Curtas‌ ‌|‌ Volta da torcida aos estádios de MG, negociações de Ademir e Marrony, interesse cruzeirense em Luxemburgo ‌e‌ ‌muito‌ ‌mais.‌ ‌Resumo‌ ‌semanal‌ ‌de‌ ‌Atlético‌ ‌e‌ ‌Cruzeiro‌ ‌

A torcida está próxima de voltar ao Mineirão! Foto: Pedro Souza / Atlético

O‌ ‌blog‌ ‌Bola‌ ‌Pra‌ ‌Frente‌ ‌traz‌ ‌um‌ ‌resumo‌ ‌semanal‌ ‌das‌ ‌notícias‌ ‌dos‌ ‌gigantes‌ ‌mineiros,‌ ‌com‌ informações‌ ‌rápidas,‌ ‌pontuais‌ ‌e‌ ‌que‌ ‌deixam‌ ‌o‌ ‌torcedor‌ ‌atualizado‌ ‌sobre‌ ‌Atlético‌ ‌e‌ ‌Cruzeiro.‌

Volta da torcida aos estádios de MG

Uma reunião muito importante para o futebol mineiro será realizada nesta terça-feira,27, e certamente o dia será cheio de novidades em relação ao retorno da torcida. Na semana passada, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, confirmou que a reunião com os representantes de América, Atlético e Cruzeiro será realizada para discutir a volta de forma gradual do público aos jogos de futebol. Algumas competições como a Libertadores já liberou a torcida, dependendo apenas da liberação dos mandatários de cada cidade. Kalil, ex-presidente do Atlético, foi bastante rigoroso durante a pandemia do coronavírus com as restrições sanitárias, porém a tendência é que seja elaborado um protocolo eficaz para a volta dos torcedores mineiros. Vamos aguardar!

Atlético

Um roteiro único, um roteiro atleticano!

A terça-feira da última semana, dia 20, ficou marcada por um roteiro inacreditável envolvendo o Atlético e o goleiro Everson. No Mineirão, o Galo e o Boca Juniors-ARG se enfrentaram pela partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores e o placar não foi alterado. O curioso é que o 0 a 0 foi desenhado da mesma forma que a partida da ida: o time argentino marcou um gol, mas a arbitragem anulou com o auxílio do VAR. Com dois resultados iguais, a vaga para as quartas de final foi decidida nas penalidades máximas. Neste ponto o roteiro se torna único: no gol anulado, Everson havia falhado de forma bisonha, porém o goleiro se recuperou nos pênaltis. Além de fazer duas defesas e provocar o 3º erro do Boca, Everson ficou responsável pela penalidade decisiva, bateu muito bem, no ângulo de Rossi, e classificou o Atlético. O arqueiro atleticano foi de vilão a herói rapidamente!

Parabéns para Hulk, mas ele resolveu dar presentes para a massa

Givanildo Vieira de Sousa nasceu em 25 de julho de 1986 e completou seus 35 anos em um palco especial: o Mineirão. No último domingo, o Atlético recebeu o Bahia no Gigante da Pampulha e o Tricolor de Aço “pagou o preço” de estar presente na festa de Hulk: 3 a 0 para o Galo com dois gols do atacante. O 1º tempo foi bem sem graça, mas após o intervalo, principalmente com a ótima entrada de Eduardo Sasha, o Atlético reagiu e viu Hulk decidir a partida com dois gols. No 1º gol, Hulk arrancou, tabelou com Sasha e bateu com a perna direita na saída do goleiro. No 2º tento, o artilheiro roubou a bola, acelerou, sofreu pênalti e cobrou com precisão. Mais uma grande exibição do herói atleticano e mais uma vitória para o Atlético, vice-líder do Brasileirão!

Quantos títulos terão que ser “vencidos” para buscar a taça?

Ao se classificar frente ao tradicional Boca Juniors, o torcedor atleticano se orgulhou bastante de eliminar um clube tão tradicional e que ostenta seis taças da Copa Libertadores. Após esta classificação, o Atlético não conseguiu fugir de adversários menos tradicionais e irá encontrar nas quartas de final mais um gigante argentino: o River Plate. Sendo assim, se o Galo derrotar mais um “hermano”, o time de Cuca terá vencido 10 taças da Libertadores. Por causa disso, o Blog detalhou e visualizou que o Atlético terá que vencer até 16 taças neste mata-mata em busca da conquista. Já em 2013, o time venceu apenas seis taças. Veja detalhes desta análise curiosa!

O efeito imediato de um bom zagueiro

Há quase um mês, o Atlético buscou um zagueiro que estava emprestado ao Atlético-GO: Nathan Silva estava se destacando no Dragão e o técnico Cuca pediu para que o zagueiro voltasse. Além de problemas na formação titular, o Galo perdeu dois defensores no último mês: Bueno deixou o clube após o fim do empréstimo e Gabriel foi negociado com um time japonês. Por isso, Cuca solicitou o retorno de Nathan Silva e a sua volta deu um efeito mais rápido que imaginado: Nathan chegou, tomou conta da posição, jogou as últimas seis partidas como titular e até renovou o seu contrato com o time mineiro. Veja uma análise sobre a cria da base atleticana!

A possível chegada de Ademir

O Atlético segue ativo no mercado e o alvo da vez é Ademir. O atleta de 26 anos tem contrato com o América até o fim de 2021 e já pode assinar pré-contrato com qualquer equipe para se apresentar em 2022. Por causa disso e devido às possíveis saídas no setor ofensivo, o Galo tenta negociar com o Coelho de forma definitiva para Ademir se apresentar nesta temporada, segundo o GE. Porém, mesmo com as dificuldades impostas pelo América, o Galo segue interessado e negocia diretamente com o atleta, visto que, independentemente da decisão americana, o atacante não irá renovar o seu contrato e pode assinar um pré-contrato com o Atlético. Um fato que indica que o América não irá vender Ademir nesta temporada é que o jogador já entrou em campo seis vezes no Brasileirão e, se jogar mais uma vez, não poderá vestir outra camisa na competição. Portanto, a tendência, baseado nas informações do GE, é que Ademir negocie diretamente com o Atlético para assinar um pré-contrato para o início da próxima temporada.

E a possível saída de Marrony

O Atlético tem que vender algumas peças por questões financeiras e todos sabem disso. E, segundo informações do GE, um nome ofensivo pode estar deixando o clube. O atacante Marrony tem propostas do Midtjylland, equipe da Dinamarca, e pode estar de saída do Galo, visto que o seu staff vê com bons olhos uma possível ida ao exterior. O clube dinamarquês tem parceria com o Brentford, time inglês que está na Premier League, e poderia ser uma boa oportunidade para o atleta de 22 anos chegar ao nível mais alto do futebol europeu. Segundo o GE, as conversas estão caminhando bem, mas não há acerto. Marrony foi contratado por 20 milhões de reais e, segundo o UOL, a proposta do clube dinamarquês é de 4 milhões de euros ( 24,39 milhões de reais atualmente) por 70% do atleta.

A recuperação de Rafael

O Atlético tem um boa notícia diretamente do seu departamento médico: o goleiro Rafael está se recuperando bem e pode voltar aos gramados de forma antecipada. Em maio, o goleiro realizou uma cirurgia no ombro direito por causa da grave lesão que sofreu em uma partida do estadual. A previsão de retorno era de seis meses, ou seja, apenas em novembro Rafael estaria liberado, porém, conforme o médico Rodrigo Lasmar disse em entrevista à Rádio Itatiaia, o goleiro se encontra em fase avançada de recuperação e o médico acredita que ele retornará antes da hora. Mesmo com este cenário positivo, Rodrigo Lasmar não estipulou um novo prazo.

Cruzeiro

Conceição vence Mozart e um detalhe interessante é ressaltado

Na última terça-feira, 20, o Cruzeiro disputou uma importante partida no Pará e perdeu para o Remo por 1 a 0. O gol do time nortista foi marcado após um lindo voleio de Victor Andrade e, enquanto o Remo continuou em recuperação na Série B, a equipe mineira seguiu em um mau momento, visto que perdeu novamente. E a grande curiosidade é que o técnico do time paraense é Felipe Conceição, comandante que antecedeu o atual treinador Mozart no Cruzeiro. Por isso, foi possível concluir – mais uma vez – que os técnicos que passaram pela Raposa nos últimos anos são contestáveis, mas não são os principais culpados pelo momento do Cruzeiro. Veja a análise!

Teve boas chances, mas jogou mal e segue sem vencer

É possível ter boas chances mesmo jogando mal? Sim, o Cruzeiro criou boas chances, mas o mau momento tático e técnico de vários jogadores acabaram acarretando mais um tropeço cruzeirense. No último sábado, 24, a Raposa empatou com o Vila Nova em Goiânia sem marcar gols. Novamente, o time não conseguiu ir bem ofensivamente, não aproveitou os erros do modesto time goiano e o placar marcou 0 a 0. Desta maneira, o Cruzeiro está na 19ª posição, com 12 pontos em 14 jogos, e não vence um jogo há mais de um mês: são oito partidas de jejum.

A saída de Matheus Barbosa

Na última semana, alguns jornalistas informaram e até o diretor de futebol do Cruzeiro, Rodrigo Pastana, confirmou que o volante-artilheiro deixou o clube e irá atuar no Atlético-GO. Matheus Barbosa estava na Toca da Raposa emprestado pelo Avaí e havia uma cláusula no contrato indicando algo curioso: caso algum time da Série A procurasse Matheus Barbosa, o Cruzeiro seria obrigado a liberar o atleta sem receber nada em contrapartida. Pastana até criticou este contrato, feito pelo seu antecessor André Mazzuco, mas a cláusula existe e a Raposa perdeu o seu artilheiro. O último jogo de Matheus Barbosa com a camisa azul celeste foi frente ao Remo, no meio da semana passada.

Desfalques e novidades para a sequência

O Cruzeiro teve notícias positivas e negativas nos últimos dias em relação aos seus jogadores. Começando pelos importantes retornos, o técnico Mozart não contou, nos últimos dois jogos, com o volante Adriano e o atacante Marcelo Moreno, mas eles retornaram e estarão aptos para a partida frente ao Londrina na próxima sexta-feira, 30. O meio-campista havia sido liberado por causa do nascimento da sua filha e o centroavante boliviano estava com problemas de saúde na família. Em contrapartida, Lucas Ventura e Rhodolfo se tornaram dúvida para a sequência cruzeirense devido lesões: o zagueiro está com um edema na panturrilha e o volante teve um entorse no tornozelo. Ambos estão tratando para se recuperarem rapidamente.

Os artilheiros cruzeirenses

O Cruzeiro ostenta terríveis números ofensivos nas últimas rodadas: são apenas três gols nas últimas seis partidas, sendo que estes tentos foram marcados apenas contra o Botafogo, ou seja, são cinco de seis jogos sem marcar gols. Além disso, o ataque cruzeirense perdeu o seu grande nome que, curiosamente, é volante. Matheus Barbosa deixou o Cruzeiro – a negociação foi explicada anteriormente – e o time está sem o jogador que marcou sete gols na temporada. Por causa disso, apenas dois atletas do atual elenco do Cruzeiro conseguiram marcar mais do que dois gols. Confira estes números preocupantes!

Interesse estrangeiro em Moreno

Além de estar relacionado às notícias anteriores, as quais o atacante é citado como uma das novidades no treinamento e como um dos jogadores que marcaram mais do que dois gols na temporada cruzeirense, Marcelo Moreno segue em evidência no resumo da Raposa. Novamente, o nome do atacante boliviano foi vinculado ao Colo-Colo, tradicional equipe chilena. Mesmo com o interesse declarado pelo técnico do time sul-americano, o GE apurou que, neste momento, Moreno não tem interesse em deixar o Cruzeiro. No entanto, novidades devem surgir e o terrível momento cruzeirense pode acarretar uma saída de Marcelo Moreno, atleta que tem contrato até o fim de 2022.

Interesse cruzeirense em Luxemburgo

Um antigo “namoro” do Cruzeiro foi confirmado pelo próprio personagem da história. Em entrevista à Rádio Capital, Vanderlei Luxemburgo confirmou que teve conversas com o presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, mas não houve início de tratativas, visto que Luxemburgo não negocia com um time que tem treinador, porque o profissional merece ser respeitado, segundo o próprio Luxa. Além disso, Vanderlei confirmou que o investidor Pedrinho o procurou para uma possibilidade, no futuro, e o técnico afirmou que é claro que teria possibilidade, mas por enquanto não, porque Mozart Santos está empregado. Mozart segue pressionado no cargo e Luxa é nome forte dentro da cúpula cruzeirense por causa da sua história. Vanderlei tem uma linda história no Cruzeiro, visto que foi campeão da Tríplice Coroa em 2003.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments