Análise | O meio-campo do Atlético carece de um jogador como Edenílson?

Foto: Pedro Souza / Atlético

Por Pedro Bueno

Embora esteja em silêncio, é certo que o Atlético permanece no mercado a fim de preencher o seu forte elenco que, mesmo com ótimos atletas, ainda precisa de algumas contratações. O foco principal do Galo é um zagueiro e um volante, como foi veiculado por vários jornalistas e portais de notícias. Porém, após a chegada de Nacho Fernández, o Atlético está mais devagar no mercado.

A troca de treinadores e a justa demora para Cuca se apresentar pode ter esfriado as negociações atleticanas, já que o novo técnico deve compreender as carências do elenco e aprovar o nome indicado pela diretoria, representada principalmente por Rodrigo Caetano.

O diretor de futebol atleticano trabalha silenciosamente e existe uma dúvida atualmente sobre o avanço ou não de algum negócio, pois Caetano não deixa brechas e poucos atletas foram especulados. No entanto, um nome é bastante discutido e o próprio jogador já confirmou contato informal de Rodrigo Caetano: Edenílson é um atleta que o Atlético deseja. Mas o elenco atleticano carece de um jogador como o meio-campista?

Antes de aprofundar na discussão é importante destacar que Edenílson é um grande jogador e seria uma ótima contratação para qualquer time do futebol brasileiro. O atleta do Internacional foi um dos melhores jogadores do último Brasileirão e determinante na campanha “surpreendente” do Colorado. A questão desta análise é discutir se o Atlético realmente precisa investir um alto valor em um jogador que não faz parte da atual carência atleticana.

O jogador do Internacional

Edenílson Andrade dos Santos é um atleta de 31 anos que joga desde 2017 no Internacional, tendo muito destaque na última temporada. O jogador é gaúcho, cria da base do Caxias-RS e se destacou no Corinthians em 2011 até 2014 e, na época, o volante foi vendido ao futebol italiano. Na Udinese e na Genoa, Edenílson não se adaptou e retornou ao futebol brasileiro. Atualmente, Edenílson é um dos melhores jogadores do Colorado e é o principal alvo do Galo.

Segundo informações do portal de notícias Fala Galo, a multa rescisória do atleta gira em torno de 3 milhões de dólares (16,47 milhões de reais) e pagar este valor seria a única saída atleticana, pois o Internacional não tem interesse em vender o atleta de 31 anos. Edenílson confirmou no programa Resenha ESPN que é muito amigo de Rodrigo Caetano e o diretor de futebol do Atlético conversou, informalmente, sobre uma possível ida para o Galo. O meio-campista demonstrou respeito ao Internacional e falou para Caetano conversar com o clube gaúcho. Segundo Edenílson, se o Colorado entendesse que a sua saída seria uma boa para todos, a situação se tornaria normal no futebol.

Como exemplo da importância do jogador no Inter e, consequentemente, a dificuldade para tirar Edenílson de Porto Alegre, é possível destacar os feitos do volante no último Brasileirão. Acima, é possível ver como ele foi o principal jogador do Internacional, já que ele esteve presente entre os melhores de cada estatística. No postagem inserida abaixo, é possível notar como ele foi um dos melhores volantes do Brasileirão.

Os jogadores do Atlético

Para conseguir debater sobre a necessidade de contratar um jogador como Edenílson, é importante listar quais são os jogadores que estão no elenco do Galo e atuam no meio-campo.

  • Alan Franco;
  • Allan;
  • Calebe;
  • Dylan Borrero;
  • Hyoran;
  • Jair;
  • Nacho Fernández;
  • Nathan;
  • Matías Zaracho;

O Atlético tem nove jogadores para desempenhar as funções de meio-campista. Alguns atletas, como Dylan e Calebe, são mais jovens e podem ser emprestados, mas a tendência é a permanência destes jovens que fizeram um bom início de Campeonato Mineiro. Pensando nos últimos trabalhos de Cuca e até mesmo na sua passagem anterior no Atlético, ele usa dois jogadores mais recuados e um armador. A vaga de armador tende a ser de Nacho Fernández, com Nathan e Hyoran brigando pela reserva imediata. 

Os outros jogadores tentariam buscar as duas vagas restantes. Matías Zaracho começou a atual temporada demonstrando o talento esperado e é um dos nomes que ganhou força. Alan Franco, se conseguir estar 100% fisicamente nesta temporada – o equatoriano sofreu bastante com a COVID-19 em 2020 -, pode ser um dos candidatos à vaga no meio-campo já que tem muito talento. Allan e Jair são jogadores que podem ser mais defensivos e também lutam pela vaga. 

Ou seja, são muitas opções e muitos jogadores com potencial no meio-campo atleticano!

O meio-campo do Atlético carece de um jogador como Edenílson?

Como dito anteriormente, contar com Edenílson seria muito bom para qualquer elenco do Brasil, mas o investimento em um jogador de 31 anos deve ser a prioridade do Atlético, levando em consideração os jogadores que já estão no elenco?

O foco atleticano é a contratação de um volante, mas é provável que este meio-campista seja um 1º volante, já que o elenco é carente de um jogador que seja mais marcador. Em seus trabalhos, Cuca gosta de um volante que tome conta da defesa, enquanto os laterais atacam. Allan e Jair são estes jogadores, mas a busca atleticana passa por um jogador marcador e fixo. E Edenílson não se encaixa neste perfil.

Mapa de calor de Edenílson. Fonte: SofaScore.com

O jogador é um 2º volante que vai de área a área e joga pela direita, como visto no mapa de calor acima – Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso ou Musto eram as opções mais defensivas do Inter. Por isso, é necessário ter cuidado na decisão de investir em Edenílson. A sua movimentação é muito semelhante ao deslocamento de Alan Franco, promessa que o Atlético investiu bastante, pensando no potencial de revenda. Edenílson não tem este potencial de revenda e poderia esconder alguns jovens. 

A questão principal não é que o Atlético não precise de Edenílson. Talvez, a necessidade de trazer um 2º volante como Edenílson não seja tão urgente como outras posições. Além disso, a negociação é complicada e a diretoria atleticana já indicou que está contratando corretamente. O foco atual deve ser um zagueiro pela direita, a fim de criar uma boa competição entre Igor Rabello, Réver e a nova contratação. 

E a sua opinião, o Atlético realmente carece de um jogador como Edenílson? Sua opinião é sempre bem-vindo no Bola Pra Frente! Comente!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Futebol Nacional

Comentários