Em busca da importantíssima 3ª vitória seguida, Cruzeiro visita o CRB nesta tarde sem o seu camisa 9

Rômulo está atento as instruções do treinador, visto que será titular na lateral. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Desde o início da última Série B, o Cruzeiro busca algo que pode ser alcançado nesta tarde: três vitórias seguidas. Com a necessidade de pontuar bastante para se recuperar após um 1º turno vergonhoso, a Raposa venceu as últimas duas partidas e está próximo de conseguir uma ainda pequena, contudo, importantíssima arrancada na 2ª divisão. Para somar mais três pontos e se desgarrar de vez da parte de baixo da tabela, a equipe de Vanderlei Luxemburgo enfrentará um algoz, fora de casa, e não contará com o seu camisa 9.

Neste domingo, 29 de agosto, às 16 horas, ou seja, no horário nobre do futebol brasileiro na televisão, o Cruzeiro enfrenta o CRB no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL. Esta partida é válida pela 21ª rodada do Brasileirão Série B e contará com transmissão da TV Globo (AL e MG) e Premiere.

A tabela

Um ponto curioso desta partida é que os clubes estão em situações bem diferentes na tabela desde o início da competição. Além disso, o 1º turno ficou marcado por uma partida com muitos gols e muito drama para a Raposa, visto que, sem Fábio, a equipe sofreu quatro gols e, mesmo marcando três tentos, perdeu para o CRB por 4 a 3.

Sobre a classificação, o Cruzeiro está na 14ª posição, conquistou 24 pontos em 20 partidas e esta colocação ainda ruim é justificada pelo início terrível do clube nesta Série B. No entanto, os triunfos nas últimas rodadas tiraram o time de Luxa da zona do rebaixamento e, para seguir com uma distância considerável, a Raposa deve vencer. Em caso de derrota, a equipe pode perder uma posição e terminar a rodada apenas dois pontos à frente do Z-4. Em contrapartida, se vencer o CRB, o Cruzeiro ganha uma posição – ultrapassa o Brusque – e pode ficar em uma situação razoável: seis pontos à frente do Z-4 e oito atrás do G-4.

Já o CRB tem uma chance única nesta Série B: ganhar duas posições, se consolidar no grupo de acesso à Série A e assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. O time alagoano é o 3º colocado da competição depois de conquistar 36 pontos em 20 jogos. Se vencer o Cruzeiro, o Galo do Nordeste ultrapassa, pelo menos, o vice-líder Goiás e alcança o líder Coritiba, visto que chega aos mesmos 39 pontos. Como os líderes já jogaram, o CRB só depende dele e sabe que uma vitória por dois gols de diferença deixa o clube alagoano na liderança, pois ultrapassa o Coxa por meio do critério de desempate.

Os números e o momento

Além da importância da partida para a classificação dos dois clubes, o momento das equipes indica que CRB e Cruzeiro estão bem e chegam nesta partida tentando dar continuidade à boa fase.

Sob comando de Vanderlei Luxemburgo, a Raposa ainda não perdeu, porém a sequência invicta possui dois jogos a mais: são sete partidas seguidas sem perder, além das duas vitórias em sequências – ambas sem sofrer gols. Já o Galo do Nordeste não perde uma partida de Série B há 10 jogos, venceu três dos últimos cinco duelos e sofreu apenas dois gols nestes últimos cinco confrontos. Além disso, o CRB é dono do 2º melhor ataque da Série B, enquanto o Cruzeiro possui a 2ª pior defesa do torneio.

Outro detalhe interessante do confronto desta tarde é que a Raposa irá enfrentar o único time que está invicto dentro de casa na competição. Em nove jogos no Rei Pelé, o CRB venceu cinco vezes e houve quatro empates, ou seja, ninguém conseguiu sair vitorioso do Rei Pelé na Série B de 2021. Na última edição, o Galo teve uma sequência de cinco vitórias seguidas em casa na reta final e não perde no Rei Pelé desde dezembro de 2020. Porém, por outro lado, o Cruzeiro tem o 8º melhor aproveitamento longe de BH e venceu as últimas duas partidas como visitante.

Além do ótimo momento, o CRB tem outros números para se apegar em busca da vitória sobre o Cruzeiro: o retrospecto recente. Definitivamente, a equipe alagoana foi o grande algoz da Raposa em 2020, mesmo que o histórico não evidencie isso: em dez partidas, o Cruzeiro venceu quatro vezes, houve quatro empates e o CRB venceu em duas oportunidades. No entanto, os quatro triunfos cruzeirenses aconteceram entre 1972 e 2006, ou seja, nos cinco confrontos desde o início de 2020 – pela Copa do Brasil e Série B – houve duas vitórias do CRB e três empates.

As escalações

O Cruzeiro nunca esteve tão confiante nesta Série B: são duas vitórias seguidas, sete jogos invictos e um sentimento de que o futuro pode ser diferente. No entanto, logo para esta complicada partida, o Cruzeiro perdeu o seu centroavante. Dono da camisa 9, Marcelo Moreno marcou o gol da vitória contra o Confiança na última rodada, porém já está com a Seleção Boliviana e não enfrentará o CRB – Rafael Sobis ou Thiago são as opções. Além disso, Vanderlei Luxemburgo conta com mais um problema na ala-direita: Norberto machucou, se juntou a Raúl Cáceres no DM e Rômulo deve assumir a lateral. Os outros desfalques de Luxa continuam sendo Ariel Cabral, Jean Victor, Lucas Ventura e Matheus Neris.

Provável escalação: Fabio; Rômulo, Ramon, Eduardo Brock, Matheus Pereira; Adriano, Flávio, Giovanni; Bruno José, Thiago (Rafael Sobis), Wellington Nem (Dudu). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Já o CRB conta com novidades positivas. Na última rodada, o time comandado por Allan Aal venceu o Remo por 2 a 1, fora de casa, desfalcado de dois titulares: Diego Torres e Pablo Dyego não atuaram e retornam nesta partida, ou seja, o Galo deve ficar ainda mais forte. Além deles, Marthã e Wesley são boas opções na reserva e podem substituir atletas de meio-campo no 2º tempo. A grande preocupação cruzeirense deve ser com a liberdade para o argentino Diego Torres armar, visto que ele é o destaque da equipe e, para vencer, a Raposa não pode dar espaço para ele.

Provável escalação: Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano, Guilherme Romão; Claudinei (Marthã), Jean Patrick, Diego Torres; Pablo Dyego, Júnior Brandão, Jajá. Técnico: Allan Aal.

CRB x Cruzeiro

21ª rodada do Brasileirão Série B de 2021
29/08/2021, 16:00 horas, Estádio Rei Pelé
Transmissão: Globo (AL e MG) e Premiere
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique (RJ) e Daniel Oliveira Alves (RJ).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments