Nenhuma derrota em 11 jogos: com a vitória sobre o líder, o Cruzeiro aumentou a série invicta contra os “grandes” nesta Série B

O confronto entre Cruzeiro e Botafogo, no primeiro turno, terminou empatado. Foto: Vítor Silva/Botafogo

Dentro das quatro linhas, é complicado afirmar que camisa ganha jogo. Porém, o encontro de duas “camisas pesadas” deixa o clima da partida mais tenso e, consequentemente, os atletas entram em campo mais concentrados. Isto deve acontecer nesta terça-feira, 12 de outubro de 2021.

No feriado nacional, precisamente às 21:30, o Cruzeiro recebe o Botafogo no Mineirão, em partida que reúne diversos títulos de elite. No entanto, os clubes passam por problemas administrativos e estão disputando a Série B neste ano. Enquanto o Fogão confia na sua arrancada sob comando de Enderson Moreira, ex-técnico da Raposa, a equipe mineira, mandante da partida, deseja dar sequência aos seus bons números frente aos “grandes” da Série B em 2021.

Em confrontos com os maiores clubes da Série B, ou seja, aqueles times que estão na segunda divisão, possuem mais expressão no futebol brasileiro e ostentam mais títulos, o Cruzeiro está invicto nesta edição. Em 11 jogos na edição de 2021, a Raposa venceu quatro vezes, empatou em sete oportunidades e ainda não foi derrotado.

Este é o ponto principal que anima o torcedor cruzeirense, além, obviamente, da grande vitória frente ao Coritiba. A Raposa segue invicta contra os adversários mais tradicionais e quer seguir com estes bons números com uma vitória sobre o Botafogo.

As partidas

Nesta análise, o Blog separou seis grandes times que disputam a Série B, além do Cruzeiro. Trata-se de quatro clubes que já foram campeões do Campeonato Brasileiro (Botafogo, Coritiba, Guarani e Vasco) e mais dois tradicionais times do nosso futebol (Goiás e Ponte Preta).

Logo, em meio às 29 partidas da Série B já realizadas de um total de 38 confrontos, o Cruzeiro já protagonizou 11 jogos frente aos seus adversários com mais tradição, restando apenas um duelo diante do Botafogo, partida que acontecerá nesta terça. Veja todos estes confrontos:

  • Cruzeiro x Botafogo
    Em casa: jogará nesta terça-feira, 12 de outubro de 2021;
    Fora de casa: 3 a 3 em 10 de julho de 2021;
  • Cruzeiro x Coritiba
    Em casa: 0 a 0 em 06 de julho de 2021;
    Fora de casa: 3 a 0 para o Cruzeiro em 08 de outubro de 2021;
  • Cruzeiro x Goiás
    Em casa: 1 a 1 em 12 de junho de 2021;
    Fora de casa: 1 a 1 em 07 de setembro de 2021;
  • Cruzeiro x Guarani
    Em casa: 3 a 3 em 30 de junho de 2021;
    Fora de casa: 1 a 1 em 29 de setembro de 2021;
  • Cruzeiro x Ponte Preta
    Em casa: 1 a 0 para o Cruzeiro em 11 de setembro de 2021;
    Fora de casa: 1 a 0 para o Cruzeiro em 16 de junho de 2021;
  • Cruzeiro x Vasco
    Em casa: 2 a 1 para o Cruzeiro em 24 de junho de 2021;
    Fora de casa: 1 a 1 em 19 de setembro de 2021;

A invencibilidade

Como visto acima, o Cruzeiro entrou em campo 11 vezes contra os “grandes” desta Série B e ainda não perdeu. São quatro vitórias, sete empates e nenhuma derrota nestes 11 duelos e a esperança da torcida é que o 12º jogo seja mais uma vitória, visto que o empate não seria bom para o futuro cruzeirense.

O ponto mais curioso desta invencibilidade é que a Raposa venceu apenas oito partidas nesta Série B, mas a metade foi contra os maiores clubes, ou seja, são quatro triunfos contra o grupo dos seis times mais tradicionais e apenas quatro vitórias frente aos outros 13 adversários mais modestos da segunda divisão. Portanto, fica claro: o time azul celeste tem mais facilidade e se concentra mais contra as “camisas pesadas”.

A série invicta é notável e as atuações também. A grande vitória cruzeirense nos últimos anos foi contra o Coritiba, líder do torneio e campeão do Brasileirão de 1985. Além disso, a Ponte Preta, tradicional equipe de Campinas, foi derrotada duas vezes pela Raposa. Mesmo assim, o grande objetivo cruzeirense na próxima temporada, que tende a ser na Série B, mais uma vez, deve ser diminuir esta alta quantidade de empates, visto que o desempenho do clube contra os times mais modestos é bem decepcionante.

A sequência invicta existe. O time não perdeu para nenhum dos seis clubes mais tradicionais desta Série B e fechará esta sequência contra o Botafogo, no Mineirão. Vencer seria um gás a mais que a equipe mineira necessita. E para o restante da temporada e para o próximo ano, o Cruzeiro deve se concentrar para vencer e ficar invicto contra todos os clubes, independentemente da tradição do adversário.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments