está muito aberto, visto que os times empataram por 2 a 2 no jogo da ida. Com isso, assim que os duelos desta noite terminarem, a Copa do Brasil terá a sua final decidida.

Os números e a vantagem

O triunfo da última semana animou bastante os atleticanos, visto que a equipe atropelou o rival com a presença da sua torcida. No entanto, o Fortaleza se recuperou no fim de semana e ambos os clubes chegam motivados nesta decisão. Além de toda a pressão por buscar a vaga na final, Galo e Leão protagonizaram bons e surpreendentes jogos neste ano e, certamente, irão entregar um confronto interessante.

Pelo lado atleticano, depois de vencer o Fortaleza, o time mineiro viu o Flamengo perder no sábado e aproveitou a oportunidade para aumentar a sua vantagem na liderança do Brasileirão. Contra o Cuiabá, o Atlético venceu – 2 a 1 no placar para o Galo – a sua 18º partida em 27 jogos no Campeonato Brasileiro e se consolidou como líder isolado. No torneio de pontos corridos, o Atlético possui um duelo crucial com o Fla no sábado, mas quer passar por cima do Leão do Pici na Copa do Brasil, competição que o clube conquistou em 2014.

Já o Fortaleza não sentiu o impacto da goleada atleticana na última quarta e venceu no fim de semana. O time de Juan Pablo Vojvoda bateu o Athletico-PR por 3 a 0 no sábado e está na terceira posição do Campeonato Brasileiro. A temporada é muito boa e o time está muito próximo da classificação inédita para a Copa Libertadores por meio do Brasileirão. E o foco do clube cearense tende a ser o torneio de pontos corridos, visto que a situação na competição de mata-mata ficou complicada após a derrota do primeiro jogo.

Fatos que dificultam a tentativa do Fortaleza:

  • O Atlético perdeu apenas sete vezes na temporada;
  • Só um revés neste ano foi com dois gols de diferença – 2 a 0 para o Santos em junho -, visto que todas as outras derrotas foram “magras”;
  • O time de Cuca ainda não sofreu três gols em 2021 e possui um dos sistemas defensivos mais fortes do Brasil;
  • A última vez que o Galo sofreu quatro gols em uma partida foi em outubro de 2019: 4 a 1 para o Grêmio;
  • A última derrota por quatro ou mais gols de diferença aconteceu em setembro de 2015: 4 a 0 para o Santos.

Logo, a missão do Fortaleza nesta noite é complicada.

As escalações

Está sendo muito discutido se o Atlético irá poupar atletas nesta decisão frente ao Fortaleza, visto a vantagem já adquirida e o duelo com o Flamengo no fim de semana. No entanto, Cuca frisou que o confronto está aberto e a tendência é que o clube alvinegro vá com força máxima. A questão é que o time não conta com os lesionados Mariano e Savarino, o suspenso Allan e o zagueiro Nathan Silva, que não joga a competição pelo Galo porque já atuou pelo Atlético-GO neste ano.

Além destes desfalques, Cuca pode poupar Zaracho, meio-campista que viajou normalmente, mas está pendurado, ou seja, um cartão amarelo pode fazer com que Zaracho fique fora do primeiro jogo de uma possível final. Já Jair e Nacho se desgastam bastante e podem ficar fora. No ataque, Hulk tende a jogar e buscar mais um gol para se consolidar na artilharia, mesmo com Diego Costa e Vargas no banco.

Provável escalação: Everson; Guga, Réver, Alonso e Arana (Dodô); Tchê Tchê, Jair (Calebe), Zaracho (Dylan Borrero), Nacho Fernández (Sasha); Hulk e Keno. Técnico: Cuca.

Já o Fortaleza não fala em poupar atletas, obviamente, mas apresenta seis desfalques importantes. Na defesa, Marcelo Benevenuto e Tinga estão fora, ou seja, Vojvoda terá que improvisar novamente na defesa: o lateral Daniel Guedes e o volante Matheus Jussa devem ser titulares de novo. No meio, Lucas Crispim, Lucas Lima e Yago Pikachu não irão jogar e Edinho, ex-Galo, tende a entrar na formação inicial. No ataque, Robson está fora por lesão, mas Deivid retornará. Logo, o Leão do Pici está muito desfalcado, mas, certamente, irá brigar, visto que esta vaga vale muito.

Provável escalação: Marcelo Boeck; Daniel Guedes, Titi e Matheus Jussa; Éderson e Felipe; Edinho, Matheus Vargas e Bruno Melo; David e Romarinho (Wellington Paulista). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Fortaleza x Atlético

2ª partida da semifinal da Copa do Brasil de 2021
27/10/2021, 21:30 horas, Castelão
Transmissão: Globo (MG e CE) e SporTV 2
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments