Sampaoli é absolvido pelo STJD e estará na decisão desta quarta contra o São Paulo

Foto: Bruno Cantini / Atlético

A manhã desta terça, 15, ficou marcada por um julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva sobre o comportamento do treinador Jorge Sampaoli e o analista de desempenho Diogo Alves. O STJD decidiu por absolver os membros da comissão técnica atleticana por 3 votos a 2.

Portanto, Sampaoli estará em campo nas próximas partidas, incluindo o jogo contra o São Paulo, o confronto dos líderes nesta quarta, 16. A Procuradoria irá recorrer da decisão.

Entenda a história

Jorge Sampaoli e Diogo Alves foram julgados nesta terça, 15, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o famoso STJD. O treinador e o analista de desempenho foram investigados por causa do acontecimento na partida contra o Flamengo, onde o suspenso Sampaoli, supostamente, estava conversando no telefone com Diogo Alves, que estava no banco.

Além do uso do telefone, a questão era a presença do técnico no estádio, visto que pessoas que cumprem suspensão não podem estar no campo de jogo, segundo o protocolo atual da CBF devido a pandemia. A punição poderia ser de 100 a 100 mil reais para o clube e de um a seis jogos de suspensão para Sampaoli e Diogo, porém eles foram absolvidos.

A curiosidade é que, na partida contra o Red Bull Bragantino, Sampaoli também esteve no Mineirão mesmo suspenso e o STJD não julgou. Com a decisão, o treinador se livrou, até então, de uma punição que atrapalharia as suas presenças em campo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.