América | Mandante na volta após empate? Veja o histórico da Copa do Brasil nesta situação e as boas chances do Coelho

Foto: Estevão Germano / América

O lugar perfeito para um supersticioso analisar futebol é vendo o histórico de determinada fase da competição. E, desta vez, quem tem os dados e curiosidades ao lado é o América. O Coelho tem boas chances após empatar como visitante e ser o dono da casa no jogo decisivo. São fatos, números e o América deseja manter estas estatísticas positivas para chegar na final. Para isso, basta dar continuidade à maioria dos fatos.

Nesta quarta, 30, o América enfrenta o Palmeiras no Independência, às 21:30, em jogo válido pela 2ª partida da semifinal da Copa do Brasil de 2020. No primeiro jogo, Ademir e Gustavo Gómez definiram o empate em 1 a 1. Como a Copa do Brasil não usa a regra do gol fora de casa, qualquer empate nesta noite leva a partida para as penalidades máximas. Quem vencer é finalista da Copa do Brasil.

E para classificar à final da competição de mata-mata mais tradicional e rica do Brasil, o América quer seguir surpreendendo. O time mineiro já eliminou Corinthians e Internacional nesta edição e almeja bater mais um grande time. E para isso, o Coelho tem os dados ao seu lado.

Os números curiosos

O primeiro jogo da disputa pela vaga na final terminou empatado em 1 a 1, ou seja, quem vencer se torna um finalista da Copa do Brasil 2020. E, como mandante, o América deseja usar a força do Independência mais uma vez. E os números não mentem: quando há empate na primeira partida das semifinais da Copa do Brasil, o mandante da volta tem grandes chances de ser finalista.

A Copa do Brasil está na sua 32ª edição e esta é a 16ª vez que há um empate no jogo de ida na semifinal. Nas 15 oportunidades anteriores, em que os times ficaram em um placar igual no primeiro jogo, o mandante se classificou 10 vezes, ou seja, em 66,7% das vezes que houve empate no jogo da ida, o dono da casa se tornou finalista. Com isso, o América tem mais chances de chegar ao grande objetivo. 

E nestas 15 vezes em que houve empate no primeiro jogo, 7 destes empates foram em 1 a 1, placar da última quarta. Nestes 7 placares em 1 a 1, o mandante se classificou 5 vezes, tendo assim 71,4% de aproveitamento. As chances do América são ainda maiores, baseado no histórico da competição.

E depois de passar, o título fica ainda mais possível? Dentre as 10 equipes que se classificaram em casa após empatar no 1º jogo como visitante, 5 vezes o time ergueu a taça de campeão e outras 5 oportunidades ficou com o vice-campeonato, isto é, 50% de chance para ser campeão e 50% para ser vice.

O histórico é positivo para o América chegar na final e equilibrado na decisão, porém, é importante ressaltar que apenas uma classificação para final já seria algo ainda mais emblemático, incrível e financeiramente especial para a campanha do Coelho.

Para o lado palmeirense, o Blog traz uma boa estatística: dentre as cinco únicas vezes em que um time empatou em casa e se classificou fora na semifinal de Copa do Brasil, uma destas vezes foi o Palmeiras. Na Copa do Brasil de 1998, o Verdão empatou em casa, se classificou na casa do Santos e se sagrou campeão. O palmeirense deseja que este fato se repita.

As partidas detalhadas

Abaixo está a lista de todas as semifinais da Copa do Brasil (1989-2019) onde houve empate no primeiro jogo.

  • Copa do Brasil de 1989: empate por 2 a 2 entre Flamengo e Grêmio no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Grêmio, mandante da partida, venceu por 6 a 1 e chegou na final. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 1991: empate por 1 a 1 entre Coritiba e Grêmio no 1º jogo, em Curitiba. Na volta, o Grêmio, mandante da partida, venceu por 1 a 0 e chegou na final. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 1994: empate por 0 a 0 entre Vasco e Grêmio no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Grêmio, mandante da partida, venceu por 2 a 1 e chegou na final. Foi campeão
  • Copa do Brasil de 1994: empate por 0 a 0 entre Ceará e Linhares no 1º jogo, em Fortaleza. Na volta, o Ceará, visitante da partida, venceu por 1 a 0 e chegou na final. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 1996: empate por 1 a 1 entre Flamengo e Cruzeiro no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Cruzeiro, mandante da partida, empatou por 0 a 0 e chegou na final – por causa do gol fora de casa. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 1998: empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Santos no 1º jogo, em São Paulo. Na volta, o Palmeiras, visitante da partida, empatou por 2 a 2 e chegou na final – por causa do gol fora de casa. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 1999: empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Botafogo no 1º jogo, em São Paulo. Na volta, o Botafogo, mandante da partida, empatou por 1 a 1 e chegou na final – por causa das disputas de pênaltis. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 1999: empate por 0 a 0 entre Juventude e Internacional no 1º jogo, no Rio Grande do Sul. Na volta, o Juventude, visitante da partida, venceu por 4 a 0 e chegou na final. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 2005: empate por 2 a 2 entre Fluminense e Ceará no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Fluminense, visitante da partida, venceu por 4 a 1 e chegou na final. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 2006: empate por 1 a 1 entre Ipatinga e Flamengo no 1º jogo, em Minas Gerais. Na volta, o Flamengo, mandante da partida, venceu por 2 a 1 e chegou na final. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 2009: empate por 1 a 1 entre Vasco e Corinthians no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Corinthians, mandante da partida, empatou por 0 a 0 e chegou na final – por causa do gol fora de casa. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 2011: empate por 1 a 1 entre Vasco e Avaí no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Vasco, visitante da partida, venceu por 2 a 0 e chegou na final. Foi campeão.
  • Copa do Brasil de 2011: empate por 0 a 0 entre Ceará e Coritiba no 1º jogo, em Fortaleza. Na volta, o Coritiba, mandante da partida, venceu por 1 a 0 e chegou na final. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 2017: empate por 0 a 0 entre Botafogo e Flamengo no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Flamengo, mandante da partida, venceu por 1 a 0 e chegou na final. Foi vice-campeão.
  • Copa do Brasil de 2018: empate por 0 a 0 entre Flamengo e Corinthians no 1º jogo, no Rio de Janeiro. Na volta, o Corinthians, mandante da partida, venceu por 2 a 1 e chegou na final. Foi vice-campeão.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.