Curtas‌ ‌|‌ Preço dos ingressos da Raposa, milhões envolvendo empresários de Dedé, folha salarial atleticana, fala de Luan sobre o Galo e ‌muito‌ ‌mais.‌ ‌Resumo‌ ‌semanal‌ ‌de‌ ‌Cruzeiro e Atlético

Um ano e meio depois da saída, declaração de Luan chamou a atenção. Foto: Bruno Cantini/Atlético.

O‌ ‌blog‌ ‌Bola‌ ‌Pra‌ ‌Frente‌ ‌traz‌ ‌um‌ ‌resumo‌ ‌semanal‌ ‌das‌ ‌notícias‌ ‌dos‌ ‌gigantes‌ ‌mineiros,‌ ‌com‌ ‌informações‌ ‌rápidas,‌ ‌pontuais‌ ‌e‌ ‌que‌ ‌deixam‌ ‌o‌ ‌torcedor‌ ‌atualizado‌ ‌sobre‌ ‌Cruzeiro e Atlético.‌

Cruzeiro

Empate com chuva, mas sem gols

O jogo do último domingo, 29, aconteceu no Rei Pelé, em Alagoas, mas o nome do estádio não foi honrado. No palco da merecida homenagem ao maior futebolista da história, CRB e Cruzeiro protagonizaram um jogo bem ruim do início ao fim, o qual contou com muita chuva. Com muitos passes errados e somente cinco chutes certos durante toda a partida, as equipes não balançaram as redes e o empate por 0 a 0 foi merecido – e sem graça.

Uma nova semana de folga

O cruzeirense ficou sem ver o seu clube do coração por mais uma semana. O Cruzeiro entrou em campo em 20 de agosto em casa e ficou nove dias sem jogar até o último dia 29, no domingo passado. Depois do empate com o CRB, o clube ficará mais nove dias sem atuar, visto que fechará a 22ª rodada da Série B com um confronto na próxima terça-feira, 7 de setembro, às 21:30, contra o Goiás, em Goiânia. Com uma vitória, o agora 15º colocado, Cruzeiro, pode ganhar até três posições e terminar a rodada em 12º, dez pontos atrás do G-4 e cinco à frente do Z-4. No entanto, uma derrota deixaria o clube mineiro na atual 15ª posição e a apenas dois pontos da zona do rebaixamento. Logo, vencer o Goiás é crucial para a Raposa sonhar!

A volta à Arena do Jacaré

Depois da importantíssima partida frente ao Goiás, o Cruzeiro irá se preparar para um reencontro: equipe, torcida e Arena do Jacaré. No sábado, 11 de setembro, às 11 da manhã, a Raposa enfrenta a Ponte Preta em Sete Lagoas, na primeira partida como mandante desde o jogo de 20 de agosto, quando venceu o Confiança. Batalhando bastante para ser o único clube da Série B com torcida, o Cruzeiro agiu e contará com os seus apoiadores na Arena do Jacaré. Veja os números da Raposa no estádio e relembre partidas marcantes em Sete Lagoas!

O preço dos ingressos

Dando início à venda, o Cruzeiro detalhou o preço dos ingressos para a partida contra a Ponte Preta. Para este jogo na Arena do Jacaré, o ticket custará 60 reais, porém, notando que um preço acessível seria melhor recebido pela torcida, a Raposa promoveu uma mudança no formato de venda. Todos aqueles que possuem o direito da meia-entrada pagarão 30 reais, obviamente, porém a equipe disponibilizou um ingresso solidário: qualquer torcedor paga apenas 30 reais e precisa levar 1kg de alimento não perecível para entrar. Portanto, é esperado que todos contribuam nesta importante iniciativa, a qual fará toda a torcida pagar 30 reais para apoiar o seu clube, um valor acessível. É importante destacar que os torcedores precisam levar o comprovante de vacinação ou o teste negativo do coronavírus. Pelo bem da sociedade e por outras partidas com a torcida no estádio, usem máscara e respeitem o distanciamento!

O retorno dos lesionados

A grande missão cruzeirense é uma complicada, contudo, possível arrancada neste 2º turno. Para isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo necessita do elenco, visto que as opções são importantes para cada partida. Logo, o treinador teve novidades importantes nesta semana de folga. O lateral-direito Raúl Cáceres, titular da posição, voltou a treinar com os companheiros. O mesmo aconteceu com o volante Lucas Ventura: Nonoca também retornou. Até então, ambos não haviam treinado sob comando de Luxemburgo, pois o técnico chegou e eles já estavam lesionados.

A saída de Stênio

O Cruzeiro negociou a saída de uma promessa na última semana. Passando por evidentes problemas financeiros, a equipe mineira encontrou uma negociação razoável para o clube e importante para um jovem atleta, e acabou fazendo um acordo no último 31 de agosto. No fechamento da janela internacional, o Torino, clube italiano, fez uma proposta e contratou o ponta Stênio. O jovem de 18 anos foi emprestado por uma temporada e o clube de Turim pagará 100 mil euros (pouco mais de 600 mil reais). Além disso, o time da elite italiana terá a opção de comprar os 70% dos direitos econômicos do atleta em 2022 por 2 milhões de euros (12,2 milhões de reais). Para muitos, Stênio teria potencial para ajudar esportivamente o Cruzeiro e o time poderia arranjar negócios melhores no futuro, mas a saída para o Torino foi a melhor escolha para todos e o Blog deseja sorte para Stênio!

330 milhões para os empresários de Dedé

A grande notícia da semana no Cruzeiro envolve um nome polêmico na história recente do clube: o zagueiro Dedé. Porém, desta vez, o processo é diretamente com os antigos empresários do jogador, os quais entraram na Justiça pedindo 330 milhões do Cruzeiro por causa de uma cláusula indenizatória. A juíza Lílian Bastos de Paula expediu um mandado para que o Cruzeiro pague em 15 dias este enorme valor, mas, obviamente, isso não irá acontecer. O clube mineiro oferecerá embargos para evitar o pagamento no prazo determinado e o processo seguirá. A Raposa ainda se posicionou e disse que apresentará uma defesa cabível. Obviamente, o valor chama a atenção, mas ainda faltam vários passos deste possível longo processo para ficar decidido se o Cruzeiro terá que pagar alguma quantia. Novidades devem surgir em breve.

Atlético

O cartão de visitas e o empate

O atleticano ficou empolgado no domingo da última semana. Em 29 de agosto, o Atlético duelou com o Red Bull Bragantino pelo Brasileirão e o placar marcou um empate por 1 a 1. Mesmo com o segundo tropeço seguido no Campeonato Brasileiro, alguns pontos chamaram a atenção e a empolgação do torcedor tem nome e sobrenome: Diego Costa. Mesmo com problemas físicos, o camisa 19 entrou no 2º tempo e marcou um lindo gol, empatando a partida nos minutos finais. Além disso, a análise destacou o bom jogo coletivo do Atlético e o azar no gol contra de Nathan Silva. Confira!

Teve mais Galo contra RB Bragantino

Logo no dia seguinte do jogo no Brasileirão masculino, Atlético e Red Bull Bragantino se enfrentaram novamente, mas desta vez na decisão do Campeonato Brasileiro A2 Feminino. As Vingadoras já subiram para a elite do futebol brasileiro e irão estrear na elite em 2022, porém sonham com um título para coroar esta temporada. No primeiro jogo da final, em 30 de agosto, as equipes não alteraram o placar: 0 a 0 e a decisão ficou para o Independência, no feriado de 7 de setembro, às 11 horas da manhã. O resultado fora de casa foi bom, mas as meninas do Galo poderiam ter saído com a vitória: aos 37, Flávia Gil bateu o pênalti, porém errou a direção, perdendo a grande chance do jogo. Mesmo assim, as Vingadoras seguem invictas na competição e irão em busca deste título na próxima terça. Boa sorte, meninas!

Folga atleticana

Depois de empatar por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, o time masculino entrou em uma importantíssima intertemporada. Após mais de quatro meses, o Atlético terá uma folga maior que três dias. Felizmente e cumprindo uma obrigação, a CBF adiou as partidas de todos os times que tiveram jogadores convocados e o Galo possui “apenas” sete atletas selecionáveis. Por isso, a última partida atleticana aconteceu em 29 de agosto e o clube só entra em campo em 12 de setembro, 14 dias depois. O Atlético deu uma folga para os atletas e retornou aos treinamentos no meio da última semana. A intenção é chegar em ótimo nível físico e técnico, visto que, a partir de 12 de setembro até o início de dezembro, o time mineiro terá muitas decisões.

A defesa atleticana

Mesmo sem atuar nestes últimos dias, um setor atleticano merece ser destacado: a defesa. Com os melhores números dentre todos os clubes do Brasileirão – apenas 13 gols sofridos em 18 jogos -, o setor defensivo atleticano ainda deve ser elogiado por uma estatística impressionante: nas últimas cinco partidas do Campeonato Brasileiro, o Atlético sofreu apenas seis finalizações certas, ou seja, o Galo consegue bloquear chances e evita qualquer boa finalização adversária. Leia mais sobre e entenda este ótimo momento da defesa alvinegra!

A venda de Emerson

O Atlético teve uma novidade financeira nesta semana com uma transferência europeia, porém houve uma certa lamentação acerca da saída de Emerson. O lateral-direito foi vendido pelo Atlético em 2019 ao Barcelona, esteve emprestado ao Real Betis e retornou ao time catalão nesta temporada. Porém, passando por problemas financeiros, o Barcelona vendeu Emerson ao Tottenham por 25 milhões de euros e o Atlético tem direito a 0,5% da negociação por ser clube formador. Por isso, o Galo receberá 125 mil euros (pouco mais de 750 mil reais). Obviamente, é uma quantia considerável, porém a lamentação existe porque, no ato da venda ao Barcelona, o time mineiro estipulou uma meta de 30 partidas pelo clube catalão, ou seja, se Emerson atingisse este número de jogos, o Galo receberia 1 milhão de euros (mais de 6 milhões de reais). Logo, a ida do ala para o Tottenham termina com esta possível cláusula. Mesmo assim, boa sorte para o lateral na Premier League!

Luan de volta?

E um ex-companheiro de Emerson no Atlético movimentou a torcida atleticana na última sexta-feira. Luan, ex-ponta do Galo, está atualmente no futebol japonês e fez uma postagem afirmando que não deveria ter saído do time mineiro – ele deixou o clube no fim de 2019, quando a relação entre a torcida e o jogador marcante não era muito boa. Em um post no Instagram, Luan disse “Quem sabe um dia não possa voltar para onde não deveria ter saído” e ainda colocou um vídeo dos seus lances com a camisa atleticana. Com 31 anos, Luan foi campeão da Libertadores em 2013 e da Copa do Brasil em 2014, sendo o artilheiro da equipe na competição nacional. No entanto, o Menino Maluquinho conviveu com problemas físicos em algumas temporadas e a relação com a torcida atleticana foi se desgastando. Ele saiu no fim de 2019 e viu o Atlético se fortalecer bastante a partir de 2020. Ainda no futebol japonês, Luan teria espaço no atual Atlético?

A folha salarial

Mantendo a ideia de ser muito transparente, o Atlético está está sempre conversando com o seu torcedor por meio das redes sociais e, neste sábado, 04, fez uma sequência de postagens que chamou a atenção. Nas últimas semanas, principalmente depois da chegada de Diego Costa, muitas pessoas afirmaram que o atual projeto do Galo é muito ambicioso e insustentável, por causa dos altos valores. Porém, o clube fez questão de afirmar que está com a parte financeira organizada. Segundo as postagens atleticanas, mesmo com os reforços, o Atlético aumentou apenas 6% da sua folha salarial desde fevereiro deste ano – foram muitos reforços, mas também muitas saídas. Ainda na sequência de posts, o Galo confirmou que a folha anual não chega a 180 milhões, incluindo todos os funcionários do clube, em todas as unidades – exceto a Arena MRV. Sendo assim, a folha salarial atleticana, contando todos os funcionários, fica abaixo dos 15 milhões mensais.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments