Cruzeiro | Veja detalhes descritos na súmula da partida sobre as expulsões de William Pottker e Giovanni Piccolomo

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Na noite desta sexta, o Cruzeiro venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0 e espantou, de vez, o risco de cair para a Série C. Porém, o resultado positivo nem foi o ponto mais comentado após o apito final. O nervosismo dos atletas da Raposa foi bem perceptível e estas reações nervosas acarretaram em expulsões de jogadores titulares: William Pottker e Giovanni Piccolomo.

Durante a transmissão, a equipe do Premiere, canal da TV Globo, tentou captar o máximo de detalhes sobre os dois cartões amarelos, porém não é possível ter a certeza sobre o fato até o árbitro da partida, Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS), detalhar na súmula oficial. E o documento oficial foi disponibilizado no início da madrugada de sábado, 09, no site oficial da CBF – confira aqui. 

Por isso, o Blog traz os detalhes disponibilizados na súmula, a fim de deixar claro o porquê dos dois titulares serem expulsos. Leia, comente e compartilhe com os amigos!

William Pottker

O atacante chegou a incrível marca de 10 jogos, 2 gols e 10 cartões recebidos: são 8 cartões amarelos e 4 destes foram em duas partidas, acarretando dois cartões vermelhos. Na primeira expulsão, William Pottker foi punido por uma cotovelada – que não chegou a tocar no adversário. Desta vez, o camisa 11 foi expulso unicamente pelo seu comportamento.

Detalhes sobre os cartões de William de Oliveira Pottker. Fonte: súmula oficial da partida.

Como descrito acima, William Pottker recebeu o 1º cartão amarelo, no minuto 4 da 2ª etapa, após retardar o reinício do jogo chutando a bola para longe. Esta ação aconteceu depois do atacante cometer a falta e o desejo de Pottker, certamente, foi ganhar tempo, já que o Cruzeiro estava com vantagem. O árbitro, prontamente, deu a advertência para o jogador.

Dois minutos depois, aos 6, William de Oliveira Pottker recebeu o 2º cartão amarelo e, consequentemente, o cartão vermelho. Segundo Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS), juiz da partida, o camisa 11 cruzeirense reclamou de forma grosseira ao dizer, diretamente à arbitragem, que eles eram muito ruins, repetindo isso outras duas vezes.

Era para Pottker receber o segundo cartão amarelo? Deixe a sua opinião!

Giovanni Piccolomo

O caso de Giovanni é ainda mais curioso. O meio-campista teve apenas a sua segunda chance como titular da Raposa por causa dos seus problemas físicos. Este desgaste fez Felipão o substituir no intervalo. Jadsom Silva entrou no lugar de Giovanni e atuou durante toda a 2ª etapa. No entanto, mesmo no banco de reservas, após ser substituído, Giovanni Piccolomo foi expulso diretamente – o primeiro cartão vermelho direto do Cruzeiro na Série B. 

Detalhes sobre os cartões de Giovanni Piccolomo. Fonte: súmula oficial da partida.

Como descrito acima, Giovanni Piccolomo foi expulso no banco de suplentes aos 15 da 2ª etapa, nove minutos após o árbitro dar cartão vermelho para William Pottker. Segundo ojuiz Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS), o 4° árbitro Paulo José Souza Mourão (MA) o informou sobre as reclamações grosseiras de Giovanni Piccolomo e o juiz foi, imediatamente, no banco de reservas e expulsou o camisa 94.

Segundo detalhes da súmula, a fala de Giovanni conteve vários xingamentos pesados e injustificáveis e terminou com a alegação de que “ali” não se tratava de categoria de base, insinuando que o árbitro estava tratando os atletas como jogadores inexperientes.

Uma curiosidade dos detalhes da expulsão de Giovanni é que, no término, o árbitro diz que o jogador deixou o banco de reservas normalmente e se dirigiu ao vestiário. Porém foi possível ver nas imagens do Premiere, canal que transmitiu a partida, que Giovanni foi à arquibancada diretamente e não para os vestiários.

O árbitro não viu ou apenas ignorou a atitude equivocada de Giovanni após ter sido expulso? E você achou justa a expulsão de Giovanni Piccolomo? Deixe a sua opinião!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.