Com desfalques e possível estreia, Atlético duela com o Corinthians em São Paulo

Reprodução Twitter

Foi uma semana tranquila para o atleticano. Depois de alguns dias de turbulências, por tropeços indesejados, o Atlético voltou a boa fase após bater o Flamengo por 4 a 0 no último domingo, 08. Um resultado gigante, uma atuação perfeita e a recuperação da confiança para o time de Jorge Sampaoli. O próximo adversário é outro time de muita torcida no Brasil e o Galo deseja mais três pontos.

O Atlético enfrenta o Corinthians neste sábado, 14, às 19 horas, na Neo Química Arena, casa do Timão. O Galo é o vice-líder e tem o melhor ataque da competição, enquanto a equipe paulista está em 11º e tem a 4ª pior defesa do Brasileirão.

Caso triunfe fora de casa, o Atlético poderá assumir a liderança. Se o Colorado não vencer o Santos neste sábado, às 16:30, o Galo pode voltar à liderança nesta noite. Porém, mesmo se o favorito time gaúcho bater o desfalcado time da Vila, o Atlético pode assumir a 1ª posição no meio de semana, já que irá repor o jogo adiado contra o Athletico-PR nesta quarta, 18. 

Portanto, vencer o Corinthians neste sábado é importantíssimo para as pretensões atleticanas. Se for derrotado, o Atlético pode ser ultrapassado por Flamengo e São Paulo. Em caso de empate, apenas o time carioca poderá roubar a posição do Galo. 

Já o Corinthians deseja seguir se recuperando e distanciando-se da parte debaixo da tabela. Mesmo estando em 11º, o Timão tem somente cinco pontos de vantagem para a zona de rebaixamento, além de ter jogos a mais. Por isso, vencer o Atlético de Sampaoli daria moral aos comandados de Vagner Mancini.

O retrospecto é favorável ao Corinthians. Na história são 102 jogos, onde o Atlético venceu 34 partidas, empatou 28 vezes e saiu de campo derrotado pelo Corinthians em 40 oportunidades. Na Neo Química Arena, o Galo nunca venceu. O último triunfo sobre o Timão em solo paulista aconteceu em 2013, no Pacaembu, na véspera da final da Libertadores conquistada pelo Atlético. 

No primeiro turno, o jogo entre Atlético e Corinthians foi muito bom, com uma incrível virada atleticana. O Timão abriu 2 a 0, com brilho de Jô, ídolo das duas torcidas, porém o Galo virou em um espaço de nove minutos, com direito a dois gols de Hyoran e um belo tento de Nathan. O Atlético também enfrentou o treinador Vagner Mancini neste Brasileirão, quando o ex-técnico atleticano estava no Atlético-GO. O placar foi 4 a 3 para o Galo, em outro grande jogo, que contou com brilho de Keno.  

A partida reúne dois grandes clubes do futebol brasileiro, entretanto com elencos distintos. O Atlético tem um plantel superior e é favorito mesmo estando desfalcado e longe de casa. O time de Sampaoli não contará com Alan Franco, Savarino e Alonso por causa da data FIFA. Já Jair e Mariano tiveram lesões musculares e ficaram em Belo Horizonte.

Com estes desfalques, o Atlético deve contar com a estreia do seu camisa 10. Eduardo Vargas, que chegou dizendo que deseja ser o protagonista atleticano, foi relacionado e deve ser titular contra o Corinthians. Ele entrará na vaga de Savarino, mas não necessariamente na sua posição. Como o ataque deve contar também com Keno e Sasha, Sampaoli pode optar por centralizar Vargas e abrir Sasha, ou até mesmo, revezar estes posicionamentos durante a partida.

Jair e Franco farão falta ao meio-campo atleticano. Os dois bons meio-campistas devem ser substituídos por Nathan e Zaracho, já que é imaginado que Sampaoli irá retornar ao tradicional esquema 4-3-3. Zaracho vem empolgado após marcar o seu 1º gol pelo Atlético na goleada frente o Flamengo e Nathan, após se curar de um edema na coxa, busca recuperar o bom momento. Eles irão fazer companhia a Allan no meio-campo do Galo. 

Já a defesa deve seguir com a mesma base. Igor Rabello, que teve a sua melhor atuação com a camisa alvinegra na partida contra o Flamengo, será o substituto de Alonso e o Atlético retornará a jogar com 4 jogadores na linha de defesa, visto que o Corinthians deve defender e o Galo atacar durante a partida. 

Provável escalação: Éverson; Guga, Igor Rabello, Réver, Arana; Allan, Nathan, Zaracho; Sasha, Vargas, Keno. Técnico: Jorge Sampaoli.

Sobre o adversário

O lado otimista da torcida corinthiana vê a possibilidade de enfrentar mais um candidato ao título em casa e vencer, assim como foi contra o Internacional. O Timão venceu por 1 a 0. Por outro lado, a ala pessimista da Fiel relembra a última partida em casa contra um time forte que joga bem e para frente: 5 a 1 para o Flamengo, dentro da Neo Química Arena. O atropelo flamenguista é o que o atleticano deseja, enquanto o corinthiano deseja uma vitória “magrinha” como foi sobre o Inter.

Na última partida, os comandados de Vagner Mancini empataram com o Atlético-GO por 1 a 1, em um jogo bem ruim. A fase do Corinthians é preocupante pelo nível de atuação e pelos tropeços recentes, como a eliminação para o América, rival do Atlético, onde o Coelho mereceu a classificação, mesmo com um elenco bem mais modesto. Além disso, o Corinthians busca melhorar o desempenho em casa. O Timão é o 6º pior mandante, além de vencer apenas duas partidas desde que o seu estádio foi batizado de Neo Química Arena.

Na escalação, Vagner Mancini será forçado a fazer várias mudanças. No total são 13 desfalques e nenhum dos cinco ex-atleticanos que estão no Corinthians poderão jogar. Assim como Matheus Vital, Jô testou positivo para a COVID-19. Fábio Santos não jogará por uma cláusula contratual que o Atlético impôs. Cazares e Jemerson não tem condições físicas e Otero está na Seleção Venezuelana. Xavier é outro desfalque importante, já que está suspenso.

Provável escalação: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Piton; Gabriel, Cantillo; Ramiro, Luan (Éderson), Everaldo; Davó. Técnico: Vagner Mancini.

Corinthians x Atlético
21ª rodada do Brasileirão Série A
14/11/2020, 19:00 horas, Neo Química Arena
Transmissão: Premiere
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC). 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.