Exatamente um mês sem vencer: sob pressão, o vice-lanterna Cruzeiro enfrenta o Vila Nova com mudanças no time titular

O pressionado técnico Mozart. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Há 30 dias, em 24 de julho de 2021, o Cruzeiro entrava em campo frente ao Vasco da Gama, no horário nobre da televisão brasileira, e vencia o tradicional rival carioca. Depois disso, sete jogos, um mês, quatro empates e três derrotas da Raposa, 2ª equipe que menos somou pontos na Série B neste período, ou seja, é evidente que o time mineiro está pressionado. Por isso, uma vitória contra o Vila Nova daria um alívio à equipe de Mozart, que terá novas mudanças no time titular, porém o objetivo do time goiano é retomar o bom momento e voltar a vencer.

Neste sábado, 24, às 16:30, o Cruzeiro irá a Goiânia e enfrentará o Vila Nova no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. O jogo desta tarde é válido pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e contará com transmissão exclusiva do Premiere.

O mês sem vencer

O apaixonado torcedor do Cruzeiro não sorriu após o fim de uma partida da sua equipe nos últimos 30 dias. O derradeiro triunfo aconteceu em 24 de junho, contra o Vasco da Gama, no Mineirão, onde o volante Matheus Barbosa marcou dois gols e definiu o placar: 2 a 1 para a Raposa. Depois deste importante resultado frente ao tradicional rival, a equipe mineira não conseguiu vencer nenhuma das sete partidas.

  • 27/06: CSA 2 x 1 Cruzeiro;
  • 30/06: Cruzeiro 3 x 3 Guarani;
  • 03/07: Brasil de Pelotas 0 x 0 Cruzeiro;
  • 06/07: Cruzeiro 0 x 0 Coritiba;
  • 10/07: Botafogo 3 x 3 Cruzeiro;
  • 17/07: Cruzeiro 0 x 3 Avaí;
  • 20/07: Remo 1 x 0 Cruzeiro;

Portanto, nos últimos 30 dias, o Cruzeiro fez sete partidas, empatou quatro duelos e perdeu três vezes, ou seja, não venceu em nenhuma oportunidade. Nesta sequência sem vitórias, a Raposa marcou sete gols – mas passou quatro jogos sem marcar -, sofreu 12 tentos e somou apenas quatro pontos.

Com uma defesa terrível, com apenas quatro pontos conquistados e devido ao desempenho muito ruim, o Cruzeiro está em uma fase assustadora. No recorte das últimas sete partidas, somente a Raposa e o Confiança não venceram as suas partidas: a equipe sergipana ainda vive um momento pior, visto que conquistou somente três pontos nos últimos 21 pontos disputados.

Os números e o momento

Como dito anteriormente, o Cruzeiro vive um momento assustador e precisa, urgentemente, de uma melhoria. E, nesta tarde, a equipe mineira irá enfrentar um adversário que também está pressionado por três tropeços seguidos: o Vila Nova perdeu as últimas duas partidas e venceu apenas um duelo nos últimos cinco jogos, ou seja, não vive um momento tão ruim quanto o Cruzeiro e quer usar o mando de campo para se recuperar.

O cruzeirense deve estar ainda mais preocupado por causa dos resultados nada animadores nos últimos dias. Por causa da vitória do Londrina e da Ponte Preta, a Raposa entrará em campo nesta tarde na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B: com 11 pontos em 13 jogos, o Cruzeiro está na 19ª posição, apenas um ponto à frente do lanterna Confiança. Se vencer, o time mineiro pode ganhar algumas posições e terminar a rodada fora da zona do rebaixamento, no entanto, com mais um tropeço, a Raposa pode encerrar a 14ª rodada na lanterna da Série B.

Já o Vila Nova almeja os feitos do seu rival Goiás. Enquanto o Esmeraldino está no G-4, com boas chances de subir de divisão, o Tigre está nas posições mais inferiores da tabela da Série B e é a equipe que menos marcou gols na competição, com apenas sete gols. Com 14 pontos em 13 jogos, o Vila Nova é o 13º colocado e pode ser ultrapassado até pelo Cruzeiro, se perder dentro de casa. E o desempenho em casa é justamente um ponto que o Vila deve ter mais atenção: venceu apenas um jogo como mandante e precisa melhorar os seus números para subir na classificação.

Dentre estatísticas tão ruins para o torcedor cruzeirense, o retrospecto indica um importante favoritismo ao time mineiro. Em 10 confrontos entre as equipes, o Cruzeiro venceu seis jogos, houve três empates e o Vila Nova bateu o adversário em apenas uma oportunidade.

As escalações

As maiores reclamações dos torcedores cruzeirenses são as intensas mudanças do treinador Mozart, as quais não deixam que os jogadores tenham o devido entrosamento. Nesta partida, uma mudança já é certa, visto que Matheus Barbosa, titular e artilheiro da equipe, deixou o Cruzeiro e Lucas Ventura deve o substituir. Uma possível curiosidade é que Mozart não escalou o seu time com três zagueiros nas últimas rodadas, mas existe a possibilidade do retorno da linha de três defensores. Se optar por esta tática, Ramon deve atuar ao lado de Eduardo Brock e Rhodolfo, e Felipe Augusto tende a ganhar a vaga na ala-esquerda. Adriano e Marcelo Moreno são dois atletas que seguem fora por motivos particulares desde a derrota por 1 a 0 diante do Remo.

Provável escalação: Fábio; Rhodolfo, Ramon, Eduardo Brock; Raúl Cáceres, Rômulo, Lucas Ventura, Felipe Augusto (Jean Victor); Marcinho; Bruno José, Rafael Sobis. Técnico: Mozart Santos.

Já o Vila Nova chega nesta partida com reforços: Alan Grafite, Dudu, Henan e Xandão ficaram fora do time titular da última partida, no decepcionante revés contra o Brusque, em casa. Por isso, a tendência é que Higo Magalhães tente colocar em campo uma equipe mais forte, mesmo com alguns jogadores não tão conhecidos. O Vila Nova, equipe que subiu da Série C na última temporada, pode contar também com o recém-chegado lateral-direito Lucas Mazetti. O grande desafio do Tigre é retomar a confiança nesta tarde de sábado.

Provável escalação: Georgemy; Lucas Mazetti, Rafael Donato, Renato (Xandão), Willian Formiga; Dudu, Arthur Rezende, João Pedro, Renan Mota; Alan Grafite (Kelvin), Henan. Técnico: Higo Magalhães.

Brasil de Pelotas x Cruzeiro

14ª rodada do Brasileirão Série B de 2021
24/07/2021, 16:30 horas, Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga
Transmissão: Premiere
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Lilian da Silva Fernandes (RJ).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments