Páscoa é dia do Coelho e do Galo! Nesta tarde, Atlético e América se enfrentam no Mineirão

Foto: Pedro Souza / Atlético

Será que a Páscoa do futebol mineiro terá chocolate? Não é possível afirmar, porém um clássico está garantido na tarde deste domingo, 04 de abril. Atlético e América protagonizarão mais um capítulo do clássico mais antigo de Minas Gerais. Quem irá vencer: o Galo com um super elenco ou o Coelho empolgado? 

Neste domingo, 04, Atlético e América se enfrentam no Mineirão. O jogo, o qual é válido pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro de 2021, será realizado às 16 horas, ou seja, horário nobre do futebol na televisão. Portanto, o clássico mineiro será transmitido pela TV Globo Minas, SporTV e Premiere.

Os números e o momento

O Atlético estava na liderança isolada, com uma sequência de sete vitórias consecutivas, mas tropeçou na última partida. A derrota para a Caldense foi surpreendente e dura e o forte elenco do Galo deseja seguir na liderança e retomar a confiança no clássico contra o Coelho. 

O vice-líder América está empolgado após se classificar na Copa do Brasil, vencer o Cruzeiro e ganhar fora de casa do Uberlândia nas últimas três partidas.

Quem vencer, fica com a liderança do Campeonato Mineiro. Pelo saldo de gols, o Atlético tem a vantagem de empatar e seguir na 1ª colocação.

O grande trunfo do América é a sua defesa, a menos vazada do Mineiro com apenas três gols sofridos em seis partidas. Já o Atlético tem bastante confiança no seu ataque, já que marcou 16 gols nos seis primeiros jogos do Mineiro. A coincidência na campanha dos dois times mineiros da Série A é que as únicas derrotas de ambos os times foram para a forte equipe da Caldense. 

O retrospecto do clássico é um ponto positivo para a torcida atleticana, já que o Galo venceu 100 partidas a mais que o rival. Em 410 jogos entre as equipes – o primeiro jogo aconteceu em julho de 1913 – o Atlético venceu 204 vezes, houve empate em 102 oportunidades e o América saiu de campo com a vitória em 104 partidas. O último jogo entre as equipes foi a partida de volta da semifinal do Mineiro de 2020, onde o Galo venceu por 3 a 0, com direito a um golaço de Marrony.

O Atlético

A equipe estava com muita confiança e com 100% de aproveitamento no Mineiro 2021, porém a partida da última quinta-feira prejudicou os números atleticanos. A Caldense venceu – com muito merecimento – o Atlético por 2 a 1, em uma partida vergonhosa do time alvinegro, visto que a equipe já mostrou que tem talento para mostrar um futebol bem mais vistoso. A esperança dos torcedores e, certamente, do treinador Cuca é ver um time com mais criação e inteligência no clássico frente ao América.

O treinador recém-chegado está indo para a sua terceira partida nesta 2ª passagem pelo Galo e ainda não encontrou a sua formação ideal. Após uma atuação vergonhosa como a da última partida, Cuca deve ter ainda mais certeza sobre algumas mudanças e promover testes pode ser importante para o elenco atleticano.

O Atlético seguirá desfalcado de dois campeões da Libertadores. O zagueiro Réver e o atacante Diego Tardelli seguem sem treinar. O defensor está tratando um problema no joelho, enquanto o atacante teve uma lesão muscular e permanece na fisioterapia. Um importante retorno é do volante Jair, atleta que foi titular contra o Coimbra, mas não foi relacionado na partida frente à Caldense devido a problemas físicos.

Por isso, a vaga de Allan ou Zaracho está ameaçada pelo retorno de Jair. Na lateral-direita, Guga pode “roubar” o lugar de Mariano. Na zaga, Igor Rabello pode voltar ao time titular – como zagueiro, obviamente – após a atuação de Gabriel. Savarino pode ganhar uma vaga neste ataque depois da boa exibição nos minutos finais da última partida. Mesmo assim, o restante do time tende a ser igual ao onze inicial que perdeu para a Caldense.  

Provável escalação: Éverson; Guga (Mariano), Igor Rabello (Gabriel), Alonso, Arana; Allan (Jair), Zaracho, Nacho Fernández; Hulk, Vargas (Savarino), Keno. Técnico: Cuca.

O América

O Coelho terá o seu primeiro teste na temporada. O América voltou para a Série A e enfrentará um time da elite do futebol brasileiro pela primeira vez no ano. Porém, o primeiro confronto é, justamente, contra um dos grandes favoritos aos títulos da temporada. Como destacado pelo técnico do América, o elenco do Atlético é “poderosíssimo” e o time de Lisca sabe disso. Com inteligência, o Coelho tentará encontrar espaços e surpreender o Galo.

O América vem se acertando, mesmo perdendo as suas principais peças. No dia 18 de março, a equipe se classificou na Copa do Brasil. No dia 24, o Coelho dominou o Cruzeiro e venceu o clássico de Belo Horizonte. Antes do clássico deste domingo de Páscoa, o América bateu o Uberlândia, no forte calor da cidade do Triângulo Mineiro. Vencer o Atlético seria uma grande injeção de ânimo para os comandados de Lisca.

Sem contar com Ademir, ponta que se destacou bastante no último ano, mas está de saída do América para o Palmeiras, e sem Messias, zagueiro negociado com o Ceará, o técnico Lisca está tentando encontrar o seu onze inicial. A equipe está se solidificando, mas é claro que o América necessita de reforços. 

Duas brigas interessantes estão presentes na lateral-direita e entre três volantes. O ala Diego Ferreira está disputando uma vaga com Joseph, autor do gol contra o Cruzeiro. Um dos dois será titular na ala-direita. Já entre os volantes, a disputa pela vaga de 1º volante entre Flávio, Sabino e Zé Ricardo é sadia e positiva ao Coelho.

Provável escalação: Matheus Cavichioli; Joseph (Diego Ferreira), Eduardo Bauermann, Anderson Jesus, João Paulo; Sabino (Flávio ou Zé Ricardo), Juninho, Alê; Marcelo Toscano, Rodolfo, Gustavinho. Técnico: Lisca. 

Atlético x América

7ª rodada do Campeonato Mineiro de 2021
04/04/2021, 16:00 horas, Mineirão
Transmissão: Globo (MG), SporTV e Premiere
Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Marcyano da Silva Vicente (MG).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.