Atlético x Boca Juniors: veja o retrospecto do duelo, o tabu atleticano e o chaveamento da Libertadores

Foto: Facebook da Libertadores

Nesta terça-feira, 1º de junho, a Conmebol sorteou as oitavas de final da Copa Libertadores da América de 2021 e decidiu o chaveamento. A próxima fase acontecerá apenas no meio do mês de julho, porém as equipes já conhecem os seus adversários nas oitavas e possíveis rivais das quartas e semifinal. A final acontecerá em Montevidéu em 20 de novembro de 2021.

Imagem
O chaveamento da Libertadores 2021

O Atlético irá enfrentar o Boca Juniors-ARG e decidirá em casa por causa da melhor campanha. O retrospecto do time mineiro contra a equipe argentina indica que foram realizados seis jogos: o Galo venceu uma vez, em 2000, pela Mercosul, houve empate em duas oportunidades e o Boca ganhou três duelos contra o time alvinegro.

Os times se enfrentaram apenas uma vez pela Libertadores, em 1978, e o Boca Juniors venceu os dois confrontos – no Brasil e na Argentina. Em 1993, as equipes se enfrentaram pela extinta Copa Ouro: empataram no Brasil e o Boca venceu a final em Buenos Aires. A vitória atleticana aconteceu nas quartas de final da Mercosul de 2000: 2 a 0 no Mineirão e depois um empate por 2 a 2 no jogo da volta.

A 1ª partida das oitavas de final da Libertadores acontecerá na Argentina e o Atlético buscará quebrar um tabu: o Galo nunca venceu o Boca Juniors na Argentina, ou seja, quer vencer pela primeira vez no mítico estádio La Bombonera.

É importante destacar que, pelo chaveamento, se passar pelo Boca Juniors-ARG, o Atlético irá enfrentar nas quartas de final o River Plate-ARG ou Argentino Juniors-ARG, ou seja, o time de Cuca terá que passar por cima dos “hermanos” em busca da glória eterna.

Outros confrontos notáveis

  • Defensa y Justicia-ARG, atual campeão da Sul-Americana, contra o Flamengo, atual bicampeão do Brasileirão;
  • Olímpia-PAR frente ao Internacional e São Paulo contra o Racing-ARG são confrontos que aconteceram na fase de grupos;
  • Fluminense enfrentará o Cerro Porteño-PAR, adversário que o Atlético venceu as duas partidas na fase de grupos, e se passar irá duelar com Barcelona-EQU ou Vélez Sarsfield;
  • Palmeiras foi sorteado para enfrentar o Universidad Católica do Chile.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.