Em semana muito importante para os dois times, Atlético e Santos se enfrentam no Mineirão

Fotos: Pedro Souza / Atlético

A partida aconteceria em 06 de janeiro de 2021, porém, o Santos estava jogando a semifinal da Libertadores e o jogo foi remanejado para esta semana. E, coincidentemente, esta semana trata-se de dias cruciais para a temporada de ambos os times. O Atlético necessita de vencer para seguir na briga e vive um momento de incertezas. Por isso, a vitória na partida desta terça, 26, é preponderante. Enquanto isso, o Santos está na semana mais importante dos últimos dez anos, visto que irá decidir a Libertadores no sábado, 30. 

O Mineirão irá receber Atlético e Santos nesta terça, 26, às 20 horas, em jogo válido pela 28ª rodada do Brasileirão. Os times se enfrentaram em setembro, em uma partida marcante na Vila Belmiro: o Atlético estava jogando bem, mas o goleiro Rafael foi expulso e o Santos venceu por 3 a 1, na possível última partida do goleiro e ídolo Victor com a camisa atleticana. Certamente, o Galo deseja devolver esta dolorosa derrota do 1º turno.

A importância da partida

A semana é crucial para as pretensões das duas equipes, mas por motivos completamente distintos, visto que o Atlético tem como objetivo o Brasileirão e o Santos, aparentemente, está deixando a competição de lado – os titulares sequer viajaram para Belo Horizonte – e o foco é apenas na final da Libertadores, contra o rival Palmeiras, no próximo sábado, 30.

O Galo é o 4º colocado, tem 54 pontos e viu o Internacional abrir oito pontos de vantagem na liderança. A equipe de Abel Braga está em uma sequência de oito vitórias consecutivas e, por isso, é o grande favorito ao título. Certamente, o time de Sampaoli deseja chegar mais próximo e retornar para a briga. Se vencer, o time mineiro chega aos 57 pontos, fica cinco pontos atrás e com a mesma quantidade de jogos. Mas se empatar ou perder, além do desânimo, a questão da tabela fica complicada, pois o Internacional teria que tropeçar várias vezes para o Atlético chegar. Portanto, uma vitória é crucial para o restante da temporada atleticana. 

Já o Santos vive um momento desligado no Brasileirão. A importância da partida para o Peixe é cumprir tabela e poupar os titulares para a final do próximo sábado. Porém, o time paulista está em 9º, com 45 pontos, e precisa voltar a pontuar para se garantir na próxima Libertadores, já que, se perder a final, o time santista poderá ficar fora da competição continental da temporada 2021. Se fizer pelo menos um ponto contra o Galo, o Peixe retoma a 8ª posição, ultrapassando o Ceará. Por isso, o time reserva do Santos, com certeza, irá demonstrar muita vontade de arrancar pontos dentro do Mineirão.

O momento e os números

Os dois times não estão em uma sequência muito boa. O Atlético até é um dos destaques do 2º turno – 3º melhor aproveitamento, atrás apenas do Internacional e do Red Bull Bragantino – mas vem de dois tropeços consecutivos, ambos fora de casa. Na quarta-feira, 20, o Galo empatou com o Grêmio e no último sábado, 23, o Atlético perdeu de 3 a 2 para o Vasco, em uma apresentação muito ruim dos comandados de Jorge Sampaoli. Já o Santos venceu apenas um dos três jogos disputados depois de se classificar para a final da Libertadores. O time alvinegro bateu o lanterna Botafogo, mas perdeu para o Fortaleza, fora de casa, e para o Goiás, de forma surpreendente, na Vila Belmiro, no último domingo, 24. 

Dentre os números da partida, os gols feitos e sofridos chamam a atenção. O jogo promete muitos gols, já que o Atlético é o 2º melhor ataque da competição – marcou 54 gols em 31 jogos – enquanto o Santos é a equipe que mais sofreu gols dentre os 14 primeiros colocados – 42 gols sofridos. Vale ressaltar que o Atlético vem logo depois, em 3º neste quesito – 41 gols sofridos – evidenciando o fraco sistema defensivo das duas equipes e a promessa de muitos gols nesta noite. 

Um ponto que, certamente, todos os atleticanos estão apegados é o fato de jogar em casa. O time mineiro tem o melhor aproveitamento como mandante no Brasileirão e deseja seguir vencendo no Mineirão: são onze vitórias, três empates e apenas uma derrota em casa. Já o Santos não ostenta bons números como visitante: em quinze jogos, o Peixe venceu em cinco oportunidades, empatou três vezes e perdeu oito partidas.

O retrospecto é, ligeiramente, favorável ao Atlético. Em 100 jogos, o Atlético venceu 39 vezes, houve empate em 25 partidas e o Peixe saiu vitorioso de campo em 36 oportunidades. Nos últimos três jogos em Belo Horizonte, o Atlético venceu duas vezes e houve empate em uma destas partidas. Um ponto importante é que o Santos marcou somente um gol nestas ocasiões. 

A escalação

O treinador Jorge Sampaoli segue pressionado por uma parcela da torcida. As atuações ruins e a distância para a liderança são os principais fatores, além das escolhas do argentino, como a manutenção do goleiro Éverson. Outro ponto que uma parte da torcida está reclamando é sobre a ausência de Diego Tardelli, ídolo atleticano que jogou somente 30 minutos em 2020. A lesão foi séria e, segundo Sampaoli, ele está aprimorando a parte física. 

Mesmo com algumas críticas, Sampaoli deve manter a sua formação-base. No último jogo, o capitão Réver ficou no banco e foi substituído por Gabriel, todavia, o experiente zagueiro deve voltar para o time titular, ao lado de Alonso. As dúvidas ficam sobre possíveis mudanças de Sampaoli na parte ofensiva, já que Eduardo Sasha entrou muito bem contra o Vasco e o desempenho do time melhorou com o camisa 18 em campo. O único desfalque é Zaracho. O argentino está na fase de transição e ainda não deve ser relacionado.

Já que a equipe está na reta final do Brasileirão, os jogadores pendurados devem ficar atentos para não perderem uma das finais que o Atlético irá disputar. Dylan Borrero, Gabriel, Guga, Hyoran, Igor Rabello e o técnico Sampaoli ficarão de fora da próxima partida, frente ao Fortaleza, se receberem um cartão amarelo nesta noite. 

Provável escalação: Éverson; Guga, Réver (Gabriel), Alonso, Arana; Allan, Jair, Hyoran; Savarino, Vargas (Sasha), Keno. Técnico: Jorge Sampaoli.

O adversário

A partida do Santos no último domingo, 24, se encerrou às 20 horas. O Peixe entrará em campo nesta terça, 26, às 20 horas. Ou seja, o time de Cuca irá jogar duas partidas com o intervalo de 48 horas, algo que, claramente, prejudica o bom futebol da equipe. Porém, o próprio Santos preferiu a partida nesta terça, já que, desta forma, o time terá mais tempo para descansar e encarar o Palmeiras com força máxima na final da Libertadores no próximo sábado, 30.  

Mas a partida pelo Brasileirão é importante para o Santos, visto que o time se distanciou da zona de classificação para a próxima Libertadores. Caso o time paulista não levante a taça da competição continental, a vaga está bastante ameaçada. Por isso, os reservas de Cuca tentarão buscar, pelo menos, um ponto no Mineirão. E o estádio guarda boas recordações para o treinador santista. Alex Stival, o Cuca, venceu o seu primeiro grande título da sua carreira pelo Atlético, neste estádio, em 2013.

Por causa da disputa do final de semana, os titulares do Santos sequer viajaram para Minas Gerais. Os jogadores ficaram na baixada santista e, assim como os torcedores, assistirão a partida pela televisão. Cuca terá à disposição o time reserva e alguns jogadores recém-promovidos da forte categoria de base do Santos. Além disso, o Atlético deve ter atenção no lateral-direito Madson, atleta que, mesmo no banco de reserva, faz uma ótima temporada e ataca bastante.

Provável escalação: John; Madson, Laércio (Luiz Felipe), Alex, Wagner Leonardo; Vinícius Balieiro, Jean Mota, Lucas Lourenço; Talison, Bruno Marques (Marcos Leonardo), Arthur Gomes. Técnico: Cuca.

Atlético x Santos
Jogo adiado da 28ª rodada do Brasileirão Série A
26/01/2021, 20:00 horas, Mineirão
Transmissão: Premiere
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José

Semana muito importante mesmo, um preparando para ser campeão das americas e o outro, pra ver se pega a segundona da liberta. Vamos comemorar bodas de ouro?

Duval Emilio

Esse jogo tem tudo para ser uma pelada daquelas.

Silva Silva Silva

Ficarem de fora o dylan e o Igor Rabelo nao é desfalque e sim melhor para o galo, pois sao ruins.