Melhor mandante contra melhor visitante: Atlético e Flamengo protagonizam o grande jogo da rodada

Foto: Bruno Cantini / Atlético

O jogo da rodada. Atlético de Sampaoli – que está suspenso e não estará na área técnica – e Flamengo de Domènec se enfrentam na noite deste domingo no Mineirão. Além dos grandes elencos e da possibilidade de ver um futebol muito bem jogado, Galo e a equipe rubro-negra protagonizam o maior clássico interestadual, ou seja, rivalidade e bom futebol são garantidos nesta partida.

O Atlético recebe o Flamengo neste domingo, 08, às 18:15, no Mineirão, pela 20ª rodada do Brasileirão 2020. A rodada que marca o início do 2º turno do Brasileirão terá o encontro entre os seus favoritos, em um jogo tradicionalíssimo, visto que existe uma grande história entre as equipes. O blog até relembrou algumas goleadas aplicadas pelo Galo sobre o Flamengo. Confira!

A partida se desenha ainda mais importante por causa da classificação. Ambos os times vêm de derrotas esmagadoras na última rodada e perderam a possibilidade de roubar a liderança do Internacional. O Galo foi derrotado pelo Palmeiras por 3 a 0, fora de casa, enquanto o Flamengo perdeu de 4 a 1 para o São Paulo, no Maracanã. O jogo deste domingo servirá para uma das equipes retomar a confiança, porém os dois times desejam isso. 

O Internacional, líder com 35 pontos, jogará às 16 horas contra o Coritiba, neste domingo, e Atlético e Flamengo entrarão em campo sabendo da possibilidade de assumir ou não a liderança. Mesmo assim, a partida vale demais para as duas equipes.

Se o Galo vencer, o Atlético ultrapassa a equipe rubro-negra e segue colado no Internacional, com uma partida a menos. Em caso de empate, o Galo poderá ser ultrapassado pelo Fluminense e cair para a 4ª posição. Se for derrotado, além de distanciar do próprio Flamengo, o Atlético também poderá perder posições para Fluminense, Santos e São Paulo, o que seria desastroso para as pretensões atleticanas. 

O jogo deste domingo, além de toda a rivalidade e importância, marcará o encontro entre o melhor mandante e o melhor visitante. O Galo fez nove partidas no Mineirão, venceu sete e empatou duas vezes – as duas últimas partidas. Já o Flamengo, venceu seis partidas fora de casa, empatou em duas oportunidades e só saiu derrotado duas vezes.

Outra estatística das equipes que chama a atenção é o poder ofensivo. As equipes são os dois melhores ataques da competição. O Flamengo marcou 33 gols e o Atlético fez 31. Mas as defesas deixam a desejar. Ambos estão com problemas defensivos e a partida desta noite promete muitos gols. 

O retrospecto do confronto no Brasileirão é bem equilibrado. Foram disputados 65 jogos no Brasileirão e cada equipe venceu 25 vezes. Houve também 15 empates, mostrando quão equiparado é este clássico interestadual. Em Minas Gerais, o domínio é todo atleticano. Foram 32 partidas realizadas com o Galo como mandante no Brasileirão e o Flamengo venceu apenas sete jogos.

No 1º turno, o Galo derrotou o Flamengo no Maracanã, graças ao gol contra de Filipe Luís. A partida foi muito boa e houve chances claras para as duas equipes, porém o placar de 1 a 0 deu três pontos para a equipe mineira.

O Galo de Sampaoli poderá ter mexidas após o vexame em São Paulo. O Atlético foi atropelado pelo Palmeiras e a torcida está cobrando uma mudança de postura. Com a volta de Keno, o Galo estará desfalcado de Diego Tardelli, Sávio, que está com a seleção sub-17, e Eduardo Vargas, que ainda não foi inscrito. 

O treinador argentino – que está suspenso e não estará na área técnica por causa do 3º cartão amarelo – poderá optar por formações diferentes para fazer com que o Galo jogue melhor e neutralize um adversário tão forte como o Flamengo. Gabriel, que foi titular na partida do 1º turno, pode ganhar a vaga do contestado Guga e ser usado como um lateral defensivo. 

No meio-campo, Allan e Jair foram titulares na última partida, mas, mais uma vez, não encaixaram juntos. Alan Franco pode voltar à equipe titular. Na parte mais ofensiva, a dúvida persiste em quem irá perder a vaga para Keno. Zaracho e Marrony foram titulares na última partida e acabaram colocando Eduardo Sasha no banco. Nathan também não vive bom momento e pode ser sacado. Além de Keno, Savarino é a única certeza do ataque. 

Provável escalação: Éverson; Guga (Gabriel), Réver, Alonso, Arana; Allan (Jair), Alan Franco, Zaracho (Nathan); Savarino, Sasha (Marrony), Keno. Técnico: Jorge Sampaoli. 

Sobre o adversário

O melhor elenco do Brasil e a única equipe que carrega a obrigação de ganhar títulos na temporada. Um plantel recheado de bons jogadores e, mesmo com os desfalques e irregularidade do 1º turno, chegou nas primeiras posições e dificilmente sairá dessa disputa com o Galo e Internacional. Os jogadores já mostraram que entenderam a filosofia do treinador Domènec Torrent e por causa disso a partida desta noite será em alto nível.  O ponto fraco da equipe está sendo a defesa, que terá muito trabalho com Keno e cia.

O momento do Flamengo se confunde com o momento do centroavante Pedro. O atacante de 23 anos é o grande destaque da equipe, com finalizações que chamam a atenção de todos. São 4 gols nos últimos 4 jogos, deixando claro que se a bola chegar, ele não perdoará. A zaga atleticana terá que ter muito cuidado. 

Para o jogo deste domingo, Domènec seguirá com os desfalques que estava tendo nas últimas rodadas: Arrascaeta e Diego seguem lesionados. Gabriel Barbosa, o Gabigol, retornou e foi relacionado. A dúvida da escalação está na utilização da cria da base atleticana, Diego Alves, ou na manutenção do goleiro da base flamenguista e promessa da equipe, Hugo Souza, o Neneca. 

Provável escalação: Hugo Souza (Diego Alves); Isla, Gustavo Henrique (Noga), Nathan, Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia, Gerson; Everton Ribeiro, Pedro, Bruno Henrique. Técnico: Domènec Torrent. 

Atlético x Flamengo
20ª rodada do Brasileirão Série A
05/11/2020, 18:15 horas, Mineirão
Transmissão: Premiere
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.