Por que o Atlético terá apenas um jogo em um intervalo de 26 dias?

Certamente Sampaoli não ficará nada satisfeito com essa possível quebra de ritmo. Fotos: Bruno Cantini / Atlético

O atleticano terá somente um jogo do seu time do coração para acompanhar em um longo intervalo de 26 dias. O Atlético enfrentou o São Paulo em 16 de dezembro, fará uma partida contra o Coritiba no dia 26 do mesmo mês e só atuará novamente em 11 de janeiro, frente ao Red Bull Bragantino, já em 2021. A razão é que o Santos, rival que seria enfrentado em 07 de janeiro, jogará a semifinal da Libertadores no dia 06 e a partida contra o Atlético foi adiada para o fim do mês. 

Entre o dia seguinte da partida contra o São Paulo – 17/12 – e a data do jogo contra o Red Bull Bragantino – 11/01 – acontecerá somente um jogo do Atlético, mesmo estando em um intervalo de 26 dias. Isso, certamente, será prejudicial ao ritmo do elenco atleticano e Sampaoli terá muito trabalho para manter a pegada durante tantos treinamentos. O único ponto positivo é que esse intervalo pode facilitar a volta de jogadores lesionados e daqueles que estão com o físico debilitado. 

A partida do dia 07/01 foi corretamente adiada, porém a nova data levantou reclamações e desagradou as torcidas de Atlético e Santos. O jogo será realizado no dia 27/01 e será apenas três dias antes da possível final da Libertadores que a equipe da Vila pode estar disputando. O time santista teria menos tempo para se preparar para o jogo mais importante do ano, caso chegue na final.

Já pelo lado atleticano, a reclamação é pelo longo espaço de tempo entre as partidas, a possível queda de ritmo e por muita folga no início no mês e calendário apertado no fim de janeiro. O Atlético deve enfrentar o Vasco no final de semana no dia 24*, o Santos no dia 27/01 e o Fortaleza no final de semana do dia 31*, ou seja, seriam três jogos em oito dias enquanto o início do ano seria marcado por um enorme intervalo com somente uma partida.

A CBF se complica com escolhas equivocadas que, teoricamente, seriam básicas. O equilíbrio da folga – remanejando o jogo para o dia 03/01 – seria o melhor caminho, porém a entidade máxima não enxerga isso. Quem paga são os clubes que seguirão sendo subservientes à confederação. O Atlético entrará em campo apenas uma vez em 26 dias e depois deve entrar em campo três vezes em oito dias. A CBF deve achar normal. Uma pena para o futebol brasileiro essa desorganização.

*As datas das partidas contra Vasco e Fortaleza ainda não foram definidas, porém as rodadas estão marcadas para estes finais de semana, segundo o calendário da CBF.

Entenda como ficarão os jogos do Atlético em dezembro e janeiro

  • Em 16/12, o Atlético enfrentou o São Paulo, fora de casa.
  • Em 26/12, o Galo duelará com o Coritiba, às 17 horas, em casa. Será a única partida em meio ao intervalo de 26 dias.
  • Em 11/01, o Atlético enfrentará o Red Bull Bragantino, às 20:00, fora de casa.
  • No final de semana do dia 17, o Galo duelará com o Atlético-GO, em casa.**
  • No meio da semana seguinte, no dia 20, o Atlético enfrentará o Grêmio, fora de casa.**
  • No final de semana do dia 24, o Galo duelará com o Vasco, fora de casa.**
  • Em 27/01, o Atlético enfrentará o Santos, às 19:15, em casa.
  • No final de semana do dia 31, o Galo duelará com o Fortaleza, em casa.**
** As datas e os horários destas partidas serão divulgadas em breve pela CBF, mas as prováveis datas são essas, baseado no calendário oficial da própria confederação.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários