Em busca de um recorde impressionante no Brasileirão, Atlético enfrenta o Fluminense nesta segunda no RJ

Ele está de volta: depois de cumprir suspensão contra o River, Nacho Fernández será titular. Foto: Pedro Souza / Atlético

Não é uma simples sequência atleticana. Trata-se de uma série histórica de vitórias que pode ser consolidada, nesta noite, como a melhor. Com nove vitórias consecutivas no Brasileirão, a equipe empatou com o Internacional de 2020 como os times com a melhor sequência vitoriosa. Mais um triunfo faz com que o clube alcance a melhor arrancada da história dos pontos corridos. Em meio à boa fase, o Galo enfrenta o Fluminense e, além de estar muito pressionado, a equipe carioca está com técnico novo. Portanto, motivação de ambos os lados não faltarão.

Nesta noite de segunda-feira, 23 de agosto, o Atlético duela com o Fluminense em São Januário, visto que o Maracanã está fechado para recuperar a qualidade do gramado. A partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro acontecerá às 20 horas e contará com transmissão do SporTV (menos RJ) e Premiere.

O recorde

Em 27 de junho de 2021, o Atlético entrou em campo pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro e perdeu para o Santos por 2 a 0, em uma partida bem ruim do time mineiro, o qual estava desfalcado por causa da Copa América e devido ao surto de coronavírus. Naquele momento os torcedores ficaram bastante chateados – com razão -, mas a sequência do Brasileirão reservava algo especial para o Galo.

Desde a 8ª rodada, quando enfrentou o Atlético-GO em 1º de julho, até a 16ª rodada, quando duelou com o Palmeiras em 14 de agosto, o Atlético fez nove partidas no Campeonato Brasileiro e ganhou todas. São nove triunfos em sequência, liderança isolada e uma grande possibilidade de fazer história nesta noite.

Esta incrível sequência atleticana já é histórica para o clube, visto que o time alvinegro nunca havia alcançado uma série de vitórias tão grande no Brasileirão. No entanto, a ambição atleticana indica que o clube deve vencer mais algumas partidas. Nesta noite, em caso de vitória sobre o Fluminense, o time alcança o 10º triunfo em sequência e se torna o recordista da era dos pontos corridos. Porém, para buscar um recorde ainda mais impressionante, o Galo deve vencer o Fluminense e o Red Bull Bragantino, na próxima rodada, para alcançar os números do Guarani de 1978, equipe que foi campeã brasileira e venceu 11 partidas seguidas em um Brasileirão – foram 12 triunfos em série contando o início da edição seguinte.

Buscar recordes é uma forma de colocar a geração de jogadores daquele time na história. Obviamente, o título é o objetivo e deve ser o foco atleticano, no entanto é muito louvável e crucial para a campanha alvinegra este fato: se vencer nesta noite, o Atlético terá derrotado mais da metade dos seus adversários no Brasileirão de forma consecutiva. É impressionante!

Os números e o momento

A diferença entre os clubes antes deste confronto é visível nas últimas partidas. Enquanto o Atlético vive ótimo momento no Brasileirão, como citado acima, e se classificou de forma emblemática na Libertadores, o Fluminense está próximo da zona do rebaixamento e foi eliminado da competição continental.

O Atlético chega nesta partida com uma bela sequência de triunfos no Brasileirão, mas a confiança da equipe está muito alta por causa da grande vitória na última partida do time. Na quarta-feira, 18 de agosto, o Galo enfrentou o River Plate no Mineirão e venceu por 3 a 0, na melhor atuação do clube na temporada. Por isso, o grande objetivo é manter o nível de atuação para abrir mais vantagem na liderança. O Atlético, 1º colocado do Brasileirão, tem 37 pontos e viu, neste fim de semana, os tropeços de todos os seus concorrentes na rodada. Por isso, o Galo pode terminar a rodada, em caso de vitória, com oito pontos de vantagem em relação ao vice-líder Palmeiras – com dois jogos a menos, o Flamengo pode chegar aos 34 pontos.

Já o Fluminense vive uma fase completamente inversa ao momento atleticano. Com quatro derrotas seguidas no Brasileirão, a equipe não vence uma partida na competição desde 10 de julho. O Flu está na 16ª posição, com 17 pontos, ou seja, apenas um tento à frente do Grêmio, primeiro clube dentro do Z-4. Além disso, o Fluminense é o terceiro time que menos somou pontos como mandante neste Brasileirão e enfrentará o Atlético, melhor visitante. Até por causa desse mau momento e devido à eliminação na última quinta-feira, contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, o técnico Roger Machado foi demitido e Marcão já assumiu o time carioca.

Para animar ainda mais a torcida atleticana, o retrospecto do confronto é bem favorável ao Galo. Em 95 partidas, o Atlético venceu o rival 37 vezes, houve 28 empates e o Fluminense bateu o time mineiro em 30 oportunidades. O curioso é que os três últimos confrontos terminaram empatados.

As escalações

O Atlético fez a sua melhor atuação na temporada na última quarta, contra o River. No entanto, a equipe estava desfalcada do seu pensador: Nacho Fernández estava suspenso, ficou fora na Libertadores e retorna nesta noite. Por isso, Cuca terá uma dor de cabeça ofensiva, visto que Savarino está em grande fase e Vargas está muito bem, mesmo sem marcar. Em contraponto à volta de Nacho, o Galo perdeu Jair e Mariano. Ambos tiveram problemas na coxa e estão tratando em BH – Guga e Tchê Tchê devem ser os substitutos. Assim como os lesionados, o recém-chegado Diego Costa também ficou em MG para recuperar a forma física.

Provável escalação: Everson; Guga, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Tchê Tchê, Zaracho, Nacho Fernández; Savarino (Vargas), Hulk. Técnico: Cuca.

Após a saída de Roger Machado, o Fluminense efetivou rapidamente Marcão, treinador que já assumiu o clube de forma interina em outras oportunidades. Desta vez, o técnico tem a missão de segurar o forte time do Atlético e recuperar a equipe carioca, visto que o Flu está muito mal no Brasileirão e não tem confiança. Para a partida desta noite, a escalação de Marcão deve ser semelhante ao time que empatou com o Barcelona-EQU pela Libertadores, mas com a saída do lesionado Ganso e a entrada de Lucca. Além do meio-campista ex-Santos, o jovem Gabriel Teixeira e o experiente Hudson estão lesionados e ficam fora.

Fluminense x Atlético

17ª rodada do Brasileirão Série A de 2021
23/08/2021, 20:00 horas, Estádio São Januário
Transmissão: SporTV (menos RJ) e Premiere
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments