Pronto para estrear, Vargas busca feito que apenas um reforço atleticano de 2020 conseguiu

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Esta quarta, 11, foi marcada pela apresentação de Eduardo Vargas. O novo camisa 10 atleticano vestiu o manto alvinegro, concedeu uma curta, contudo, boa entrevista coletiva, onde ressaltou a importância de Jorge Sampaoli na sua carreira, destacou a sua vontade de se tornar o protagonista do Galo e afirmou estar disponível para já jogar os 90 minutos.  

Entrevista de apresentação de Eduardo Vargas na íntegra.

Com isso, Eduardo Vargas deve estrear contra o Corinthians, no próximo sábado, 14, na Neo Química Arena. Já que o Atlético terá o desfalque de Savarino, o novo camisa 10 do Galo deve entrar na vaga do venezuelano, que está servindo a sua seleção, e revezar posição com Eduardo Sasha. 

Desejando se tornar o protagonista da equipe, Vargas certamente deseja iniciar a sua passagem no Atlético marcando gols. O fato curioso é que apenas um reforço de 2020, dentre as 19 contratações, fez gol logo na estreia. E, pelo incrível que pareça, este jogador foi Maílton, que já deixou a equipe atleticana. 

O lateral-direito, que foi emprestado para o Coritiba até o fim do Brasileirão, estreou contra o Tupynambás, no dia 26 de janeiro, e marcou logo no 1º jogo com a camisa alvinegra. Foi o único tento marcado por Maílton.

Eduardo Vargas, com certeza, deseja buscar este feito “raro” em 2020. Marcar um gol contra o Corinthians, fora de casa, em um jogo importante para a sequência da temporada daria muita confiança ao chileno. E um exemplo pode ser usado pelo jogador recém-chegado.

Diego Tardelli ainda não marcou em 2020, já que fez apenas uma partida e depois se lesionou, no entanto, em 2009, no início da sua 1ª passagem, o ídolo atleticano estreou com dois gols em cima do Cruzeiro, em 17 de janeiro de 2009, e já mostrou à massa atleticana que corresponderia. Se Vargas quiser seguir os passos de algum protagonista com a camisa atleticana, Tardelli é um bom exemplo!

Lista de reforços do Atlético em 2020, com data de estreia e data do 1º gol nesta passagem

Rafael estreou em 14/03, contra o Villa Nova, mas ainda não marcou um gol como profissional.
Éverson estreou em 13/09, contra o RB Bragantino. Mesmo não tendo marcado pelo Atlético, Éverson tem 3 gols na carreira. 

Guilherme Arana estreou em 06/02, contra o Unión. Marcou o seu 1º gol no dia 14/03, contra o Villa Nova. 
Maílton estreou em 26/01, contra o Tupynambás, e marcou o seu 1º gol também nesta data.
Mariano reestreou em 05/08, contra o América, mas ainda não marcou pelo Atlético em nenhuma das duas passagens.

Bueno estreou em 09/08, contra o Flamengo, mas ainda não marcou pelo Atlético.
Junior Alonso estreou em 26/07, contra o América, mas ainda não marcou pelo Atlético.

Alan Franco estreou em 26/07, contra o América. Marcou o seu 1º gol em 03/09, contra o São Paulo. 
Allan estreou em 21/01, contra o Uberlândia, mas ainda não marcou pelo Atlético. 
Dylan Borrero estreou em 02/02, contra o Tombense, mas ainda não marcou pelo Atlético. 
Hyoran estreou em 21/01, contra o Uberlândia. Marcou o seu 1º gol em 20/02, contra o Unión-ARG. 
Léo Sena estreou em 26/07, contra o América, mas ainda não marcou pelo Atlético.
Zaracho estreou em 24/10, contra o Sport. Marcou o seu 1º gol em 08/11, contra o Flamengo. 

Diego Tardelli reestreou em 07/03, contra o Cruzeiro. Ainda não marcou nesta 3ª passagem. 
Eduardo Sasha estreou em 22/08, contra o Internacional. Marcou o seu 1º gol em 26/08, contra o Tombense. 
Keno estreou em 29/07, contra o Patrocinense. Marcou o seu 1º gol em 26/08, contra o Tombense.
Marrony estreou em 26/07, contra o América. Marcou o seu 1º gol em 05/08, contra o mesmo América. 
Savarino estreou em 16/02, contra a Caldense. Marcou o seu 1º gol em 14/03, contra o Villa Nova. 
Vargas deve estrear no próximo sábado, 16/11, contra o Corinthians. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.