Curtas | Apoiado de Wagner Pires vence eleição, Benecy nos holofotes, testes de COVID-19 no Galo, caso Thiago Neves e muito mais. Resumo semanal de Cruzeiro e Atlético

Fotos: Gustavo Aleixo / Cruzeiro e Reprodução Lance e IstoÉ

O blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixam o torcedor atualizado sobre Cruzeiro e Atlético.

Cruzeiro

Venceu o clássico

Na última quarta-feira, 02, Minas Gerais completou 300 anos. No aniversário do estado, um clássico coroou a noite dos mineiros apaixonados por futebol. E no clássico, o Cruzeiro venceu. O placar de 2 a 1 sobre o América foi construído com gols de Rafael Sobis e Manoel. Porém, mesmo com uma atuação segura, o triunfo cruzeirense ficou marcado por polêmicas de arbitragem. 

Jogar no Independência?

O grande problema esportivo da temporada cruzeirense é o desempenho em casa. Na Série B, o Cruzeiro tropeçou em nove de treze partidas disputadas. Com isso, a Raposa é o 4º pior mandante, estando à frente apenas das equipes que estão no Z-4. Por isso, o blog trouxe à tona uma dúvida: o problema é o Mineirão? Para tentar dar conteúdo às respostas dos torcedores, apuramos dados do Cruzeiro no Independência como mandante. Veja e deixe a sua opinião!

6 a 2 contra Pelé

Um dos maiores jogos da história do Cruzeiro e do Mineirão aconteceu em 30 de novembro de 1966. A Raposa de Tostão e Dirceu Lopes goleou o Santos de Pelé por 6 a 2 e deu um grande passo para conquistar a Taça Brasil de 1966. Certamente, foi uma das derrotas mais dolorosas de Pelé, o rei do futebol. Confira a história da partida e veja os gols!

Renovação de Fábio

Em entrevista à Rádio Super, Sérgio Santos Rodrigues afirmou que a renovação de Fábio deve acontecer nos próximos dias. O ídolo cruzeirense tem contrato até 31 de dezembro e renovará, pelo menos, até o final desta temporada. Segundo o presidente, o goleiro estará presente no Centenário, comemorado no dia 02 de janeiro de 2021. Além disso, Sérgio disse que Fábio chegará aos 1000 jogos, porém essa meta é audaciosa, visto que ele tem 40 anos e 908 partidas, ou seja, teria que jogar mais dois anos para chegar neste número emblemático.  

Venda de Claudinho

O presidente Sérgio Santos Rodrigues disse, no programa Donos da Bola, que recusou uma proposta de 15 milhões de reais por Claudinho. Segundo ele, foi oferecido cinco vezes o valor pago pelo jovem atleta – ele foi contratado por 3 milhões de reais – porém o Cruzeiro recusou, visto que a diretoria acredita que ele possa evoluir e ajudar a Raposa. É importante destacar que o atleta não está sendo utilizado: nos últimos três meses – desde o início de setembro – Claudinho atuou em cinco partidas.

Novo Cruzeiro?

Um fato na última segunda, 30, indignou boa parte da torcida cruzeirense. Nagib Simões foi eleito para o Conselho Deliberativo e ficará no comando no próximo triênio (2021 – 2023). O empresário recebeu 149 votos, enquanto seu concorrente, Giovanni Baroni, foi votado 125 vezes. O problema, pela ótica de alguns cruzeirenses, é que Nagib é apoiado por Wagner Pires de Sá, presidente que está sendo investigado por diversos crimes dentro do Cruzeiro. Por exemplo, em agosto de 2019, Nagib Simões assinou um documento, descartando irregularidades na gestão de Wagner Pires de Sá e demais companheiros. Este é o novo Cruzeiro?

Denúncia de Léo Portela

O ex-superintendente de Relações Institucionais e Governamentais do Cruzeiro, o deputado estadual Léo Portela (PL) fez uma denúncia na última terça, 01, no canal do YouTube “Somos Gigantes”. Segundo Léo, Benecy Queiroz, supervisor administrativo do clube, está envolvido em irregularidades e desvio de material esportivo. O deputado ainda ressaltou que tem “provas robustas” destes atos prejudiciais ao Cruzeiro e que investigou isso enquanto estava trabalhando na Raposa, porém foi retirado do caso ao encontrar esses detalhes. Léo Portela afirmou que, ao descobrir o envolvimento de Benecy, entregou esta investigação à diretoria, porém nada aconteceu. Benecy Queiroz disse que irá acionar criminalmente Portela por causa das acusações. Já o Cruzeiro divulgou uma nota oficial alegando que investigou o caso, mas não foram encontradas provas. 

Felipão elogiando Benecy

Após vencer o América, Luiz Felipe Scolari foi para a tradicional entrevista coletiva e falou sobre a partida. Ao ser indagado sobre a vitória, Felipão falou sobre a formação utilizada e fez questão de mencionar que a vitória foi para Benecy Queiroz, que havia sido alvo de Léo Portela no dia anterior. Segundo Felipão, Benecy é uma lenda, uma pessoa maravilhosa e o representante do Cruzeiro, por isso a vitória foi para ele.

Atlético

Semana folgada e notícia ruim

O Atlético não atuou nesta semana. A última partida foi contra o Botafogo, no dia 25 de novembro. Esta semana de folga possibilitou o retorno de vários jogadores e comissão técnica, além de poder treinar novas ideias de Sampaoli. No entanto, o atleticano uma notícia ruim nesta quinta, 03. O São Paulo venceu o Goiás por 3 a 0, fora de casa, e assumiu a liderança. Com dois pontos de vantagem e um jogo a menos, o tricolor paulista é um dos grandes candidatos ao título, juntamente com o Atlético. 

O queridinho de Sampaoli

Eduardo Sasha não é unanimidade entre os torcedores, contudo ele segue sendo titular da equipe atleticana. Desde que chegou, o camisa 18 participou de todos os jogos, praticamente todos como titular, e nas últimas cinco partidas marcou três gols. Porém, a função de Sasha vai muito além de balançar as redes ou dar assistência. O Olhar tático desta semana tentou destrinchar a importância de Eduardo Sasha. Veja!

A balada desnecessária

O assunto desta semana sem partidas no Atlético foram as fotos e vídeos de alguns jogadores em boates e bares em BH. Marrony e Dylan foram cobrados veementemente pela Galoucura, torcida organizada. Já Vargas e Allan foram flagrados em um bar, porém apenas fotos foram vazadas. Obviamente, todos os jogadores podem ter vida social, mas é necessário ressaltar que estamos em uma pandemia, onde devemos evitar aglomerações desnecessárias. Segundo o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, o assunto foi tratado internamente. 

Reforços atleticanos

O Atlético terá mais do que um time de reforços para a partida deste final de semana. De todos os jogadores que contraíram o coronavírus, apenas Rafael não retornou aos treinamentos, visto que ele foi diagnosticado no último dia 26. Com isso, o Galo terá 12 reforços: Éverson, Victor, Guga, Réver, Gabriel, Allan, Jair, Franco, Vargas retornaram do isolamento, enquanto Arana e Borrero cumpriram suspensão. Além disso, Mariano volta após 20 dias no DM.

Testes de COVID-19

Na quinta, 03, o Atlético fez o último teste da COVID-19 antes da partida contra o Internacional, que acontecerá no domingo, 06, às 18:15, no Mineirão. O resultado saiu nesta sexta, 04, e todos os testes deram negativo, ou seja, o Atlético terá praticamente time completo. As únicas baixas são Rafael, com COVID-19, Savarino e Alonso, ambos suspensos pelo terceiro amarelo e Diego Tardelli, que deve retornar no final do mês. 

Caso Thiago Neves

Em 15 de setembro, Thiago Neves reivindicou 20 milhões do Atlético, por causa da quebra de um possível contrato assinado. O atleta chegou a estar negociado com o Galo, porém a diretoria recuou após a repercussão negativa entre os torcedores. Com isso, o meio-campista, que atualmente está no Sport, alegou que deveria receber este alto valor pela “rescisão”. Na época, o Atlético disse, em uma contranotificação, que não havia assinado o contrato e rechaçou qualquer possibilidade de pagamento destes 20 milhões. Com isso, Thiago Neves não protocolou nenhum processo contra o Atlético e, até então, não há envolvimento judicial neste caso, ou seja, o Atlético não terá que pagar nada ao atleta, pois ele não tomou as medidas. Um caso praticamente encerrado e esquecido. 

Conselho aprovou o orçamento de 2021

Na última segunda, 30, o Conselho Deliberativo do Atlético aprovou o orçamento do próximo ano e a previsão é que haja 5 milhões de superávit. Menos do que 100 conselheiros foram à reunião, visto que estamos em época de pandemia, mesmo assim, o orçamento foi aprovado com tranquilidade. Neste planejamento, o Atlético prevê 401 milhões de receita, sendo 120 milhões em venda de jogadores, isto é, alguns nomes do elenco do Atlético podem ser negociados no próximo ano. 

A base está “voando”

O time sub-20 do Atlético está liderando o Brasileirão e encantando os torcedores. A geração de bons nomes, com destaque para Guilherme Santos e Giovani Albuquerque, vem rendendo bons resultados para o Galo: são 10 vitórias, 4 empates e só 2 derrotas em 16 partidas no Campeonato Brasileiro sub-20. Com a liderança e com a boa vitória sobre o Internacional nesta quinta, 03, o Atlético se garantiu nas quartas de finais do Brasileirão da categoria.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.