Salários praticamente em dia, permanência de Moreno e saída do Z-4: em um clima bom, Cruzeiro enfrenta o Vitória no Horto

Moreno ficou e vai para o jogo! Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O ânimo dos cruzeirenses e dos atletas que vestem a camisa azul celeste foi alterado nos últimos dias. Após a estreia de Vanderlei Luxemburgo, onde o Cruzeiro venceu de virada, nos minutos finais, o clima na Toca da Raposa melhorou bastante. O time mineiro deixou a zona do rebaixamento da Série B, viu o seu camisa 9 rejeitar uma proposta estrangeira e permanecer no clube, e quitou boa parte dos salários atrasados. Não é certo que o time conseguirá vencer as próximas partidas, porém este momento pode ser um passo importante em busca da recuperação na 2ª divisão.

E para vencer de forma consecutiva, feito inédito nesta Série B, o Cruzeiro enfrenta o Vitória nesta quarta-feira, 11, às 19 horas, em jogo válido pela 17ª rodada da Série B de 2021. A partida será realizada no Independência, no famoso bairro do Horto, porque o Mineirão passará por um necessário descanso, visto que o gramado está bem ruim.

O clima bom

Não foi mágica, mas sim um pouco de profissionalismo. Anteriormente, a Raposa estava com um técnico inexperiente, com salários atrasados e a sequência ruim de resultados era consequência de tudo isso. Após ajustar alguns destes problemas internos, o clima bom pede para que os jogadores entreguem um futebol mais confiável para provocar uma recuperação na 2ª divisão. Cabe aos atletas realizarem esta real recuperação e o jogo desta noite é importantíssimo para dar moral.

O clima bom começou após a chegada de Vanderlei Luxemburgo e uma básica imposição: os salários deveriam estar em dia. Algo que é obrigatório em qualquer empresa não é a realidade do futebol brasileiro, porém o experiente técnico, sabendo da importância do pagamento, exigiu isso na Raposa.

Por isso, nesta semana, após vencer o Brusque de virada, estrear com três pontos sob novo comando e deixar o Z-4, o Cruzeiro colocou praticamente os salários em dia. Com 9 milhões do investidor Pedrinho, o clube quitou os vencimentos dos jogadores de 2021. Mesmo assim, os débitos seguem: segundo a Rádio Itatiaia, a diretoria segue buscando recursos para acertar com o administrativo, time feminino e base, além dos atrasados de 2020.

Enquanto a diretoria, com investimento de Pedrinho, estava acertando salários, o Cruzeiro quase ficou sem o seu centroavante. No entanto, Marcelo Moreno se reuniu com o presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, afirmou o seu interesse em permanecer e rejeitou uma proposta do Chile. O atleta foi procurado pelo Colo-Colo, mas não aceitou a proposta, ressaltou que entende o momento que o Cruzeiro vive e que ele quer ajudar o clube. Com isso, Moreno foi relacionado normalmente e deve ser titular nesta noite.

Os números e o momento

A Arena Independência receberá nesta noite de quarta-feira, 11 de agosto, um confronto direto na parte de baixo da tabela. Enquanto o Cruzeiro quer se desgarrar do Z-4 e buscar voos maiores na competição, o Vitória quer vencer para ultrapassar o time mineiro e aliviar um pouco a sua situação. Portanto, o duelo desta noite vale muito!

O Cruzeiro chegou à última partida frente ao Brusque em uma terrível sequência de nove jogos sem vencer, a qual acarretou a saída do técnico Mozart. Porém, mesmo saindo perdendo, o Cruzeiro de Luxemburgo conseguiu um ótimo resultado na estreia: venceu o Brusque por 2 a 1, de virada, e respirou. Em 15º com 16 pontos em 16 jogos, o Cruzeiro vê a possibilidade de ganhar uma posição – Vila Nova perdeu – e abrir ainda mais distância para o Z-4 se derrotar o rival desta noite. O pensamento deve ser este no início de trabalho de Luxa, visto que o G-4 ainda não é a realidade cruzeirense.

Já o Vitória visitará o Cruzeiro em um momento terrível: perdeu quatro dos últimos cinco jogos e só venceu um duelo das últimas 13 partidas, ou seja, está muito mal. O time ainda ostenta o assustador fato de não marcar um gol desde 24 de julho, ou seja, há quatro jogos não balança as redes. Até por isso, o time de Ricardo Amadeu está na 17ª posição, com 13 pontos em 16 jogos, e urge por um triunfo para deixar o Z-4. Se vencer, o time ultrapassa o Confiança e o próprio Cruzeiro, vence a 1ª partida fora de casa nesta Série B e encerra a série ruim de resultados. Logo, é um jogo importantíssimo para o Vitória.

Assim como o momento cruzeirense é melhor, o retrospecto indica uma larga vantagem do time mineiro. Em 54 confrontos entre as equipes, a Raposa venceu 33 partidas, houve 10 empates e o Vitória triunfou em apenas 11 oportunidades, ou seja, o Cruzeiro venceu três vezes mais. A título de exemplo, nos últimos 15 jogos, a equipe azul celeste venceu o rival 11 vezes e houve quatro empates. O último triunfo baiano aconteceu em 2010, em Minas Gerais.

As escalações

Vanderlei Luxemburgo busca a sua 2ª vitória em dois jogos para ganhar ainda mais moral e, para isso, o técnico contará com apenas um novo desfalque: Felipe Augusto, autor do gol de empate, está suspenso e não estará no banco. As outras ausências são Lucas Ventura e Raúl Cáceres, atletas que estão lesionados. Com isso, o Cruzeiro poderá repetir a escalação da última partida, porém Luxa tem dúvidas: com a volta de Norberto, Rômulo pode retornar ao meio-campo e ganhar a vaga de Ariel Cabral. O autor do 2º gol, Giovanni Piccolomo, também briga por esta vaga.

Provável escalação: Fábio; Rômulo (Norberto), Ramon, Eduardo Brock, Jean Victor; Flávio, Ariel Cabral (Giovanni Piccolomo ou Rômulo); Bruno José, Rafael Sobis, Wellington Nem; Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Em contrapartida ao baixo número de desfalques do Cruzeiro, o técnico Ricardo Amadeu terá uma grande dor de cabeça nesta partida. A dupla de zaga titular formada por Marcelo Alves e Wallace está suspensa e os jovens João Victor e Mateus Moraes irão assumir a titularidade nesta importante partida. Além deles, Dinei, Guilherme Rend, Ronaldo, Thalisson e Wesley estão fora, mas estas são baixas por lesão.

Provável escalação: Lucas Arcanjo; Van, Mateus Moraes, João Victor, Roberto; Bruno Oliveira, Pablo Siles; Fernando Neto, Ygor Catatau (Guilherme Santos), Marcinho; Samuel. Técnico: Ricardo Amadeu.

Cruzeiro x Vitória

17ª rodada do Brasileirão Série B de 2021
11/08/2021, 19:00 horas, Independência
Transmissão: Premiere
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments