Tardelli? Luciano? Confira o pré-jogo da grande partida desta noite: Atlético e São Paulo no Morumbi

Fotos: Pedro Souza / Atlético

Uma partida decisiva. O encontro dos líderes do Brasileirão. Duas equipes que buscam ter a posse da bola para construir boas jogadas. E uma certeza: será um grande jogo. Em clima de final, Atlético e São Paulo se encontram nesta noite. Por um lado, o atleticano pode estar se perguntando: Tardelli joga? O artilheiro foi liberado pelo Departamento Médico, porém ainda terá que recuperar a forma física e sequer viajou para a capital paulista. Já pelo lado são-paulino, Luciano é o grande desfalque. O atacante, que estava em grande fase, se lesionou na última partida e foi vetado do duelo desta noite. 

Nesta quarta, 16, o Atlético visita o São Paulo, às 21:30. O jogo no Morumbi é válido pela 26ª rodada da Série A. No primeiro turno, em um jogo cheio de polêmicas e com uma boa atuação atleticana, o Galo de Sampaoli bateu o Tricolor de Diniz por 3 a 0, com direito a dois gols de Alan Franco e um tento de Jair.

A tabela

O confronto direto desta quarta marca o encontro entre dois grandes favoritos ao título. O São Paulo é líder, conquistou 50 pontos e perdeu apenas três vezes na competição – além do Atlético, Vasco e Corinthians venceram o time de Fernando Diniz. Já o Atlético tem 46 pontos – 4 atrás da liderança são-paulina – e deseja seguir melhorando os seus números fora de casa.

A importância do duelo passa pelas possibilidades de distância. Em caso de vitória do Tricolor Paulista, o São Paulo abre sete pontos para o Atlético, além da moral de vencer este jogo tão importante. Se o Galo triunfar, o time mineiro, mais uma vez, colará na liderança, visto que ficará apenas um ponto atrás da equipe paulista.

Em caso de empate, o maior beneficiado será o Flamengo, já que a equipe carioca está com 45 pontos e com um jogo a menos, ou seja, se empatar, o Atlético alcança os 47 tentos e o São Paulo chega em 51 pontos. Com duas partidas a fazer – enfrenta o Bahia no próximo domingo, 20, mas a partida adiada contra o Grêmio só será realizada em 27 de janeiro – o time rubro-negro poderia assumir a liderança. 

O momento

O Atlético vive um grande momento. O time de Sampaoli está retomando a confiança e é dono da melhor campanha no returno: são seis partidas, onde o Galo venceu quatro jogos e empatou duas vezes. Na última rodada, a equipe de Belo Horizonte venceu o Athletico-PR, em Curitiba, por 1 a 0, graças ao primeiro gol de Eduardo Vargas com a camisa alvinegra. Com isso, o Galo busca, neste confronto frente ao São Paulo, a primeira dobradinha fora de casa – duas vitórias consecutivas longe de Minas Gerais. 

Pelo lado paulista, o momento era bom, mas o tropeço da última rodada deve ter ligado um sinal de alerta, visto o desempenho ruim do Tricolor. O time de Diniz perdeu para o Corinthians por 1 a 0 – gol de Otero, atleta que ainda pertence ao Atlético. Além disso, o São Paulo tem semifinais na próxima semana e, se for derrotado nesta noite, pode entrar em uma leve crise. A equipe estava em ótima fase antes da derrota para o Timão: havia vencido quatro jogos consecutivos e estava há praticamente um turno invicto. Porém, Otero não deixou a boa sequência continuar. O Atlético dará continuidade neste “mau” momento são-paulino?

Os números

Alguns números desta partida chamam a atenção: o São Paulo está invicto em casa – 2º melhor mandante, atrás apenas do Galo – e sofreu somente seis gols no Morumbi, enquanto o Galo melhorou seus números longe de Belo Horizonte e já é o 5º melhor visitante do Brasileirão. 

O time mineiro é dono do melhor ataque, com 44 gols, e o Tricolor Paulista tem o 2º melhor ataque, com 42 gols, ou seja, promessa de muitas bolas nas redes. Por outro lado, o São Paulo tem a 2ª defesa menos vazada, com apenas 21 gols sofridos, e Vargas, Keno e Savarino não terão vida fácil. 

Na área técnica, o confronto reserva um duelo entre amantes da posse da bola: Fernando Diniz e Jorge Sampaoli. Os dois treinadores se respeitam muito e o técnico atleticano tem um desempenho muito bom contra o rival: são duas vitórias de Sampaoli e um empate, nos únicos três confrontos.

No retrospecto geral, o histórico é bem equilibrado, com ligeira superioridade do São Paulo. Em 100 jogos, o Atlético venceu 34 vezes, houve empate em 31 oportunidades e o Tricolor saiu vitorioso em 35 partidas. Porém, o desempenho recente é melhor para os atleticanos. Nos últimos dez confrontos, o Galo venceu seis, empatou dois e perdeu outros dois jogos. Já na capital paulista, o Atlético bateu o São Paulo em duas das últimas quatro partidas.

A escalação

O Atlético vive um bom momento e terá praticamente todo o elenco à disposição, podendo assim repetir a última escalação. Réver está suspenso pelo 3º cartão amarelo. Dylan está na Seleção Sub-20. Diego Tardelli foi liberado pelo DM, mas precisa aprimorar a parte física. Jair segue lesionado. Estes são os únicos desfalques atleticanos para o importante duelo desta noite. 

A grande dúvida persiste no meio-campo atleticano, já que o Galo tem várias opções para as funções. Allan, certamente, será o volante à frente da defesa. Hyoran e Zaracho podem ser os outros dois meio-campistas, como na última partida, no entanto a presença de Nathan, Alan Franco e, até mesmo, de Eduardo Sasha no banco de reserva pode fazer com que Jorge Sampaoli faça alterações. 

O restante do time deve ser semelhante à equipe que venceu o Athletico-PR. Gabriel, em bom momento, deve seguir ao lado de Junior Alonso.

Provável escalação: Éverson; Guga, Gabriel, Alonso, Arana; Allan, Zaracho (Alan Franco), Hyoran (Nathan ou Sasha); Savarino, Vargas, Keno. Técnico: Sampaoli.

Sobre o adversário

Desde o primeiro encontro, no início de setembro, o São Paulo passou por diversas mudanças. Entretanto, ao manter Fernando Diniz, a direção são-paulina deu sequência a um bom projeto e está colhendo os frutos, visto que a equipe irá lutar pelo título do Brasileirão até as rodadas finais e está nas semifinais da Copa do Brasil. 

A grande baixa do Tricolor é a lesão de Luciano. O atacante teve uma lesão muscular no último jogo, contra o seu ex-time, Corinthians. Um pequeno estiramento no adutor da coxa esquerda fará Luciano perder um dos grandes jogos da temporada. No seu lugar, Fernando Diniz deve optar pela entrada de Pablo, 3º artilheiro do time na temporada, com 11 gols, mas que não vive uma grande fase.

Em relação ao time do 1º turno, Diniz promoveu várias alterações no time, buscando melhorar o desempenho da sua equip. Apenas Volpi, Gabriel Sara e Pablo foram titulares na primeira partida entre Atlético e São Paulo e devem jogar novamente. Por exemplo, Brenner entrou naquela partida no 2º tempo e pouco fez. Após aquele jogo, o atacante participou de 22 gols pelo São Paulo, em todas as competições, e vive um grande momento. 

Provável escalação: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda, Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves, Igor Gomes; Pablo, Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

São Paulo x Atlético
26ª rodada do Brasileirão Série A
16/12/2020, 21:30 horas, Morumbi
Transmissão: Globo e Premiere
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.