Curtas | Caso Fred, data da partida adiada do Galo, saída de Marquinhos Gabriel, negociação de Orejuela e muito mais. Resumo semanal de Atlético e Cruzeiro

Fotos: Gustavo Aleixo/ Cruzeiro e Bruno Cantini / Atlético

Blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixem o torcedor atualizado sobre Atlético e Cruzeiro.

Atlético

Atropelado pelo Palmeiras

Foi uma partida de um time só. O Palmeiras “passou por cima” do Galo e venceu por 3 a 0 na última segunda, 02. Com o placar desfavorável, o Atlético perdeu a chance de assumir a liderança e prolongou o seu mau momento: nos últimos seis jogos, a equipe alvinegra conquistou cinco pontos.

Início de um novo turno

Após um turno bom, mas com um final decepcionante, o Atlético espera voltar ao caminho das vitórias neste domingo, 08, contra o Flamengo. O blog trouxe algumas lembranças de goleadas atleticanas sobre o rival carioca no mês de novembro. Além disso, para encerrar o turno, o blog detalhou diversas estatísticas e curiosidades. Confira!

Partida adiada marcada

Enfim o Atlético irá disputar a partida adiada do mês de agosto. Atlético e Athletico-PR tiveram seu jogo da 6ª rodada adiado por causa da final do Campeonato Mineiro. Desde então, a CBF não havia encontrado datas para a partida, porém com a eliminação do Furacão da Copa do Brasil, foi decidido que a partida acontecerá no dia 18 de novembro, no Mineirão. O Atlético terá desfalque dos seus jogadores convocados para a Seleção, porém se não marcasse nesta data, havia possibilidade do jogo acontecer apenas no final de dezembro, já que o time paranaense ainda está vivo na Libertadores.

Vargas chegou

O Galo anunciou na manhã desta última sexta, 06, a contratação de Eduardo Vargas. O atacante de 30 anos estava no Tigres há 4 anos e assinou com o Atlético um contrato até 2022. Vargas e Sampaoli se conhecem bem, já que o treinador atleticano treinou o atacante no Universidad de Chile e na Seleção Chilena, onde Vargas se destacou bastante e ambos foram campeões da América. O atacante deve estrear contra o Corinthians, no dia 14.

Maílton de saída

O Atlético emprestou mais um jogador. Maílton, lateral-direito que estava sendo utilizado como ponta com Sampaoli, foi cedido ao Coritiba para a disputa deste Brasileirão. O jogador de 22 anos não conseguiu se firmar como uma boa opção no plantel e tentará se desenvolver no modesto elenco da equipe paranaense. O Atlético pagará parte dos salários e o contrato não tem opção de compra, ou seja, Maílton retornará em fevereiro de 2021. 

Acabaou a procura por reforços?

No início de outubro, o blog trouxe a informação do Fala Galo sobre a contratação de três jogadores: uma jovem promessa, um bom nome em fim de contrato e um jogador por empréstimo. Matías Zaracho e Eduardo Vargas ocuparam as duas primeiras vagas, porém o atleta emprestado não deve chegar. Aníbal Moreno, meio-campista do Newell ‘s, foi especulado, no entanto o time argentino só aceitava negociar em definitivo e por um valor alto. Por isso, o Atlético deve ter finalizado as suas buscas no mercado.

Selecionáveis atleticanos

Mais uma vez, a data FIFA atormentará os atleticanos. Savarino já foi convocado para a Seleção Venezuelana e Alonso para o Paraguai. A Seleção Equatoriana ainda não convocou seus atletas, porém Alan Franco tende a desfalcar o Atlético também. Estes jogadores ficarão fora da partida contra o Corinthians, dia 14, e contra o Athletico-PR, no dia 18. Por outro lado, Zaracho e Guilherme Arana, que estiveram nas prévias das suas seleções, não foram convocados. Eduardo Vargas, que é um jogador histórico do Chile, pediu diretamente ao treinador Reinaldo Rueda para não ser selecionado.

Novidades sobre Fred e Ricardo Oliveira

Um dos casos mais polêmicos na justiça esportiva é o caso Fred, mas desta vez a novidade não é sobre os 10 milhões da multa. Nesta sexta, 06, o vice-presidente do Atlético divulgou que a Justiça do Trabalho extinguiu um processo trabalhista do ex-atacante atleticano contra a equipe e condenou Fred a pagar 600 mil de honorários. A condenação é em 1ª instância e o jogador deve recorrer. No caso de Ricardo Oliveira, o Atlético foi condenado a pagar 3 milhões para o atacante, por causa de vencimentos atrasados. A decisão também foi em 1ª instância e o Galo, certamente, irá recorrer.

Cruzeiro

Vitória sobre o Botafogo-SP

Mesmo sem um grande desempenho – Felipão afirmou na coletiva que foi a pior atuação da equipe sob o seu comando- o Cruzeiro venceu mais uma e deu continuidade ao seu bom momento. A Raposa derrotou o Pantera por 1 a 0. São quatro jogos com o experiente treinador e 10 pontos conquistados, um aproveitamento de mais de 83%. 

Histórias de recuperação

Após terminar o 1º turno fora da zona do rebaixamento, o cruzeirense começou a olhar para a parte de cima da tabela. Com 20 pontos em 19 jogos, a equipe azul celeste não terá vida fácil, porém a torcida acredita na recuperação. O blog trouxe alguns exemplos de recuperação no 2º turno, campanhas que poderiam levar o Cruzeiro de volta à elite. Confira!

Saída de Marquinhos Gabriel

Após o final da partida contra o Botafogo-SP, Felipão foi perguntado sobre a ausência de Marquinhos Gabriel. O ponta, muito contestado pela torcida, estava sendo titular, porém, segundo o treinador cruzeirense, pediu para ficar fora da partida desta sexta, 06, já que não estava com cabeça no jogo. Buscando sempre profissionalismo e comprometimento dos seus atletas, Felipão indicou que Marquinhos Gabriel deve ser emprestado, visto que não deseja atuar com a camisa azul celeste.

Troca Pottker e Maurício

Como antecipado no último resumo semanal, William Pottker e Maurício realmente foram envolvidos em uma troca. Na negociação, o Cruzeiro recebeu 50% do atacante que terá salários pagos pelo Colorado até maio de 2021, além de 1,2 milhões referente a 20% do meio-campista Maurício. O atleta de 19 anos assinou com o Internacional até 2025 e tem potencial para ser vendido novamente. Até por isso, a Raposa manteve 40% de uma futura venda.  

Ala direita e Matheus Índio

Algumas novidades no elenco cruzeirense. Como trouxemos a informação na última quarta, 04, Daniel Guedes deixou o Cruzeiro após apenas sete jogos com a camisa da Raposa. Ele irá se juntar a Enderson Moreira e Ariel Cabral no Goiás. A outra opção na ala direita, Rafael Luiz, testou positivo para a COVID-19 e ficará isolado. Já Matheus Índio, meio-campista que foi pedido por Ney Franco, estava treinando desde o final de setembro com o elenco cruzeirense, porém não deve ser registrado, já que está fora dos planos de Felipão.

Orejuela

Após uma semana de muitas especulações, o presidente Sérgio Santos Rodrigues ressaltou que o contrato de empréstimo de Orejuela não foi feito por esta atual diretoria e afirmou que o Grêmio tem a opção de comprar o lateral colombiano por 3,35 milhões de euros (21,3 milhões de reais). O time gaúcho deve exercer esta opção de compra e a questão discutida é a forma de pagamento. Com o atual contrato, o Grêmio poderá pagar uma parcela apenas em 2021 e outra em 2022 e isso seria muito ruim para o Cruzeiro, equipe que precisa de dinheiro urgentemente. O mandatário cruzeirense negocia um pagamento à vista, que poderia até gerar um desconto, ou até mesmo uma negociação com outros jogadores gremistas. Thaciano foi especulado. 

Paulo e Alejandro

Na tentativa de não perder mais suas promessas, o Cruzeiro agiu rápido e renovou com uma joia da defesa. Paulo, que já está no time profissional, mas ainda não estreou, tem 18 anos e tinha contrato até o fim deste ano. O zagueiro canhoto renovou até 2023. Já Alejandro, atacante do sub-20 do Cruzeiro, foi convocado para defender a Seleção Mexicana da categoria, visto que ele tem dupla nacionalidade. 

A discussão sobre o novo estatuto

O Cruzeiro entregou uma proposta para um novo estatuto na última quarta, 04. O documento está disponível para ser lido aqui. Este novo documento será votado no dia 19 de novembro e poderá se tornar vigente a partir do início do próximo ano. A mudança do estatuto era um dos pedidos mais claros da torcida, porém diversos cruzeirenses não ficaram satisfeitos com o baixo número de pedidos atendidos neste estatuto. O presidente cruzeirense fez questão de se defender de críticas e afirmou que não fez parte da criação deste documento. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários