Curtas‌ ‌|‌ Dívida crucial paga pela Raposa, Moreno será desfalque, situação de Jair e Mariano, valores da venda de Marrony e‌ ‌muito‌ ‌mais.‌ ‌Resumo‌ ‌semanal‌ ‌de‌ Cruzeiro‌ e Atlético‌ ‌

Em boa fase, Moreno será desfalque no início de setembro por causa das Eliminatórias. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O‌ ‌blog‌ ‌Bola‌ ‌Pra‌ ‌Frente‌ ‌traz‌ ‌um‌ ‌resumo‌ ‌semanal‌ ‌das‌ ‌notícias‌ ‌dos‌ ‌gigantes‌ ‌mineiros,‌ ‌com‌ ‌informações‌ ‌rápidas,‌ ‌pontuais‌ ‌e‌ ‌que‌ ‌deixam‌ ‌o‌ ‌torcedor‌ ‌atualizado‌ ‌sobre‌ ‌Atlético‌ ‌e‌ ‌Cruzeiro.‌

Cruzeiro

A estrela que deu a vitória

Um jovem jogador mostrou que possui estrela na última terça-feira, 17, em uma partida realizada nos Aflitos, em Recife. Náutico e Cruzeiro estavam empatando até os 35 da 2ª etapa, quando Thiago entrou na vaga de Marcelo Moreno, marcou o gol da vitória e encerrou um jejum de gols de quase 400 dias. O atleta da base não estava vivendo uma boa fase e precisava de um gol. E a bola balançou as redes no momento certo, visto que o Cruzeiro e o Thiago precisavam deste gol para ganhar mais confiança para o restante da temporada. Uma vitória magra, contudo, importante por 1 a 0 contra o Náutico.

A flechada para comemorar

Depois da importante vitória fora de casa, o Cruzeiro iniciou o 2º turno contra o Confiança, no Mineirão, e o jogo contou com várias novidades. O VAR estreou nesta 20ª rodada da Série B – felizmente, o juiz de vídeo não foi o protagonista na partida da Raposa -, a equipe mineira estreou a terceira camisa, um uniforme verde homenageando a origem italiana, e a melhor notícia da última sexta-feira, 20, foi o retorno da torcida ao estádio. Com todas estas novidades, o Cruzeiro estava muito motivado em campo e dominou a partida do início ao fim. A equipe teve problemas na finalização, mas Marcelo Moreno, o Flecheiro Azul, marcou um gol de pênalti na 2ª etapa e decretou o bom resultado para a Raposa: 1 a 0 e mais três pontos na tabela, além de alcançar duas vitórias seguidas pela 1ª vez nesta Série B.

Pontuação necessária

A atenção cruzeirense ainda deve ser a distância da zona do rebaixamento, mas é óbvio que o torcedor pode sonhar com feitos maiores depois do bom início sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. O experiente treinador comandou a equipe nas últimas cinco partidas, conseguiu três vitórias e empatou dois jogos, ou seja, conquistou 11 de 15 pontos, um ótimo aproveitamento que deixa a equipe com 24 pontos em 20 jogos nesta Série B. E nesta semana, o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, concluiu que serão necessários 64 pontos para subir e 45 para sobreviver na 2ª divisão. Portanto, segundo o matemático, o Cruzeiro precisa de 40 pontos em 54 tentos que serão disputados para voltar à elite do futebol brasileiro e necessita de 21 em 54 para ficar na Série B, pelo menos.

O trio de ataque de Luxa

Logo depois do bom 2º tempo da equipe azul celeste na partida frente ao Confiança, algo foi facilmente concluído por boa parte dos torcedores e analistas do Cruzeiro: finalmente, o trio de ataque do Cruzeiro está definido e, se tiver condições físicas ideais, os camisas 16, 09 e 21 devem ser titulares do time. Bruno José, Marcelo Moreno e Wellington Nem são os melhores atacantes do clube, atualmente, e precisam atuar mais juntos. Veja a análise!

Moreno já é desfalque certo

No entanto, o trio de ataque especificado não poderá atuar junto no início do próximo mês. Nesta semana, o técnico César Farias fez a convocação da Seleção da Bolívia e, obviamente, o ídolo Marcelo Moreno, ou melhor, Marcelo Martins, como é chamado no seu país, foi convocado. O artilheiro das Eliminatórias claramente não iria ficar de fora e desfalcará o Cruzeiro em, no mínimo, duas partidas – contra Goiás, Ponte Preta e, talvez, Operário. Pela Bolívia, Moreno enfrentará Colômbia, Uruguai e Argentina entre os dias 02 e 09 de setembro.

A dívida crucial paga

O cruzeirense conseguiu dormir mais tranquilo neste fim de semana. Além das duas vitórias seguidas, algo inédito nesta Série B, o Cruzeiro quitou uma dívida crucial para a sequência da temporada. Na última sexta-feira, 20, a Raposa anunciou o pagamento para o Al Wahda da dívida de quase 8 milhões de reais em relação ao empréstimo do volante Denilson e finalizou um pesadelo terrível para a Raposa. Em 2020, o Cruzeiro perdeu seis pontos no início da Série B por causa desta pendência e poderia ser rebaixado neste ano em caso do não-pagamento. No entanto, a equipe vendeu uma propriedade – Campestre II – e conseguiu o montante para quitar esta dívida com o time árabe.

Novas condenações

Mesmo com o pagamento importantíssimo da dívida de Denílson, os cruzeirenses ainda seguem preocupados com a parte financeira. Contrapondo a ótima semana da equipe dentro e fora de campo, o Cruzeiro foi condenado em dois processos e outros dois atletas entraram na Justiça contra o clube. A Justiça do Trabalho condenou a Raposa a pagar 4,3 milhões para Egídio, ex-lateral da equipe – anteriormente, o Cruzeiro já havia sido condenado a pagar quase 1,5 milhão para Egídio. A outra condenação negativa envolveu o auxiliar técnico de Felipe Conceição. Fabrício Vasconcellos: ele processou o Cruzeiro e a equipe foi condenada a pagar pouco mais de 200 mil reais. Por fim, os ex-jogadores Arthur Caíke e Rodriguinho iniciaram processos contra a equipe mineira e novos julgamentos devem acontecer nos próximos dias.

Atlético

Classificação para a semi

Uma noite espetacular para os torcedores atleticanos. Um atropelo histórico com direito a golaços do Galo, ou seja, “galaços”. Uma atuação primorosa de um time que está cada dia jogando melhor e isso foi visto no placar. Na última quarta-feira, 18 de agosto de 2021, o Atlético venceu o River Plate-ARG por 3 a 0 no Mineirão e se classificou para a semifinal da Copa Libertadores da América. O time enfrentará o Palmeiras na próxima fase nos dias 21 e 28 de setembro e quer dar mais um passo em busca da Glória Eterna!

As obras de arte

A atuação atleticana contra o River Plate foi brilhante e todos os envolvidos, desde o torcedor até o roupeiro da equipe, merecem ser elogiados. Porém, obviamente, alguns atletas merecem destaque como Everson, goleiro que fez lindas defesas, Hulk, artilheiro que fez um gol e deu uma assistência, e Savarino, ponta que deu duas lindas assistências. Além destes, um jogador chamou a atenção: Matías Zaracho. O argentino marcou dois gols e foi muito bem. E o 1º gol do camisa 15 do Galo foi uma obra de arte, a qual, coincidentemente, pode ser conectada artisticamente com a defesa do goleiro Victor em 2013, contra o Tijuana, a qual também classificou o time mineiro para a semifinal da Libertadores. Confira!

Folga no fim de semana

Depois de muita tensão em sequência, visto que, em oito dias, o Atlético venceu o River Plate (duas vezes) e o Palmeiras, a equipe mineira teve uma folga ligeiramente maior. Neste fim de semana, 21 e 22 de agosto, o Galo não entra em campo e só atuará contra o Fluminense, pelo Brasileirão, nesta segunda-feira, 23, às 20 horas. Curiosamente, ainda nesta semana, na quinta-feira, 26, às 21:30, os times se enfrentam novamente, mas, desta vez, pela Copa do Brasil. O Fluminense vive um momento bem conturbado e trocou de treinador neste sábado, 21: Roger Machado foi demitido e Marcão assumiu definitivamente o clube.

Situação de Mariano e Jair

A semana atleticana foi muito boa: a torcida fez festa no Mineirão – mesmo com uma aglomeração criticável -, o time se classificou para a semifinal da Libertadores e está em grande forma. No entanto, dois jogadores deixaram o jogo contra o River Plate sentindo e preocupam para a dura sequência de duelos do Atlético. Jair e Mariano foram substituídos depois de sentirem fisgadas na coxa. Os atletas fizeram exames, mas o Galo ainda não divulgou os resultados. A tendência é que eles fiquem fora, pelo menos, dos jogos desta semana. Segundo informações do jornalista Heverton Guimarães, Mariano volta em até 10 dias e Jair levará mais ou menos 25 dias para retornar.

Apresentação de Diego Costa

Além do bom resultado dentro de campo e todos os fatores já citados, a torcida atleticana ficou ainda mais animada na última semana por causa da apresentação de um jogador de alto nível. Na quinta-feira, 19, o atacante hispano-brasileiro Diego Costa foi apresentado na Arena MRV e falou bastante sobre as suas primeiras impressões acerca do Atlético. Já inscrito no BID e necessitando apenas de condições físicas ideais para estrear, o novo camisa 19 do Galo disse que ficou impressionado com o calor da torcida, afirmou que jogaria contra o River se pudesse e está bastante feliz com o projeto atleticano. Diego está treinando normalmente e pode ser relacionado para os jogos frente ao Fluminense, mas a tendência é que o centroavante passe mais alguns dias apenas treinando para recuperar a forma física.

Valores da venda de Marrony

Depois de algumas semanas negociando, o Atlético, o Midtjylland e o atacante Marrony entraram em um acordo e o jogador deixou o Brasil e foi para a Europa. O clube dinamarquês que contratou Marrony tem parceria com o Brentford, time inglês que está na Premier League, e pode ser uma boa oportunidade para o atleta de 22 anos chegar ao nível mais alto do futebol europeu. Marrony foi contratado por 20 milhões de reais em 2020 e, como confirmado pelo próprio clube, o Galo receberá pelo menos 4,5 milhões de euros (28,31 milhões na cotação atual) pelo negócio, dividido em duas parcelas: 3 milhões à vista e 1,5 milhão de euros em junho de 2022 – a equipe ainda continuou com 10% de uma venda futura. Os valores da venda de Marrony ainda podem aumentar consideravelmente porque, se o atacante fizer 50% dos jogos do time dinamarquês em uma temporada, o Atlético receberá um milhão de euros – esta cláusula é válida pelos próximos três anos e o Galo poderá lucrar mais 3 milhões de euros, no máximo, dependendo do desempenho e regularidade de Marrony no Midtjylland. O contrato com o Galo já foi rescindido e o atleta já se despediu. Boa sorte, Marrony!

Empréstimos realizados pelo Galo

Além de vender Marrony, o Atlético negociou outros dois atletas na última semana. O jovem Daniel Penha, cria da base do Galo, estava emprestado ao Confiança e fez 18 partidas no time sergipano – marcou três gols e deu uma assistência. Mesmo como titular na Série B, o Atlético preferiu pedir o jogador de volta e emprestou Daniel Penha ao Newcastle Jets, time australiano. Já Maidana, zagueiro que é cria da base do São Paulo e foi contratado pelo Galo em 2018, estava emprestado ao Sport e, devido à grave crise financeira, acabou rescindindo o contrato com o time pernambucano. Por causa disso, Maidana será emprestado ao Gil Vicente, equipe da 1ª divisão portuguesa. Segundo o GE, o Atlético não receberá nada por causa destes empréstimos, mas a intenção do time é uma possível valorização destes jogadores para vendas futuras.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments