Honrando o nome de Minas no cenário esportivo mundial: Atlético tem mais um grande sucesso com o Manto da Massa

Foto: redes sociais do Atlético.

O hino atleticano afirmou, desde a sua criação, em 1967, que o Atlético “honra o nome de Minas no cenário esportivo mundial”. E esta frase faz ainda mais sentido atualmente, em um momento que o Galo promoveu mais um concurso do Manto da Massa, popularizou a nova camisa entre os seus torcedores e ainda ganhou o cenário esportivo mundial, visto que diversos meios de comunicação, jornalistas e esportistas internacionais, mesmo sem ter grande conhecimento sobre o futebol brasileiro, compartilharam o novo traje atleticano, o qual representa Minas Gerais.

Na última terça-feira, 13, as redes sociais atleticanas anunciaram vencedor do projeto Manto da Massa 2, onde, assim como em 2020, os torcedores enviaram desenhos de camisas únicas para o Atlético e toda a massa atleticana votou democraticamente. O manto escolhido foi feito por Lucas Adriano e tem como grande objetivo mostrar a base atleticana: o estado de Minas Gerais.

Com o mapa desenhado e com todos os municípios detalhados, o novo Manto da Massa une todos os atleticanos que se identificam com Minas Gerais e ainda busca o amor de todos os amantes de camisas de time e mapas. Até pela presença deste mapa, em um formato lindo e único, o novo Manto da Massa está sendo um sucesso de vendas e rodou o mundo. Várias páginas respeitadas e famosos compartilharam o novo traje atleticano por causa da sua beleza. O Manto é único e a massa atleticana, certamente, está orgulhosa disso.

As vendas

Até às 9:02 desta sexta-feira, 16, o Atlético havia vendido 70 mil camisas e o Blog traz algumas contas para os atleticanos entenderem os números do Manto da Massa. Como todas as camisas contadas até aqui são exclusivas para sócios, o preço calculado é de R$ 199,90 por manto.

  • 70 mil camisas em três dias; logo, em 72 horas, o Manto da Massa gerou 13,993 milhões de reais;
  • Portanto, foram vendidas 972 camisas por hora de média, ou seja, R$ 194.302,80 a cada 60 minutos;
  • Como a média indica 972 camisas por hora, temos que 16 mantos foram vendidos por minuto; portanto, o Manto da Massa gerou R$ 3198,40 de média por minuto;
  • Para aqueles mais fanáticos por números, é possível afirmar que o Atlético vendeu uma camisa a cada quatro segundos.

Portanto, o Manto da Massa já gerou 14 milhões de reais e os números ainda devem melhorar nos próximos dias. Até às 5:02 deste sábado, 17, a venda é exclusiva para os sócios-torcedores e o valor da camisa é R$ 199,90. A partir do sábado, a promoção para sócios irá se encerrar e a venda para o público em geral se iniciará: o sócio Galo Na Veia pagará R$239,90 e um manto para o público em geral custará R$ 319,90. As vendas acontecerão até 20 de julho e você pode comprar aqui.

Com este preço especial, o Atlético somou 70 mil vendas do novo Manto da Massa e ainda alavancou o seu sócio-torcedor, visto que alcançou a marca de 60 mil sócios, sendo a equipe que mais ganhou sócios durante a pandemia: 40 mil novos apoiadores desde março de 2020. Ou seja, além de vender várias camisas, o Atlético ainda conseguiu melhorar os seus números em meio a uma crise financeira.

A repercussão

Em meio às 70 mil camisas vendidas, o Atlético ainda teve um retorno de marketing inacreditável. A primeira edição do Manto da Massa, em 2020, teve mais vendas, visto que foram 100 mil camisas em uma semana. Obviamente, a edição de 2021 ainda pode alcançar este número, mas é difícil e um grande feito já foi conquistado pelo Galo independentemente do número de vendas.

Por causa da beleza da camisa e do desenho único de um mapa em uma camisa de futebol, o novo Manto da Massa, feito por Lucas Adriano, rodou o mundo e foi publicado por diversas páginas e pessoas famosas. Com isso, fora o possível retorno financeiro, a exposição da marca Atlético com todas estas postagens é um sucesso de marketing, visto que é importante que o time seja reconhecido fora do Brasil. É o objetivo de um time que sempre busca honrar o nome de Minas Gerais no cenário esportivo mundial.

Desde páginas como o B/R Football, referência internacional em conteúdo futebolístico, até o craque do futebol americano, J.J. Matt, jogador do Arizona Cardinals, compartilharam a camisa nas suas redes sociais. Confira algumas postagens que rodaram o mundo!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Antonio

Desse jeito a mariada “num vai guentá”……

Murilo de Andrade Marçal

Honra é o com títulos, aí é uma tragédia pra Minas, 3 míseros títulos em 113 anos.

Galo

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Chora, Maria! Vergonha de Minas.

Daniel

Honra o quê mídia maldita?Não fosse o Cruzeiro,Minas nem existiria no cenário futebolístico,mas como tá injetando dinheiro na mídia comprada,tudo parece um paraíso,seus hipócritas!

Se quer honrar o futebol mineiro e brasileiro, ganhe títulos. Seja BIcampeão de algum campeonato significativo, ora bolas. Time patético. Franguinhas fracassadas

Anderson

Primeiro vcs tem que sair da sérieB , se não falir antes. Time sem vergonha. Não representa mais nada em Minas Gerais