Atlético está próximo de anunciar atleta que receberá “salário” do Cruzeiro a partir de 2022

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Mesmo em situações esportivas e financeiras diferentes, o Atlético e o Cruzeiro são rivais que se mantêm conectados. As torcidas dividem Minas Gerais e o clássico é presente em qualquer conversa sobre futebol. E uma contratação do Galo coloca a Raposa em uma situação inusitada. 

Segundo Henrique André, jornalista do Hoje em Dia, e algumas fontes dentro do Atlético, o time alvinegro está próximo de anunciar o lateral-esquerdo Dodô. O jogador completa 29 anos neste sábado, 06, e fez exames médicos na manhã desta sexta, 05. Caso seja aprovado nos testes médicos, o Atlético deve anunciar a contratação do ala, que chega para ser a sombra de Guilherme Arana, destaque do time mineiro.

Dodô não jogou futebol em 2020 e a sua última partida foi, coincidentemente, no Mineirão. Em 08 de dezembro de 2019, o Cruzeiro foi derrotado pelo Palmeiras, no Gigante da Pampulha e acabou sendo rebaixado para a Série B. Na ocasião, José Rodolfo Pires Ribeiro, mais conhecido como Dodô, fez a sua última exibição com a camisa do rival atleticano.

Portanto, o Atlético está próximo de contratar um talentoso lateral-esquerdo de, praticamente, 29 anos, que estava sem clube. Seu último time foi o Cruzeiro e como o contrato com a Raposa foi rompido, a contratação não terá custos e Dodô poderá estrear no Campeonato Mineiro, a partir de 28 de fevereiro. Os salários propostos pelo Atlético não foram divulgados, porém a parte financeira do atleta envolve o rival Cruzeiro. 

O salário do Cruzeiro para o provável jogador do Atlético

Durante todo o ano de 2020, o lateral e a equipe mineira estiveram envolvidos em um processo judicial. Dodô havia assinado um contrato de empréstimo com o Cruzeiro em 2019 e com uma obrigação de compra em 2020. O vínculo estipulava que o novo acordo entre o clube seria de três anos e incluiria um alto valor em luvas.

Porém, como todos sabem, o Cruzeiro mudou drasticamente a sua gestão e os responsáveis pela assinatura deste contrato – Wagner Pires de Sá, Itair Machado e companhia – não estavam mais guiando o clube em 2020. Por causa dos altos valores prometidos, a Raposa não quis contar com Dodô no ano passado, mas por causa da parte legal, a discussão foi parar nos tribunais. 

Após passar todos o ano de 2020 em questões judiciais, em 11 de dezembro, a diretoria atual do Cruzeiro fez um acordo com Dodô. Por causa das obrigações contratuais e as luvas, o valor assinado no acordo foi bem alto para as finanças do Cruzeiro. O rival do Atlético e Dodô fecharam um acordo em 15 milhões pagos em 60 parcelas de 250 mil reais. Estes pagamentos serão efetuados a partir de janeiro de 2022 até dezembro de 2026.  

Logo, o Cruzeiro bancará 250 mil mensais entre 2022 e 2026 para o jogador que deve vestir a camisa do rival a partir de 2021. No provável encontro entre as equipes em 2022, Dodô poderá enfrentar o time que paga uma boa quantia dos seus vencimentos mensais. O Atlético, obviamente, pagará um salário para o atleta jogar com a camisa alvinegra, mas a curiosidade é que ele, se for anunciado, será o primeiro jogador a receber um “salário” de dois rivais ao mesmo tempo. Enquanto o Atlético reforça a parte esportiva, o Cruzeiro tenta organizar a parte financeira. E Dodô se envolve nas duas partes…

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.