Curtas | Cuca no Galo, despedida do Victor, três dívidas cruzeirenses pagas, “novo” camisa 10 da Raposa e muito mais. Resumo semanal de Atlético e Cruzeiro

Cuca, o favorito para assumir o Atlético e o jogador que irá usar a camisa 10 do Cruzeiro, Rafael Sobis. Fotos: Reprodução Internet.

O blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixam o torcedor atualizado sobre Atlético e Cruzeiro.

Atlético

Despedida do Victor

O maior goleiro da história do Atlético encerrou a sua carreira neste domingo, 28 de fevereiro de 2021. O dia foi marcante para o torcedor do Galo e, principalmente, para Victor Leandro Bagy, o grande herói das conquistas desta última década. Foram 424 jogos, muitas vitórias e muitos milagres de um Santo. O Blog fez uma homenagem para o goleiro. Confira e faça a sua nos comentários!

Jogos com o Palmeiras e URT

Nesta última semana, o Atlético jogou duas partidas, ambas em casa, e venceu os dois jogos sem sofrer gols. Na quinta, 25, contra o Palmeiras, no encerramento da temporada 2020 e do Brasileirão, o Atlético venceu por 2 a 0 graças aos gols de Eduardo Sasha e Jair. Neste domingo, 28, na despedida de Victor, o time alvinegro venceu o URT por 3 a 0. Os tentos foram marcados por Diego Tardelli, Echaporã e Marrony. 

Tabela final do Brasileirão

O Brasileirão mais maluco da história chegou ao fim na última quinta-feira, 25. Mesmo perdendo para o São Paulo, o Flamengo viu o tropeço do Internacional contra o Corinthians e foi bicampeão consecutivo do Brasileirão. Já o único representante mineiro na Série A terminou esta edição em 3º colocado. Após liderar e ser favorito em alguns momentos, a irregularidade fez com que o Atlético terminasse a 1ª divisão em 3º. A colocação é positiva ao analisar que o time retorna à Libertadores diretamente na fase de grupos. Na parte debaixo da tabela, Vasco, Goiás, Coritiba e Botafogo foram rebaixados para a Série B. Veja a classificação final!

Grupo de jogadores do Campeonato Mineiro

O Atlético divulgou uma lista de 33 jogadores que irão estar à disposição do treinador interino Lucas Gonçalves nas primeiras rodadas do estadual. O clube mineiro liberou 14 atletas – Éverson, Guga, Réver, Alonso, Arana, Franco, Allan, Jair, Nathan, Hyoran, Savarino, Sasha, Vargas e Keno –  para uma mini-férias que irá terminar no dia 08 de março. Apenas o chileno Eduardo Vargas retornará antes, no dia 04 de março. O grupo de atletas que irão disputar as primeiras rodadas do Mineiro tem: 

  • Goleiros: Gabriel Átila, Jean, Matheus Mendes e Rafael;
  • Laterais direito: Mariano e Talison;
  • Laterais-esquerdos: Dodô, Kevin e Matheus Lima; 
  • Zagueiros: Bueno, Gabriel, Igor Rabello e Micael;
  • Meio-campistas: Adriano, Calebe, Claudinho, Dylan Borrero, Echaporã, Iago, Júlio César, Nacho Fernández, Neto, Rubens, Wesley e Zaracho;
  • Atacantes: Diego Tardelli, Felipe, Giovani, Guilherme Santos, Hulk, Luiz Filipe, Marrony e Sávio.

Empréstimo de jogadores

O Atlético oficializou o empréstimo de oito jogadores que não serão aproveitados na temporada que iniciou neste domingo. Sete destes atletas já não estavam à disposição de Jorge Sampaoli na última temporada e o único jogador que estava era Marquinhos, que foi emprestado ao Botev Plovdiv, time da Bulgária. Confira a lista de atletas emprestados recentemente: 

  • Daniel Penha – Bahia, até dezembro de 2021;
  • David Terans – Peñarol (URU), até 31 de dezembro de 2021;
  • Gustavo Henrique – Bahia, até dezembro de 2021;
  • Isaque – Confiança, até 31 de dezembro de 2021;
  • Marquinhos – Botev Plovdiv (BUL), até 31 de julho de 2022;
  • Ralph – Boavista, até novembro de 2021;
  • Ramón Martínez – Libertad (PAR), até dezembro de 2021;
  • Vitor Mendes – Juventude, até 31 de dezembro de 2021

Legado de Sampaoli

A passagem de Jorge Sampaoli no Atlético durou 45 jogos e chegou ao fim na última quinta-feira, 25, após o jogo contra o Palmeiras. Inclusive, o técnico argentino já foi anunciado como o novo comandante do Olympique de Marseille, uma das mais tradicionais equipes da França. No Galo, Sampaoli deixou o time classificado para a fase de grupos da Libertadores e, principalmente, deixou um legado. Se o Atlético for sábio, o time mineiro irá aproveitar tudo que aconteceu desde a chegada do técnico. Confira a matéria do Blog sobre isso!

O próximo técnico do Atlético

Os bastidores do Galo estão quentes atrás de um novo treinador. Obviamente, vários nomes foram especulados e o Atlético ainda não tem um nome certo. No entanto, nos últimos dias, vários veículos de comunicação afirmaram que o interesse por Renato Gaúcho esfriou após uma demora para dar uma resposta e que o nome da vez é de Alex Stival, o Cuca. O jornalista Héverton Guimarães confirmou que o Atlético e Cuca possuem um acordo verbal e que na próxima terça-feira, 02, haverá uma reunião entre as duas partes. O Atlético chegou a procurar os portugueses Leonardo Jardim e Marco Silva, porém o interesse é contar com um técnico brasileiro e Cuca, atualmente, é o grande favorito.

Dívida com Dudamel

O Atlético está em busca de um novo treinador para substituir Jorge Sampaoli e, nestes últimos dias, o time mineiro recebeu uma condenação sobre o treinador anterior: Rafael Dudamel. O Ge.com confirmou com o representante de Dudamel que, no início de fevereiro, o Atlético foi condenado pela FIFA a pagar 3,1 milhões de reais ao treinador venezuelano. Estes valores são referentes a uma remuneração atrasada e a uma quebra de contrato sem justa causa. Segundo Eduardo Carlezzo, representante de Dudamel, a sentença foi proferida no dia 1º de fevereiro e o Atlético tem 30 dias para quitar a dívida. Porém, o Galo tem direito de recorrer para discutir os valores. 

Cruzeiro

28 finalizações e um ponto

O Cruzeiro jogou ofensivamente, criou muitas jogadas e produziu bastante, porém, mesmo após 28 chutes, a equipe azul celeste marcou apenas um gol no Uberlândia. Por causa de uma falha do lado esquerdo da defesa do Cruzeiro, o gol feito por Raúl Cáceres foi o do empate, já que Reis havia aproveitado a bobeira defensiva e tinha marcado o 1º gol ainda no 1º tempo. O placar de Cruzeiro e Uberlândia marcou 1 a 1 e a Raposa deixou dois pontos na sua estreia. Felizmente para os cruzeirenses, foi visto um melhor desempenho em campo na 1ª partida de seis atletas e do treinador Felipe Conceição.

A inscrição dos reforços

Após acertar as suas pendências, a punição imposta foi retirada e o Cruzeiro voltou a registrar jogadores. Até a última sexta, 26, o time mineiro havia registrado seis contratações feitas nesta temporada e restava apenas um jogador sem a possibilidade de atuar. Alan Ruschel, Bruno José, Felipe Augusto, Marcinho, Matheus Barbosa e Matheus Neris tiveram seus nomes publicados no BID na sexta-feira e estiveram em Uberlândia. Apenas Bruno José não estreou no último sábado, 27. O único reforço do Cruzeiro que ainda não foi registrado foi o zagueiro Eduardo Brock, já que ele chegou no meio de semana e ainda não tem condições de jogo.

O “novo” camisa 10

O Cruzeiro não anunciou nenhuma contratação que irá usar a camisa 10, mas oficializou a numeração fixa da temporada 2021. O número mais especial do futebol será utilizado por um velho conhecido da torcida azul celeste e o grande líder técnico da parte ofensiva do Cruzeiro: Rafael Sobis. O atacante deixou a camisa 23 e assumiu a responsabilidade de usar a tradicional camisa 10 do Cruzeiro nesta temporada. Na estreia, Sobis deu uma assistência com o novo número. Na numeração fixa também chama a atenção que Moreno segue com a camisa 9 – ele não atuou no jogo-treino contra o Bolívar e nem na partida contra o Uberlândia, mas segue nos planos – e que Luis Orejuela, atleta que está de saída, foi confirmado com o número 27.

Numeração fixa da temporada 2021. Fonte: Twitter do Cruzeiro.

Saída do Dedé

Um “mito”, como era chamado pela torcida, deixou a Raposa nesta semana. Após uma passagem muito vitoriosa e muito polêmica, Dedé não é mais jogador do Cruzeiro. O zagueiro conseguiu uma liminar que concede a rescisão do contrato juntamente ao time mineiro e Anderson Vital está livre para encontrar outro clube. O Blog deu detalhes da sua turbulenta passagem, do início ao fim, e mostrou que um possível destino de Dedé é permanecer em Belo Horizonte: no Atlético. Confira!

A passagem inusitada de Daniel Guedes

Talvez, a contratação e o aproveitamento de Daniel Guedes tenha sido uma das questões mais estranhas da última temporada do Cruzeiro. A equipe mineira contratou o atleta, após Enderson Moreira pedir, o jogador demorou a chegar porque estava punido por doping e, depois de ser apresentado, Daniel fez apenas sete jogos com a camisa da Raposa. O jogador está fora dos planos de Felipe Conceição e está treinando em São Paulo, longe da Toca da Raposa. Segundo o Ge.com, o Fortaleza, atual time de Enderson, procurou o atleta e ele está próximo de deixar o Cruzeiro. Como o passe de Daniel Guedes pertence ao Santos e ele está emprestado ao clube mineiro, o jogador e o Cruzeiro devem rescindir o contrato nos próximos dias. Uma decisão benéfica para os dois lados. 

Orejuela no Red Bull Bragantino

A novela Orejuela ganhou um novo capítulo e o lateral-direito ganhou um novo “pretendente”. Depois do interesse de Grêmio, Atlético e São Paulo, o Red Bull Bragantino demonstrou interesse em contratar o ala de 25 anos do Cruzeiro. Devido ao alto salário e a possibilidade de ganhar uma boa quantia, a Raposa deseja vender o talentoso lateral colombiano. Porém, o negócio está se arrastando há quase 60 dias: neste 1º dia de março completam dois meses que Orejuela retornou ao time mineiro. O Red Bull tem interesse em contratar um atleta como Orejuela, já que necessita de atletas talentosos para a ala-direita e, além disso, o colombiano pode ser negociado no futuro. O interesse do Massa Bruta foi informado pelo GE.com, mas nenhum dos clubes confirmou sobre o andamento da negociação. 

Três dívidas pagas

Após receber uma boa quantia do Red Bull Bragantino, referente à venda do volante Jadsom Silva, o Cruzeiro conseguiu acertar três importantes dívidas. Um débito que foi pago é crucial para a atual temporada: a equipe pagou 2,4 milhões ao PSTC-PR na última quinta-feira, 25, e conseguiu a liberação para voltar a inscrever jogadores. Os reforços desta temporada foram inscritos e cinco já estrearam no sábado, 27, contra o Uberlândia.

Na sexta-feira, 26, a equipe mineira quitou a dívida de 700 mil com o técnico Paulo Bento. A cobrança estava na FIFA e poderia gerar uma nova punição ao Cruzeiro. Também na semana passada, o Cruzeiro depositou 100 mil reais na conta do Guarani, referente à multa do técnico Felipe Conceição. Após este pagamento, o time mineiro conseguiu registrar o seu novo treinador no BID e ele pôde comandar a equipe na estreia do Campeonato Mineiro 2021.

Salário pago

Além das dívidas com dois times e um ex-técnico, o Cruzeiro aproveitou a quantia recebida para diminuir alguns débitos internos. Segundo a Rádio Itatiaia, o clube conseguiu pagar de forma integral a folha salarial do elenco de janeiro, que venceu no início de fevereiro. Mesmo assim, as dívidas com os próprios funcionários seguem grandes na Raposa. O Cruzeiro está devendo parte da folha de outubro e de novembro e a folha integral de dezembro, além do 13º salário. Além dos jogadores, a parte administrativa (funcionários em geral, time feminino e base) segue com vencimentos atrasados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.