Não é reprise porque agora é mata-mata! Sem o destaque da defesa, Atlético enfrenta o Fluminense pela Copa do Brasil

Em uma bela paisagem, Réver treinou para substituir Nathan Silva. Foto: Pedro Souza/Atlético.

Três dias depois, os mesmos times entram em campo no mesmo estado. No entanto, além da mudança de estádio, uma grande questão pode alterar a partida desta noite: trata-se de um jogo decisivo da Copa do Brasil. Atlético e Fluminense se enfrentaram na última segunda-feira, 23, e duelam novamente nesta noite em busca de uma vaga na semifinal da competição de mata-mata. O Galo chega motivado pelo ótimo momento em todas as competições, no entanto, não contará com o destaque da defesa: Nathan Silva.

Nesta quinta-feira, 26, às 21:30, o Atlético enfrenta o Fluminense no RJ, em partida válida pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. O jogo contará com transmissão do SporTV e Premiere. O duelo será realizado no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, e o curioso é que a última partida aconteceu em São Januário. O Maracanã, tradicional estádio do Fluminense, está “descansando” para melhorar o gramado.

Não é reprise porque agora é mata-mata

É estranho, mas o calendário do futebol brasileiro impôs que Atlético e Fluminense se encontrassem em duas oportunidades em um intervalo de três dias. Além disso, as equipes iriam se enfrentar na próxima semana, mas, devido à necessária pausa para Data FIFA, o jogo da volta da Copa do Brasil foi remanejado para 15 de setembro, quarta-feira, às 19 horas.

Ao lembrar do jogo da última segunda-feira, é esperado que o duelo desta noite seja bem estudado, novamente. O placar da partida marcou 1 a 1 graças aos gols de Fred, ainda no 1º tempo, após Hulk cometer pênalti em Luccas Claro, e Eduardo Sasha, no fim da partida, quando recebeu passe de Nathan, girou e bateu bonito.

No entanto, levando em consideração o jogo pegado da última segunda, a tendência é que a tensão da partida desta noite seja ainda maior, visto que vale uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. O contexto esportivo é crucial para a temporada dos clubes, porém uma parte que chama a atenção é o âmbito financeiro. A equipe que se classificar para a semifinal irá levar mais 7,3 milhões de reais, valor bem importante para a saúde financeira dos times.

Além do resultado da última semana e da tensão por ser jogo de mata-mata, o retrospecto recente indica que o Galo não terá vida fácil contra o Fluminense. O Blog já detalhou alguns aspectos – como os últimos quatro jogos terem terminado em empate – e você pode conferir aqui!

Os números e o momento

A grande curiosidade do confronto desta noite é que os times se enfrentaram e se estudaram na última segunda-feira, ou seja, não necessitarão de tanto tempo nesta noite para entender a ideia do adversário. Caso a intenção de algum dos times seja a agressividade, as equipes já sabem o que fazer, visto que o empate por 1 a 1 na última segunda-feira, 23, “deixou bons estudos” para os treinadores. Logo, Atlético e Fluminense chegam nesta partida preparados e motivados, e visam uma vitória para começar o importante confronto com uma vantagem.

O Atlético vive um bom momento na temporada e tem números animadores em mata-mata. Na Libertadores, o time mineiro fez quatro partidas de mata-mata, venceu dois duelos, empatou outros dois e, incrivelmente, não sofreu gols – eliminou “apenas” Boca Juniors e River Plate. Já na Copa do Brasil, o Atlético venceu o Remo duas vezes, mas acabou perdendo a partida de volta frente ao Bahia. O time se classificou, porém não está invicto na competição.

Para evidenciar ainda mais o bom momento, o Atlético é líder do Brasileirão, possui seis pontos de vantagem para o vice-líder e está confiante para chegar ainda mais longe nas três competições. Um detalhe interessante é que, se não perder nesta noite, a equipe de Cuca completará dois meses com apenas uma derrota.

Já o Fluminense trocou de técnico e a estreia de Marcão foi até boa, mas poderia ser melhor. O time carioca saiu na frente, teve uma grande chance desperdiçada por Gabriel Teixeira e viu o Atlético empatar. No entanto, o último resultado pode ter acarretado uma animação para o Flu, visto que o Tricolor estava em uma fase terrível. Mesmo assim, o Fluminense não vence desde o início de agosto e o último triunfo contra uma equipe da Série A aconteceu em 10 de julho, há mais de 45 dias. Na Copa do Brasil, o Flu de Roger Machado eliminou o Red Bull Bragantino e o Criciúma, e Marcão tentará levar o Fluminense ainda mais longe.

As escalações

Para enfrentar o Fluminense nesta quinta-feira, Cuca terá apenas um novo desfalque em relação a última partida, mas o jogador ausente fará bastante falta. O zagueiro Nathan Silva, destaque defensivo do Atlético nas últimas partidas, já jogou a Copa do Brasil pelo Atlético-GO e não atuará pelo time mineiro na competição. Por isso, Réver deve voltar ao time titular, mas Igor Rabello também briga pela vaga. No restante da equipe, Cuca segue sem Jair e Mariano, lesionados, e Diego Costa, atleta que está recuperando a parte física. A grande dúvida é se o técnico do clube mineiro manterá o time mais ofensivo, com Zaracho ao lado de Allan, ou se algum dos atacantes perderá a vaga para Tchê Tchê, com maior preenchimento do meio-campo.

Provável escalação: Everson; Guga, Réver (Igor Rabello), Alonso, Arana; Allan, Zaracho, Nacho Fernández; Savarino (Tchê Tchê), Hulk, Vargas. Técnico: Cuca.

Em contrapartida ao desfalque do Galo, o Fluminense poderá repetir a escalação da última partida, visto que todos estão à disposição e o time carioca fez boa partida contra o Atlético na última segunda-feira. Os únicos desfalques continuam sendo os lesionados Caio Paulista, Ganso e Hudson. Portanto, na sua 2ª partida comandando o Flu nesta passagem, Marcão tende a escalar os mesmos jogadores e tem uma novidade no banco: o recém-chegado Jhon Arias estará disponível.

Provável escalação: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro, Egídio; André, Martinelli, Yago Felipe; Luiz Henrique, Fred, Lucca. Técnico: Marcão.

Fluminense x Atlético

1ª partida das quartas de final da Copa do Brasil de 2021
26/08/2021, 21:30 horas, Estádio Nilton Santos
Transmissão: SporTV e Premiere
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments