Curtas | Rumores sobre Guerrero e outros três atletas, quatro lesionados no Galo, atacantes chegando na Raposa, caso Dedé e muito mais. Resumo semanal de Atlético e Cruzeiro

O lesionado goleiro Rafael e o novo atacante do Cruzeiro, Guilherme Bissoli. Fotos: Divulgação do Atlético e José Tramontin/Athletico

O blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixam o torcedor atualizado sobre Atlético e Cruzeiro.

Atlético

1ª vitória na Libertadores

Os três pontos para aliviar, um pouco, a pressão sobre os jogadores e o treinador. O Atlético enfrentou o América de Cali-COL na última terça-feira, 27, e venceu por 2 a 1, com direito a dois gols de Hulk. O Galo jogou melhor, marcou dois gols no início da 2ª etapa e estava tranquilo, porém Tchê Tchê falhou, o adversário diminuiu e os últimos minutos contaram com muito sofrimento. Mesmo assim, o time alvinegro saiu de campo com a 1ª vitória na competição continental.

Golaço e incrível sequência de defesas

Um dia especial para dois jogadores e para toda a massa atleticana. O Atlético deu um passo importantíssimo para a final do Mineiro de 2021 ao vencer o Tombense por 3 a 0 no Independência, no 1º dia de maio, e agora poderá perder por até três gols de diferença no jogo da volta, no próximo sábado, 08. No entanto, o grande resultado ficou em segundo plano, visto que dois atletas chamaram a atenção: Hulk e Matheus Mendes. O atacante fez um belo gol da intermediária, em uma “bomba” indefensável. Já o goleiro da base entrou em campo após falha de Tchê Tchê e expulsão de Everson. O arqueiro defendeu o pênalti, pegou o rebote e mostrou o seu talento em poucos segundos em campo. Veja estes lances e a análise aqui!

Lesões no Atlético

A semana esportiva foi muito boa, porém o departamento médico atleticano, infelizmente, ganhou quatro novos integrantes. A lesão mais séria foi a do goleiro Rafael, como explicada aqui, e o arqueiro deve fazer uma cirurgia no ombro direito em 12 de maio, retornando no prazo de 4 a 6 meses. Já Zaracho teve uma lesão no ligamento do tornozelo, mas, felizmente, não será submetido a procedimentos cirúrgicos e deve voltar em algumas semanas, visto que está sendo tratado de forma intensiva. Por último, após anunciar as escalações frente ao Tombense, a assessoria do Atlético informou que Marrony teve um entorse no tornozelo esquerdo e Calebe lesionou a parte anterior da coxa esquerda – ambos estão em tratamento.

Substituto de Zaracho

Após a lesão do argentino que estava se destacando, o torcedor atleticano ficou com uma dúvida sobre o substituto. Matías Zaracho está em uma ótima temporada e conquistou a confiança e o carinho da massa atleticana. Nas últimas partidas, o meio-campista estava sendo titular do time de Cuca e jogando muito bem. Porém, a lesão irá atrapalhar a sua continuidade. Por isso, o Blog fez uma análise sobre os possíveis substitutos de Matías Zaracho: Alan Franco, Allan ou Nathan devem ser o escolhido nas próximas partidas decisivas? Leia!

Hulk como 9

O elenco do Atlético conta com muitos jogadores talentosos, principalmente na parte ofensiva. Porém, o plantel não possui um centroavante “raiz”, isto é, atacante trombador, cabeceador e com força física para ganhar dos defensores – assim como Jô foi em 2013 sob comando de Cuca. Mesmo assim, o Galo encontrou em meio aos seus atacantes uma nova opção para o centro do ataque: Hulk. O atacante é muito forte, é um grande finalizador e tem muita inteligência. Por isso, Cuca testou o camisa 7 como referência e o jogador vive um ótimo momento. Além de resolver um problema no elenco – o atacante não estava satisfeito em ficar no banco de reservas -, ao usar Hulk como camisa 9, o Atlético irá evitar gastos desnecessários. Veja a análise!

Talison emprestado

Com o intuito de dar experiência às suas talentosas promessas, o Atlético segue emprestando os seus jovens jogadores para times mais modestos. O lateral-direito Talison é o nome da vez e está com empréstimo encaminhado para o Londrina, time que disputa a Série B do Brasileirão. O atleta de 20 anos deve ficar na equipe paranaense até o fim de 2021. Além da boa passagem na base, Talison disputou três partidas no Brasileirão do último ano – durante o surto de COVID-19 do elenco – e teve boas atuações, ganhando moral com a torcida.

Rumores sobre Guerrero e três reforços

Após o jogo contra o Tombense, as redes sociais repercutiram bastante a saída de Paolo Guerrero do Internacional e um possível interesse atleticano no atacante de 37 anos, porém o interesse do Galo não fazia sentido. Devido ao alto salário, idade avançada, limite de estrangeiros e boas opções no ataque, os rumores não tinham tanto nexo. E, até por isso, o Atlético negou rapidamente qualquer interesse no atacante peruano. Por meio da sua assessoria, o Galo afirmou que não houve nenhuma sondagem por Paolo Guerrero e aproveitou a oportunidade para negar qualquer interesse em contratar Amarildo, Kanu e Gilberto, jogadores que foram vinculados por uma parte da mídia nas últimas semanas.

Caso Sasha

Um dos casos mais bizarros do futebol aconteceu na última semana envolvendo o Atlético e o atacante Eduardo Sasha. O jornalista Victor Martins trouxe mais detalhes sobre este caso, evidenciando que o Galo esteve próximo de perder a partida por descumprir o regulamento. O caso se inicia com o Atlético divulgando a escalação para o jogo contra o América de Cali-COL na última terça, 27, e enviando para a Conmebol com a presença de Eduardo Sasha no time titular. O Galo até anunciou nas suas redes sociais a escalação com o camisa 18, mas, dez minutos antes do jogo, o perfil atleticano corrigiu a informação e disse que Vargas seria o titular.

Como havia enviado a escalação “equivocada” para a Conmebol, o Atlético alegou uma lesão de Sasha como motivo da mudança entre os Eduardo’s e, desta forma, foi possível mudar a formação. No entanto, no início do 2º tempo, Sasha iria entrar em campo e, felizmente para o clube, a mudança foi impedida após Cuquinha descobrir que o atleta não poderia entrar em campo. Após a mudança na escalação oficial, o jogador fica impossibilitado de entrar em campo, já que trata-se de um problema médico. Caso Sasha entrasse em campo, a Conmebol poderia decretar uma derrota de 3 a 0 como punição ao erro atleticano. Um caso bizarro, infantil e que quase acarretou em uma derrota do Atlético na Libertadores.

Cruzeiro

Derrota de virada para o América

Uma clássico marcante. Um jogo que teve tudo: virada nos minutos finais, emoção e muita provocação. O Cruzeiro jogou melhor do que o seu rival durante 60 minutos, dominou as ações ofensivas e marcou dois gols, porém, após ter o seu segundo gol anulado, a Raposa recuou demais e não conseguiu agredir o gol adversário. Com isso, o time de Lisca cresceu na partida e virou o placar a partir do minuto 40 da 2ª etapa. A desatenção nos lances finais do clássico podem custar uma classificação para a final do Mineiro, atual objetivo cruzeirense. Além de um jogo bem animado, o clássico ficou marcado pelas provocações de ambos os lados, onde o técnico americano, Lisca, foi o grande personagem. Veja detalhes!

Bissoli na área

O Cruzeiro deve anunciar a contratação de um novo atacante nesta semana. Segundo informações da jornalista Nadja Mauad, o Athletico-PR e o Cruzeiro chegaram em um acordo pelo empréstimo do jovem Guilherme Bissoli até o fim de 2021. O jogador tem 23 anos, é cria das categorias de base do São Paulo – base que é popularmente chamado de Cotia – e está no Furacão desde 2020. Com contrato até o fim de 2023 com o time paranaense, Guilherme Bissoli, centroavante de muita velocidade, deve assinar empréstimo com a Raposa nos próximos dias, visto que ele chegou em Belo Horizonte nesta segunda-feira, 03 e deve passar por exames.

Paulinho chegando

Além de Bissoli, outro atacante “criado em Cotia” deve ser anunciado pelo Cruzeiro nas próximas semanas. Segundo informações do Ge.com, o atacante Paulinho, destaque da base do São Paulo, deve assinar com a Raposa até o fim de 2022. O jogador é nascido em 2001, deve integrar o time sub-20 neste início de passagem pela Toca da Raposa e a tendência é que dê início à transição da base para o profissional. No Tricolor Paulista, Paulinho fez mais de 100 gols nas competições de base e, inclusive, marcou um gol sobre o Cruzeiro na Copinha de 2019. O anúncio deve acontecer após o atleta acertar as suas últimas pendências da rescisão contratual com o São Paulo.

Situação de Léo

Um jogador histórico foi tema das notícias cruzeirenses na última semana. A Rádio Itatiaia trouxe a informação que o zagueiro Léo estava acertando uma rescisão amigável do contrato que vai até o fim de 2022 com o Cruzeiro. Vários meios de comunicação também confirmaram a provável saída do atleta que não joga desde setembro de 2020, no entanto, o próprio jogador se pronunciou e afirmou que não tem nada decidido. Segundo Léo, ele não tem interesse em deixar o Cruzeiro e que, se houvesse alguma decisão, ele seria o primeiro a comunicar a torcida azul celeste. O zagueiro é bicampeão do Brasileirão e da Copa do Brasil, além do tetracampeonato do Campeonato Mineiro.

O momento dos meninos da base

A saída de Léo ainda não é uma certeza dentro do Cruzeiro, porém, independente desta saída do jogador histórico, uma nova realidade está presente na Toca da Raposa: é o momento dos meninos da base. Depois de várias temporadas com esta reivindicação dos seus torcedores, o Cruzeiro, finalmente, está dando mais espaço para as suas promessas. Adriano, Matheus Pereira e Weverton são titulares absolutos, sendo o volante Adriano um dos melhores jogadores da Raposa na temporada. Além destes atletas, alguns jovens, como Stênio, estão ganhando mais espaço.

Perícia de Dedé

O Caso Dedé terá novos capítulos nesta semana. Na última sexta-feira, 30, o jogador realizou um exame para comprovar a sua capacidade laboral, ou seja, um testa para o jogador é afirmar que está apto para jogar futebol e o Cruzeiro está o impedindo de trabalhar. Porém, o clube mineiro disse que não compareceu porque não sabia deste exame e não foi intimado. Portanto, o exame foi invalidado, remarcado para o próximo dia 7 de maio, sexta-feira, e será mais um passo do atleta em busca da rescisão. O jogador conseguiu o rompimento do contrato em fevereiro, mas, após o Cruzeiro alegar que ele estava incapaz de trabalhar, a decisão judicial foi retirada. Por isso, o exame de Dedé foi um pedido da defesa do atleta para mostrar que o defensor é capaz de jogar futebol e quer a rescisão do contrato para retomar a sua carreira.

Nova cobrança de Egídio

Parece notícia repetida, mas, infelizmente para o Cruzeiro, trata-se de mais uma novidade judicial. O lateral-esquerdo Egídio entrou na Justiça novamente e, desta vez, pediu quase 1,5 milhões, valor referente ao pagamento dos direitos de imagens. Segundo o atleta, a Raposa não cumpriu o acordo feito e não pagou este montante. Enquanto esse processo será julgado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o atual lateral do Fluminense tem outro processo na Justiça. No mês passado, Egídio entrou na Justiça do Trabalho requerendo 5,6 milhões do clube mineiro, já que, segundo o jogador, o Cruzeiro não cumpriu com os compromissos. Os julgamentos devem acontecer nos próximos meses.

Conselheiros remunerados

O grande problema das últimas temporadas da Raposa foi a corrupção da gestão de Wagner Pires de Sá e a torcida suplica há mais de um ano por justiça contra todos que fizeram tão mal à instituição. E na última semana, o Cruzeiro deu um passo importante em busca da sonhada reconstrução. O time anunciou a criação de uma comissão disciplinar, a qual irá cuidar dos casos dos ex-conselheiros efetivos, e uma comissão de ética e disciplina, a qual irá cuidar dos casos dos conselheiros natos remunerados. Este é o caso que mais chama a atenção da torcida azul celeste, visto que o estatuto do Cruzeiro proíbe qualquer remuneração para os seus conselheiros, porém, durante a gestão de Wagner Pires de Sá, mais de 30 conselheiros receberam pagamentos da equipe. Nos próximos meses, o cruzeirense deve ter novidades sobre este caso tão importante para o clube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.