Para ganhar muita confiança! Em ótima atuação de Pottker, Cruzeiro goleia Patrocinense por 4 a 0 e se classifica

Oito meses depois da sua chegada, Pottker deixa o Cruzeiro. Foto: Reprodução Twitter

Um placar para consolidar a evolução dos comandados de Felipe Conceição. Após passar por altos e baixos na temporada, a goleada frente ao Patrocinense deu confiança ao Cruzeiro, pois a equipe venceu por 4 a 0, jogou bem, se impôs e se classificou para a semifinal. A atuação foi muito boa e o destaque foi o atacante William Pottker, jogador que estava sendo reserva, entrou no lugar do suspenso Rafael Sobis e aproveitou a chance recebida.

Neste domingo, 25, o Cruzeiro venceu o Patrocinense por 4 a 0 no Mineirão. A goleada cruzeirense foi válida pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro de 2021 e deu números finais à fase inicial do estadual. Os gols da Raposa foram marcados por Jadson, Matheus Barbosa e William Pottker (2x).

Com o resultado, o Cruzeiro se classificou para a semifinal do Mineiro. O time azul celeste conquistou 20 pontos em 11 jogos e terminou a 1ª fase do estadual em 3º lugar. Portanto, a Raposa irá duelar com o América, enquanto o Atlético irá enfrentar o Tombense na outra semifinal. Já o Patrocinense encerrou a sua participação em 10º e foi a primeira equipe que ficou acima da zona de rebaixamento para o Módulo II.

Os jogos e as atuações individuais

A melhor atuação do Cruzeiro na temporada. É claro que o adversário não demonstrou qualidade, mas o time azul celeste conseguiu se impor desde o primeiro e não deu nem tempo para o Patrocinense tentar algo. A pressão bem exercida no campo de ataque do adversário deu resultado logo no minuto 2 e a Raposa teve tranquilidade para mostrar o seu futebol. Um domínio bem executado, uma ótima atuação de vários jogadores e uma goleada merecida.

Após a curta pausa do futebol, no fim de março, foi possível ver alguns detalhes da filosofia de Felipe Conceição e a calma pedida pelo treinador para implementar o seu pensamento valeu a pena. O Cruzeiro já está colhendo uma evolução e o prognóstico é positivo, já que, se seguir melhorando, a Raposa pode ter bons resultados em 2021. Certamente, o treinador ainda irá corrigir vários pontos, mas o mês de abril e a classificação para a fase final evidenciaram que o Cruzeiro está no caminho certo.

Além de uma atuação coletiva excelente, alguns jogadores da Raposa se destacaram. Adriano fez uma partida de alto nível, tentou vários passes verticais e se mostrou, mais uma vez, estar pronto para ser o primeiro volante do Cruzeiro. Já William Pottker foi o grande nome do jogo, pois marcou dois gols, deu uma assistência e ainda participou do último gol. Uma atuação para dar moral para o atacante cruzeirense. Matheus Pereira e Rômulo também estiveram muito bem nesta tarde.

Cruzeiro x Patrocinense

Com Rafael Sóbis suspenso, o técnico Felipe Conceição optou por colocar William Pottker na vaga do camisa 10. Por isso, o Cruzeiro entrou em campo com Fábio, Raúl Cáceres, Ramon, Weverton e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa e Rômulo; Airton, William Pottker e Airton.

O gol logo cedo

O duelo começou bem intenso e animado. Logo no minuto 2, o Patrocinense errou a saída de jogo e o Cruzeiro aproveitou para abrir o placar. Após falha boba do adversário, Adriano roubou a bola e tocou para William Pottker. O atacante do Cruzeiro dominou e, mesmo estando fora da área, arriscou com a perna direita. O chute de Pottker foi forte, desviou na marcação e foi no canto de Edson. Um belo e importante gol para o Cruzeiro. William Pottker marcou e colocou 1 a 0 no placar do Mineirão.

Na sequência, o Patrocinense tentou empatar a partida e fez Fábio trabalhar. Aos 8, a equipe do interior colocou a bola na área, após cobrança de falta, e Wallace cabeceou com liberdade. A tentativa do camisa 9 passou perto do gol cruzeirense. Na jogada seguinte, o volante Maycon Lucas arriscou de fora da área e Fábio fez uma grande defesa, evitando o gol do Patrocinense.

A conexão Pottker-Rômulo

Com um elenco bem superior, o Cruzeiro chegou mais vezes durante a 1ª etapa. Aos 21, o zagueiro Breno errou a saída de jogo e Matheus Barbosa roubou a bola. O volante tocou para William Pottker e o atacante chutou de perna esquerda. O zagueiro Alisson bloqueou e a bola foi para fora. Aos 32, Pottker tentou novamente. Rômulo cobrou uma falta na 2ª trave e o camisa 11 da Raposa cabeceou. Edson fez a defesa.

No minuto 37, Pottker e Rômulo protagonizaram mais uma boa chance. O meio-campista bateu forte uma falta de longa distância e o goleiro Edson “bateu roupa”. No rebote, Pottker tentou empurrar para o gol, mas o arqueiro do Patrocinense recuperou e abafou o atacante cruzeirense. Quatro minutos depois, Bruno José cruzou na área e Airton cabeceou muito bem. Edson fez uma grande defesa, em cima da linha, mas o auxiliar já havia marcado um impedimento ajustado de Airton. Esta foi a última jogada de um bom 1º tempo do Cruzeiro.

Início arrasador de 2º tempo

O Cruzeiro voltou para a 2ª etapa com a mesma formação e com uma postura ainda mais ofensiva. Logo no 1º minuto, Matheus Pereira arriscou de fora da área e o goleiro Thiago Passos – atleta que entrou no lugar de Edson após o intervalo, pois o arqueiro titular se lesionou – rebateu. No rebote, a bola foi cruzada e Weverton cabeceou para fora. Mas o time mineiro não desanimou e aumentou a sua vantagem nas duas tramas seguintes.

Aos 3, em jogada ensaiada, Rômulo cruzou e a bola passou pela defesa do Patrocinense. A bola chegou no lado esquerdo, ficou nos pés de William Pottker e o atacante cruzou na cabeça de Matheus Barbosa. O volante cabeceou muito bem e marcou o segundo gol cruzeirense. 2 a 0 no placar do Mineirão graças ao gol de Matheus Barbosa.

Dois minutos depois, o Patrocinense errou a saída de jogo novamente e o Cruzeiro aproveitou. Marcando alto e pressionando bastante, William Pottker aproveitou a falha de Jhonathan Moc, entrou na área e driblou o goleiro. O autor do primeiro tento da Raposa passou pela defesa e bateu para o gol. A defesa do Patrocinense tentou tirar, mas a bola entrou e William Pottker chegou ao segundo gol na partida: 3 a 0 para a Raposa.

Virou goleada!

A inferioridade do adversário era clara e ficou evidente durante o 2º tempo. O Patrocinense não conseguiu sair e não teve potencial para agredir o Cruzeiro. Com três gols de vantagem, o time da capital teve muita tranquilidade e aproveitou para colocar jovens em campo: Geovane e Stênio ganharam minutos. Além deles, Eduardo Brock, Felipe Augusto e Jadson entraram em campo.

O Cruzeiro chegou aos 27 com Rômulo, após boa jogada de Stênio na direita e “bate rebate” na zaga. A bola sobrou para o meio-campista do Cruzeiro e ele bateu chapado, buscando o ângulo de Thiago Passos. A bola passou perto da meta do time de Patrocínio.

Aos 45, o jovem Geovane arriscou de fora da área e obrigou Thiago Passos a fazer uma grande defesa. No rebote, William Pottker cruzou, Stênio raspou de cabeça e a bola chegou nos pés de Jadson. O volante muito contestado pela torcida bateu forte no ângulo direito de Thiago Passos e marcou um lindo gol para decretar o placar final da partida: 4 a 0 para o Cruzeiro e goleada no Mineirão!

O fim do jogo

O Cruzeiro está pronto para o grande objetivo da temporada? Ainda não. Porém, a equipe azul celeste está encaminhando uma temporada bem melhor que em 2020. O vexame ao não se classificar para a fase final do Mineiro ficou na temporada passada e o Cruzeiro irá disputar uma vaga na final contra o América de Lisca. Um adversário complicado, mas a Raposa irá lutar por uma vaga na grande final do estadual. O time está bem e a evolução deve seguir acontecendo.

Números da partida
Cruzeiro x Patrocinense
61% Posse de bola 39%
17 Finalizações 5
8 Finalizações no gol 1
6 Escanteios 5
2 Impedimentos 2
11 Faltas 16
455 Passes 304
429 (94,3%) Passes certos 264(86,8%)
Fonte: Footstats

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments