Reforços na defesa e fim do surto de COVID-19: com elenco forte, Atlético enfrenta o Cuiabá em busca do G-4

O zagueiro Nathan Silva é a novidade do Atlético e estará, pelo menos, no banco, à disposição de Cuca. Foto: Pedro Souza / Atlético

Depois de passar algumas rodadas com mais de dez desfalques, o Atlético, finalmente, poderá entrar em uma partida com várias opções: a dor de cabeça positiva retornou à cabeça de Cuca. O surto de COVID-19 na Cidade do Galo, aparentemente, chegou ao fim com a volta de Eduardo Sasha aos treinamentos e o time terá diversas opções no elenco. Além disso, Allan e Arana voltam de suspensão e fortalecerão a defesa atleticana, assim como Nathan Silva, zagueiro da base do Atlético que estava emprestado ao Atlético-GO, visto que o atleta foi relacionado e pode até ser titular.

Neste domingo, 04, às 18:15, o Atlético enfrenta o Cuiabá na Arena Pantanal, em jogo válido pela 9ª rodada do Brasileirão de 2021. Como o duelo entre o Dourado e o Galo acontece após o horário nobre do futebol na televisão brasileira, o jogo contará com transmissão exclusiva do Premiere.

Os números e o momento

Antes do Campeonato Brasileiro começar, ao projetar a partida entre Atlético e Cuiabá, era imaginado que o time recém-promovido da Série B lutaria na parte de baixo da tabela, enquanto o forte time mineiro brigaria na parte de cima. E é exatamente isso que acontece mesmo estando apenas na 9ª rodada do Brasileirão.

O Atlético visitará o Cuiabá tentando dar sequência ao bom momento, visto que a vitória frente ao Atlético-GO deu moral: 4 a 1, no Mineirão, com show de Zaracho e Nacho. Porém, anteriormente, o Galo havia perdido dois jogos seguidos, ambos fora de casa, ou seja, a equipe precisa voltar a pontuar longe de Minas Gerais. Com 13 pontos, o time alvinegro está em 5º e, se vencer, ultrapassará o Fortaleza, equipe que perdeu para o líder Athletico-PR neste sábado, 03, e chegará ao almejado G-4. Por isso e devido ao desnível entre os elencos, o Atlético tem o objetivo de triunfar na Arena Pantanal no início desta noite.

Enquanto isso, o Cuiabá segue pressionado para vencer a 1ª partida da sua história no Brasileirão. Estreante na elite, o jovem time do centro-oeste ainda não triunfou e soma apenas quatro pontos na competição: quatro empates e duas derrotas. Porém, o 18º colocado da Série A disputou dois jogos a menos que a maioria das equipes – por causa da utilização do seu campo para partidas da Copa América – e pode se recuperar. Mesmo dentro de casa, um ponto contra o Atlético já seria uma boa saída para o time que marcou apenas dois gols nas últimas cinco partidas, sendo que estes gols foram frente ao São Paulo, no Morumbi.

O curioso é que o jogo desta noite marcará o 1º duelo entre Atlético e Cuiabá na história. Quem abrirá vantagem no retrospecto?

O forte elenco

O Atlético investiu bastante para contar com um dos elencos mais fortes da América do Sul e o favoritismo atleticano em diversas partidas é motivada pela qualidade dos seus atletas. Nacho Fernández e Zaracho mostraram isso na última partida, quando os argentinos marcaram os quatro gols atleticanos na goleada frente ao Atlético-GO. Além dos hermanos e do artilheiro Hulk, o Galo conta com diversas opções e o elenco está ainda mais forte com os reforços defensivos e o fim do surto de COVID-19.

Na última rodada, Tchê Tchê foi improvisado na lateral-esquerda porque Guilherme Arana e Allan estavam suspensos, além do lesionado Dodô. Os atletas que estavam suspensos no último jogo estão à disposição de Cuca para a partida deste domingo. Além deste reforço na defesa, o Atlético poderá ter uma dupla de zaga inédita: Nathan Silva retornou de empréstimo e pode atuar ao lado de Igor Rabello, visto que Réver, mesmo com toda a sua idolatria, está sendo contestado pela torcida.

Outra questão que fortaleceu o elenco atleticano é o fim do surto de coronavírus no elenco. O Galo chegou a ficar com sete desfalques por causa da COVID-19, mas a volta de Eduardo Sasha, aparentemente, colocou um ponto final neste surto na Cidade do Galo.

Por causa de todos estes retornos, o Atlético terá um número resumido de desfalques. Dodô, Keno e Rafael estão lesionados e ficaram em Belo Horizonte. Já os selecionáveis Alan Franco, Junior Alonso e Vargas foram eliminados da Copa América neste final de semana e se apresentarão ao time mineiro no início da semana, ou seja, eles tendem a estar aptos para o duelo frente ao Flamengo na próxima quarta-feira, 07.

As escalações

Com todos estes retornos, o técnico Cuca terá muitas opções e a sua escalação não foi confirmada, ou seja, várias mudanças são possíveis. É certo que Arana retorna à lateral-esquerda, mas a vaga de Tchê Tchê foi muito bem ocupada por Zaracho e é difícil deixar o autor de dois gols no banco. A possibilidade é Tchê Tchê entrar na vaga de Marrony, com Guilherme Arana, em momentos ofensivos, atuando pelo lado esquerdo do ataque. Além destas disputas, Jair e Allan brigam pela vaga como 1º volante, enquanto Réver pode dar lugar a Nathan Silva.

Provável escalação: Everson; Guga, Réver (Nathan Silva), Igor Rabello, Arana; Allan (Jair), Zaracho, Tchê Tchê (Marrony), Nacho Fernández; Savarino, Hulk. Técnico: Cuca.

Já o Cuiabá possui um elenco bem mais modesto, mas chega com um estímulo a mais: após cinco jogos com técnico interino, o Cuiabá anunciou a chegada do técnico Jorginho neste fim de semana e o treinador irá acompanhar o duelo das tribunas. Portanto, os jogadores terão vontade de mostrar serviço ao novo comandante. Porém, ainda sob comando de Luiz Fernando Iubel, o Cuiabá enfrentará o Atlético após uma derrota, em casa, para o Flamengo e perdeu dois titulares: Clayson, ponta ex-Corinthians, está suspenso e Lucas Hernández, lateral-esquerdo uruguaio que pertence ao Atlético, está fora por questões contratuais.

Provável escalação: Walter; João Lucas, Marllon, Paulão, Uendel; Yuri, Rafael Gava, Pepê; Danilo Gomes, Elton, Jonathan Cafú. Técnico: Luiz Fernando Iubel.

Cuiabá x Atlético

9ª rodada do Brasileirão Série A de 2021
04/07/2021, 18:15 horas, Arena Pantanal
Transmissão: Premiere
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MIRON

Série A, gentileza corrigir.