Entenda a curiosa briga pelo título entre América e Chapecoense e veja as outras disputas da 38ª rodada da Série B!

Foto: Mourão Panda/ América-MG

A Série B se aproxima do fim em uma das edições mais inusitadas da história. O campeonato teve início no mês de agosto, terminará em uma sexta, 29 de janeiro de 2021, e pode ter um campeão decidido no critério de desempate. Além disso, pela 1ª vez na era dos pontos corridos (2006-2020), uma equipe considerada grande no futebol brasileiro ficará mais um ano na divisão de acesso: o Cruzeiro decepcionou e estará na Série B de 2021.

A 38ª rodada, a última desta edição, acontecerá nesta noite de sexta, 29. Todas as dez partidas acontecerão a partir das 17 horas e os principais jogos serão realizados às 21:30. Pelo menos quatro jogos prometem emoção até os minutos finais nesta rodada marcante.

América, Chapecoense e Cuiabá farão parte da Série A em 2021 e já subiram. Sobra uma vaga para ser decidida nesta noite: Juventude, CSA e Avaí lutam pela 4ª vaga. Outra disputa aberta é a luta pelo título. O Coelho e a Chape estão empatados na tabela e poderão decidir o título nos gols feitos.

Na parte de baixo da tabela, a principal briga já está decidida. Figueirense, Paraná, Botafogo-SP e Oeste já se rebaixaram e cumprirão tabela nesta rodada, assim como vários times do meio de tabela.

Briga pelo título

A disputa mais incrível da história da Série B de pontos corridos. A Série B é disputada nesse formato desde 2006 e, em nenhuma oportunidade, os times haviam chegado com a mesma quantidade de pontos, dividindo a liderança, na rodada final. O América é o líder e a Chapecoense está em 2º e ambos os times compartilham das mesmas estatísticas: em 37 jogos, cada equipe venceu 19 partidas, empatou 13 vezes e saiu de campo sem a vitória em 5 oportunidades.

Com os mesmos 70 pontos e a mesma quantidade de vitórias, a disputa seria desempatada pelo saldo de gols. Porém, curiosamente, as equipes têm o mesmo saldo positivo de 19 gols e o desempate teve que ser analisado por meio dos gols feitos. O América balançou as redes 41 vezes, enquanto a Chape fez somente 39 gols. Por isso, o time de Lisca está na liderança.

Como as duas equipes jogam simultaneamente – o América enfrenta o Avaí, em casa, enquanto a Chapecoense enfrenta o Confiança, também em casa – nenhuma das equipes dependem só de si. A situação é bem complexa. Confira!

Pontuações diferentes nas partidas:

Como as equipes estão empatadas na pontuação, com resultados diferentes, os times conseguem levantar a taça sem se preocupar com saldo de gols ou gols feitos.

  • Um dos times venceu e o outro tropeçou: quem venceu, é campeão;
  • Um dos times empatou e o outro perdeu: quem empatou, é campeão;

Pontuações iguais nas partidas:

Se os dois times conseguirem os mesmos pontos, permanecerão empatados na tabela. Por isso, a disputa irá para o saldo de gols. Como as equipes estão empatadas com 19 gols de saldo, quem conseguir aumentar a vantagem, é campeão.

  • Ambos os times ganharam: então quem ganhar com uma diferença maior de gols, é campeão;
  • Ambos os times perderam: então quem perder por uma diferença menor de gols, é campeão;

Caso as duas equipes terminem as suas partidas com a mesma diferença de gols, o desempate será analisado pelos gols feitos. Como o América marcou dois gols a mais, o Coelho tem a vantagem.

  • Ambos os times empataram: então a Chapecoense precisa marcar três gols a mais do que o América: 0 a 0 no jogo do Coelho e 3 a 3 na partida da Chape são os placares mais “possíveis” para a Chapecoense ser campeã nesta situação; os outros empates dão o título para o América;
  • Os dois times ganharam ou perderam pela mesma diferença de gols: então a Chapecoense deve fazer três gols a mais que o América: 1 a 0 no jogo do Coelho e 4 a 3 na partida da Chape são os placares mais “possíveis” para a Chapecoense ser campeão; as outras vitórias ou derrotas nessa situação dão o título para o América;

Uma disputa curiosa, complexa e que vai animar a noite desta sexta-feira, 29. Fique atento!

As outras batalhas

Como a zona do rebaixamento já está decidida, apenas a 4ª vaga do acesso estará em disputa nesta última rodada. E três times estão na briga: Juventude, CSA e Avaí.

O Juventude tem 58 pontos e é o 4º colocado. Ele só depende de si e, se ganhar do Guarani, fora de casa, subirá para a Série A. Em caso de empate, o Juventude terá que torcer para o CSA não vencer. Se for derrotado, o CSA tem que perder e o Avaí não pode ganhar para o Juventude conseguir o acesso.

Já o CSA tem 57 pontos e está no 5º lugar. O time alagoano precisa vencer o Náutico e torcer para que o Juventude tropeça. Se empatar, o Juventude tem que perder e o Avaí não pode ganhar para o CSA retornar à Série A. Em caso de derrota, o CSA permanecerá na Série B.

A equipe que tem a situação mais complicada é o Avaí. O time está em 6º, com 55 pontos, e enfrenta o líder América, no único confronto entre duas equipes que estão disputando algo. O time catarinense precisa vencer e torcer para o Juventude perder e para o CSA, pelo menos, empatar. Uma situação difícil, mas não impossível para o Avaí.

Uma batalha pessoal pode ser a situação do Cruzeiro. O tradicional time mineiro está em 12º, com 48 pontos, e se vencer o rebaixado Paraná, a equipe treinada pelo interino Célio Lúcio – visto que Felipão deixou a equipe – poderá chegar na parte de cima da tabela. Em caso de tropeço de Brasil de Pelotas e CRB, o Cruzeiro pode terminar a Série B em 10º.

A rodada

Sete jogos desta rodada acontecerão nesta sexta-feira, às 21:30. Dois jogos não tão importantes para a tabela acontecerão às 19:15 e uma partida será realizada às 17:00. O Premiere irá transmitir todos os jogos, enquanto o SporTV transmitirá a partida entre América e Avaí, o grande confronto da rodada.

38ª rodada da Série B

Sampaio Corrêa (7º) x Oeste (20º) – às 17:00;
CRB (10º) x Cuiabá (3º) – às 19:15;
Botafogo-SP (19º) x Operário (9º) – às 19:15;
América (1º) x Avaí (6º) – às 21:30;
Chapecoense (2º) x Confiança (14º) – às 21:30;
Guarani (13º) x Juventude (4º) – às 21:30;
Náutico (16º) x CSA (5º) – às 21:30;
Figueirense (17º) x Ponte Preta (8º) – às 21:30;
Brasil de Pelotas (11º) x Vitória (15º) – às 21:30;
Paraná (18º) x Cruzeiro (12º) – às 21:30;

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários