Curtas | Mattos nega convite, Raposa acerta com atacante, dívidas milionárias pagas pelo Galo, despedida de Tardelli e muito mais. Resumo semanal de Cruzeiro e Atlético

A despedida de Diego Tardelli. Foto: Pedro Souza/Atlético

O blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixam o torcedor atualizado sobre Cruzeiro e Atlético.

Cruzeiro

O problema novamente é (o) Confiança

Faltou confiança para o Cruzeiro e sobrou tranquilidade para o Confiança vencer. O trocadilho é inevitável após uma partida onde o Cruzeiro dominou a 1ª etapa até duas expulsões desnecessárias. Adriano estava afoito e fez duas faltas duras, enquanto Fábio cometeu um pênalti e, em lance infantil, pegou a bola com a mão fora da área. Sendo assim, a Raposa jogou 50 minutos com dois a menos e estes erros acarretaram o revés logo na 1ª rodada da Série B. No Batistão, em Sergipe, o Confiança venceu o Cruzeiro por 3 a 1, graças aos gols de Cristiano, Daniel Penha, Neto Berola e Guilherme Bissoli, pela Raposa.

Elenco do Cruzeiro

A dúvida que paira sob a Toca da Raposa e está inserida nos pensamentos de todos os torcedores do Cruzeiro Esporte Clube é: o elenco está preparado para voltar à elite do futebol brasileiro? A tradicional equipe azul celeste não tem outra opção neste ano e necessita retornar à Série A, porém, existem várias contestações acerca do plantel montado para a atual temporada. Por isso, o Blog fez uma análise de todos os jogadores do time e quais são as lacunas do elenco. Confira!

Saída de diretor

Após uma semana com muitas especulações sobre a saída do diretor de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco, a equipe oficializou na última sexta-feira, 28, que ele realmente deixou o cargo. Na nota oficial, a Raposa fez questão de frisar que a saída de Mazzuco, diretor que chegou no início do ano, foi por escolha do próprio profissional e não houve nenhum problema interno. Além da nota oficial cruzeirense, André Mazzuco se pronunciou, afirmou que foi uma “decisão estritamente pessoal e difícil” e ainda agradeceu pelos cinco meses que estava no cargo, com a função de contratar jogadores – foram 12 reforços. A tendência é que Mazzuco acerte com o Santos nesta semana.

Mattos nega convite

A partir do momento que perdeu André Mazzuco, o Cruzeiro está no mercado atrás da melhor opção para o cargo de diretor de futebol e o plano A foi um velho conhecido da torcida azul celeste. A diretoria cruzeirense foi atrás de Alexandre Mattos, diretor que foi bicampeão pela Raposa em 2013 e 2014 e fez o seu último trabalho no Atlético, mas o experiente executivo negou o convite. Segundo informações do jornalista da Rádio Itatiaia, Samuel Venâncio, Mattos recusou a oportunidade porque ele entende que não teria tempo para fazer as mudanças necessárias e ainda destacou que, se fosse no início do ano, aceitaria o convite. Portanto, negociações encerradas com Mattos e a diretoria deve ir atrás de outro nome durante esta semana.

Raposa acerta com atacante

Um fato curioso foi noticiado pelo jornalista Samuel Venâncio: antes de deixar o time, o diretor de futebol havia acertado com um atacante. Nas últimas semanas, André Mazzuco acertou com os representantes de Pedro Lucas e até mesmo com o jogador. Porém, com a saída do diretor, a negociação foi paralisada e o Cruzeiro poderá retomar o negócio nesta semana, caso Felipe Conceição entenda que a contratação é realmente necessária. O atacante tem 22 anos, pertence ao Internacional até o meio de 2021 – o time não deve colocar empecilhos na negociação – e esteve emprestado no CSA na última temporada – fez gol no Cruzeiro – e no Mirassol neste início de ano. Portanto, existe o acerto, mas a situação está paralisada e a diretoria deve decidir se irá retomar o negócio para que o jogador seja anunciado na próxima semana.

Lateral anunciado

Enquanto o Cruzeiro ainda está no mercado atrás de um diretor de futebol e algum reforço para preencher as lacunas no elenco, a equipe anunciou uma nova contratação: o lateral-direito Klebinho. Prestes a completar 23 anos, o ala chegou no Cruzeiro com contrato até o fim deste ano por empréstimo, mas, como o seu vínculo com o Flamengo se encerra também no fim de 2021, no início de 2022, o jogador estará livre e, caso agrade, o Cruzeiro poderá oferecer um contrato definitivo para Klebinho sem custos. O jogador chega para ser reserva de Raúl Cáceres e deve ser registrado no BID nos próximos dias.

Contrato para a promessa

Além de tentar montar um bom elenco para esta temporada, o Cruzeiro deu um passo importante para manter uma das grandes joias da sua categoria de base. Na última terça-feira, 25, a Raposa anunciou que o jovem Vitor Roque assinou o seu primeiro contrato profissional com a equipe que ele defende desde os seus 14 anos. Atualmente com 16 anos e disputando o Brasileirão sub-17, Victor Roque é um centroavante muito talentoso com passagem pela seleção brasileira de base. É uma joia a ser lapidada!

Luto por um nome histórico

Um dos maiores treinadores da história do Cruzeiro morreu nesta semana. Na noite da última quinta-feira, 27, Ílton Chaves faleceu em Belo Horizonte aos 84 anos – a causa não foi divulgada. O treinador histórico foi campeão do Brasileirão de 1966 como jogador do Cruzeiro e na década de 70 se tornou o técnico com mais partidas da história da Raposa: foram 389 jogos e este recorde dificilmente será batido. Além do Cruzeiro, Ílton Chaves teve passagens nos rivais mineiros, Atlético e América, e é um nome marcante do futebol de Minas Gerais. O Blog deseja força para todos os familiares de Ílton!

Atlético

Melhor time do início da Libertadores

O Atlético finalizou a sua campanha na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2021 da melhor forma possível: goleando o único rival que fez o time de Cuca tropeçar na competição. Na última terça, 25, o Galo venceu o Deportivo La Guaira-VEN por 4 a 0, em jogo válido pela 6ª rodada da competição continental. Com o triunfo, o Atlético se reafirmou como líder do grupo H, alcançou o 16º ponto em 18 disputados e garantiu a liderança geral, ou seja, a equipe de Minas Gerais foi o melhor time do início da Libertadores.

Sorteio da Libertadores

Após se classificar com a melhor campanha, o atleticano aguarda ansiosamente o sorteio do mata-mata da competição. O Atlético poderá enfrentar vários adversários pesados e o sorteio das oitavas da Libertadores irá acontecer na próxima terça-feira, 1º de junho, com cobertura do Blog. A fim de esmiuçar detalhes, o Bola Pra Frente produziu esta análise e apurou dados de todos os times que fizeram a melhor campanha da fase de grupos e respondeu a pergunta: quantas vezes neste século o melhor time no início da competição foi campeão? Além disso, o Blog trouxe uma possível coincidência: o Atlético poderá duelar com o São Paulo nas oitavas, fato que aconteceu em 2013. Relembre estes duelos!

Já no Brasileirão…

Campeão Mineiro, líder do grupo e dono da melhor campanha da Libertadores. Porém, nem tudo é perfeito no Clube Atlético Mineiro. Na 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time de Cuca saiu de campo derrotado após uma atuação muito ruim. Na manhã deste domingo, 30, o Galo saiu ganhando com gol de Hulk, mas sofreu uma virada com dois gols de Yago Pikachu e perdeu para o Fortaleza por 2 a 1, dentro de casa. O desempenho alvinegro no Mineirão, principalmente no 2º tempo, foi muito ruim e a equipe carece de ajustes.

Despedida de Tardelli

O time perdeu o jogo, mas a partida de domingo teve um momento emocionante após o apito final. O Atlético promoveu uma homenagem para um dos grandes ídolos deste século atleticano. Diego Tardelli Martins tem contrato com o Atlético até esta segunda, 31, e irá deixar o Galo, ficando livre no mercado. Com problemas físicos, o Dom Diego da Massa não conseguiu ter sequência nesta 3ª passagem, mas a idolatria dos torcedores atleticanos permanecerá. Como dito pelo próprio Tardelli, o ciclo dele terminou, mas a história nunca será apagada. O atacante ainda afirmou, algumas vezes, que deseja encerrar a sua carreira no Atlético, na Arena MRV. Boa sorte, DT9!

Um argentino digno de reverências

O Atlético perdeu um ídolo, referência técnica e jogador muito vitorioso. Diego Tardelli deixou o Galo, mas, nos últimos meses, o time mineiro conseguiu formar um forte elenco e um nome se destaca: Ignácio Martín Fernández. Mais conhecido como Nacho Fernández, o meio-campo está encantando pela sua simplicidade, inteligência e qualidade dentro de campo. O argentino ainda não encontrou a apaixonada torcida atleticana, porém é um dos nomes mais queridos do atual elenco. Por isso, o Blog fez uma análise sobre a inteligência de Nacho e afirmou que o camisa 26 merece aplausos e reverências da torcida atleticana mesmo à distância. Confira!

Bela atitude

No último dia 22, o Atlético conquistou a taça do Campeonato Mineiro pela 46ª vez na sua história e pela 2ª vez consecutiva. Obviamente, o time comemorou bastante e, como algo normal no futebol, iria receber uma premiação extra pelo título, o famoso “bicho”. No entanto, segundo informações do UOL, a comissão técnica e os jogadores resolveram dividir este montante com todos os 80 funcionários do time de forma igualitária, ou seja, a quantia extra que Hulk receberá pela conquista, o segurança do time também levará para casa. É óbvio que boa parte dos funcionários recebem uma quantia modesta e, segundo a apuração do jornalista Henrique André, cada profissional irá ganhar 5 mil reais. Uma bela atitude atleticana!

Dívidas milionárias pagas

O Atlético comunicou na sexta-feira, 28, o pagamento de três importantes dívidas pagas nos últimos dias. O clube pagou 32 milhões ao Junior Barranquilla-COL, referente à contratação de Yimmi Chará, e quitou todas as pendências desta tumultuada e cara negociação. O acordo da diretoria atleticana com a diretoria do Junior foi feito na viagem atleticana à Colômbia para enfrentar o América de Cali e deu fim ao processo na FIFA. O Galo também quitou uma dívida de 946 mil reais em relação à última parcela do acordo feito com Osmanlispor-TUR e o lateral-direito Patric. Por fim, o Atlético acertou o pagamento de 2,5 milhões de reais para o Desportivo Brasil por causa da venda de Bremer.

Duas saídas da parte interna

Além de perder Diego Tardelli, o Atlético se despediu de dois nomes históricos, mas estes atuavam na parte interna. Depois de 40 anos cuidando da saúde dos atletas, o médico Marcus Vinícius encerrou o seu ciclo no Galo. Visto que ele estava no departamento médico do clube desde 1981, Marcus conviveu com Telê Santana, Reinaldo, Taffarel, Ronaldinho e muitos outros nomes históricos do Atlético. A outra despedida é no âmbito jurídico. O advogado Lucas Ottoni foi figura importante nas contratações dos últimos 17 anos e era um dos principais representantes do jurídico atleticano. Ambos deixaram o Atlético e foram agradecidos de forma justa pela diretoria alvinegra.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments