Veja detalhes dos últimos trabalhos de Vanderlei Luxemburgo, o técnico favorito para assumir o Cruzeiro

O provável técnico do Cruzeiro: Vanderlei Luxemburgo. Foto: Miguel Schincariol/Getty Images

A noite de sexta-feira foi bem turbulenta no Cruzeiro. Após empatar com o Londrina, em casa, com o placar de 2 a 2, o time mineiro viu o seu contestado técnico pedir demissão.

Mozart Santos deixou a Raposa depois de 13 jogos: duas vitórias, sete empates e quatro derrotas, tendo assim um terrível aproveitamento de 33,3% dos pontos. O treinador estava bastante pressionado há algumas semanas, visto que o time completou nesta sexta-feira nove jogos seguidos sem vencer e o pedido de demissão, segundo a diretoria cruzeirense, partiu do próprio Mozart, facilitando a situação do time mineiro.

Com a nova regra das mudanças de treinadores, uma equipe fica proibida de contratar um novo técnico a partir do momento que ela demite dois treinadores. Depois de uma conturbada rescisão, o fim do contrato com Felipe Conceição foi protocolado como demissão feita pelo Cruzeiro, ou seja, o time mineiro não poderia contratar um novo técnico se demitisse Mozart. Portanto, Mozart foi pressionado pela torcida até que ele abriu mão do cargo e a Raposa está no mercado novamente, 51 dias depois de demitir Conceição.

Depois de testar técnicos mais jovens, o interesse do Cruzeiro tem nome, sobrenome e muitos títulos: Vanderlei Luxemburgo. Com duas passagens pela equipe e com o incrível feito da Tríplice Coroa na Toca da Raposa, o técnico é o grande favorito para assumir o Cruzeiro. Veja detalhes dos últimos trabalhos de Luxemburgo!

Os títulos

O técnico Vanderlei Luxemburgo é um dos nomes mais respeitados no futebol brasileiro. Luxa foi um jogador modesto e não teve uma longa carreira, mas se destacou bastante na área técnica desde a década de 90.

Na sua carreira, Luxemburgo conquistou cinco taças do Brasileirão e nove títulos do Paulistão, sendo assim o técnico que mais vezes venceu estas competições. Contando todas as conquistas em estaduais, Luxa ostenta 14 troféus no total, ou seja, é o rei dos estaduais.

Além destas taças, Vanderlei possui uma conquista de Copa do Brasil – pelo Cruzeiro -, uma Copa América – pelo Brasil -, dois torneios Rio-São Paulo e uma Série B pelo Bragantino, em 1989. Portanto, além de um currículo invejável, com passagem na Seleção Brasileira e no Real Madrid-ESP, e vários títulos, Luxemburgo tem uma pequena experiência na missão em que o Cruzeiro está inserido: a 2ª divisão.

Os últimos trabalhos

Já os últimos trabalhos de Luxemburgo não foram tão animadores: o técnico treinou o Palmeiras, o Sport e o Vasco da Gama duas vezes nos últimos cinco anos.

Em 31 de dezembro de 2020, o Vasco da Gama anunciou o retorno do experiente treinador com o intuito de salvar a equipe do rebaixamento no último Brasileirão, porém não deu certo e o Vasco foi rebaixado em fevereiro – desde então, Luxa está desempregado. O técnico comandou o time carioca em 12 partidas, venceu apenas três confrontos, empatou quatro jogos e foi derrotado em cinco duelos, com um terrível aproveitamento de 36,1%.

Anteriormente, o treinador foi contratado pelo Palmeiras no início do ano passado e possuía um poderoso elenco nas mãos, mas, mesmo com o título do Paulistão, o trabalho foi bem contestado e Luxa foi demitido no meio de 2020. As críticas eram feitas por causa do desempenho, visto que os números foram bons e o time perdeu poucas vezes: em 36 jogos nesta passagem pelo Palmeiras, Luxa venceu 17 partidas, empatou 14 vezes e perdeu somente em cinco oportunidades, tendo assim 60,2% de aproveitamento.

O experiente técnico recebeu a oportunidade de treinar um time tão forte como o Palmeiras após um belo trabalho no Vasco da Gama em 2019. O treinador assumiu a equipe que estava com perigo de rebaixamento e garantiu a permanência na Série A, diferentemente da última temporada. Em 2019, Luxemburgo treinou o Vasco da Gama em 34 jogos: venceu 12 vezes, houve 12 empates e foi derrotado em 10 partidas, tendo assim um rendimento de 47%.

Para finalizar a análise dos números recentes de Luxemburgo, é destacável a campanha do treinador pelo Sport em 2017. Após vencer o Campeonato Pernambucano e ser eliminado na Sul-Americana, o Leão da Ilha demitiu o treinador com 34 partidas pelo time: foram 11 vitórias, oito empates e 15 derrotas pelo Sport em 2017, com 40,2% de aproveitamento.

Portanto, nos seus últimos quatro trabalhos, o treinador Vanderlei Luxemburgo fez 116 jogos, venceu 43 partidas, houve 38 empates e perdeu em 35 oportunidades. Em média, o treinador fez 29 jogos por equipe, venceu 11 partidas de média, empatou nove duelos e empatou nove confrontos, tendo assim um aproveitamento médio de 45%.

Antes destas últimas quatro campanhas destacadas dos últimos cinco anos, Luxemburgo esteve na China, no Tianjin Quanjian, em 2016, e treinou o Cruzeiro em 2015.

O interesse

Para o torcedor entender como, tão rapidamente, o técnico Vanderlei Luxemburgo já pode ser apontado como o favorito a assumir a Raposa, é necessário recordar o que o próprio treinador disse no último domingo, 25.

Em entrevista à Rádio Capital, Vanderlei Luxemburgo confirmou que teve conversas com o presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, anteriormente, mas não houve início de tratativas na época, visto que Luxemburgo não negocia com um time que tem treinador, porque o profissional merece ser respeitado, segundo o próprio Luxa.

Além disso, Vanderlei confirmou que o investidor Pedrinho o procurou para uma possibilidade, no futuro, e o técnico afirmou que é claro que teria possibilidade, mas por enquanto não, porque Mozart Santos estava empregado. No mesmo estilo de Felipão, Luxa é nome forte dentro da cúpula cruzeirense por causa da sua história e devido a forma que blinda o seu elenco.

Com muito respaldo de todos em torno do Cruzeiro, Vanderlei é um nome quente nos bastidores do Cruzeiro há semanas e, certamente, as conversas esquentaram nesta última noite, após o pedido de demissão de Mozart. As conversas já existem, mas, segundo o jornalista Samuel Venâncio, existem alguns pontos a serem discutidos: os salários atrasados, por exemplo. Novidades devem surgir nesta próxima semana e você pode acompanhar tudo aqui no Blog Bola Pra Frente!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago Santos

Tecnico ultrapassado e mediano. Nao lembra que ele trouse em sua ultima passagem no Cruzeiro o horrivel director tinoco que nem soube que o Cruzerio tem a maior torcida em Minas?