Curtas | Parcelamento das dívidas cruzeirenses, interesse em Thiago Santos, José Welison de saída, disputa dos goleiros atleticanos e muito mais. Resumo semanal de Cruzeiro e Atlético

Fotos: Flickr oficial do Palmeiras e Bruno Cantini/Atlético

Blog Bola Pra Frente traz um resumo semanal das notícias dos gigantes mineiros, com informações rápidas, pontuais e que deixem o torcedor atualizado sobre Cruzeiro e Atlético.

Pagamento de salários

Antes de noticiar detalhadamente sobre cada equipe, se faz necessário falar sobre algo que é tão cobrado – com muita justiça – pelos torcedores: o pagamento de salário dos funcionários. Segundo a Rádio Itatiaia, o Cruzeiro acertou nesta sexta, 23, o pagamento de uma folha salarial dos jogadores e pagou todos os vencimentos dos demais funcionários. A diretoria ainda busca recursos para acertar a única folha que está atrasada com os atletas. Já o Atlético deve deixar os vencimentos em dia nesta sexta. O presidente Sette Câmara afirmou para Thiago Fernandes, jornalista do UOL, em entrevista nesta quinta, 22, que acertaria a única folha que estava devendo nesta sexta.

Cruzeiro

Enfim, a vitória

A semana do cruzeirense foi abençoada por boas notícias dentro e fora de campo. Para um gigante, voltar a vencer é sempre uma obrigação e após quatro jogos o Cruzeiro voltou ao caminho das vitórias. A equipe mineira venceu o Operário por 1 a 0, fora de casa. O gol foi marcado por Arthur Caíke, aos 38 da 2ª etapa.

Felipão e o possível feito

O Cruzeiro amarga a 18ª posição da Série B, mesmo com o triunfo na última terça, 20. Para deixar a desconfortável zona do rebaixamento neste domingo, 25, a Raposa deve vencer o Náutico, o 15º colocado. O confronto direto acontecerá em Pernambuco, às 16 horas. Se derrotar o Timbu, Felipão conseguirá um feito raro que apenas 4 treinadores da última década cruzeirense conseguiram. Confira!

A COVID-19 ataca a defesa cruzeirense novamente

Matheus Pereira era um dos destaques da equipe cruzeirense no fim de setembro e logo no início de outubro testou positivo para a COVID-19. O lateral voltou a atuar contra o Operário e, felizmente, está recuperado. Mas o vírus atacou novamente o setor defensivo do Cruzeiro. Manoel, zagueiro que estava se destacando em meio a crise, foi diagnosticado com a COVID-19 e ficará isolado por alguns dias.

Jogadores contratados, mas não inscritos

Com a punição da FIFA, o Cruzeiro está proibido de registrar novos jogadores. A diretoria, com ajuda de um parceiro, quitou a dívida e espera que a FIFA libere em breve. Com isso, os três reforços – Angulo, Giovanni Piccolomo e Matheus Índio – que já estão treinando com a equipe ganhariam condição de jogo. Porém, na coletiva pós-jogo, Felipão afirmou que apenas um deve ser inscrito, já que ele deve analisar as necessidades da equipe. Segundo Samuel Venâncio, da Rádio Itatiaia, Giovanni, meio-campista ex-Coritiba, deve ser o jogador escolhido. E nesta quarta, 21, o GE.com noticiou uma possível negociação entre Palmeiras e Botafogo por Angulo, que pode deixar o Cruzeiro mais uma vez.

Felipão pediu novos reforços

As indefinições rondam o elenco de Felipão. O treinador, visualizando a carência do plantel, deve pedir contratações nos próximos dias. A Rádio Itatiaia trouxe a informação que o primeiro pedido do técnico foi Thiago Santos, volante que trabalhou com Felipão no Palmeiras e está no Dallas, time do Estados Unidos. A contratação seria reposição para a vaga deixada por Jean, que retornou ao Palmeiras, pois se lesionou e só retornará no próximo ano. O empecilho para a negociação com Thiago Santos é o longo contrato com a equipe norte-americana, além da titularidade indiscutível no Dallas.

Pai de santo pago

Desde abril, uma história curiosa rodeia a equipe cruzeirense. Na época, Guilherme Piu e Thiago Fernandes, jornalistas do UOL, trouxeram a informação que a diretoria do Cruzeiro, em 2019, havia contratado um babalorixá – popularmente chamado de pai de santo – para tentar evitar o rebaixamento. O Cruzeiro se comprometeu em pagar 10 mil, mas pagou apenas 6 mil. E nas redes sociais, nos últimos meses, diversos torcedores falavam que a crise atual era ocasionada pela falta de pagamento ao pai de santo. Mas nesta sexta, 23, o UOL trouxe a informação que um grupo de torcedores fez uma “vaquinha” e acertou a dívida, deixando os torcedores supersticiosos aliviados.

Parcelamento de dívidas

E na tarde desta sexta, 23, uma notícia do Cruzeiro ganhou os holofotes. A diretoria cruzeirense fechou acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e conseguiu um grande desconto, além de parcelar as dívidas com a União. Após a exclusão do PROFUT, programa que parcela os débitos das equipes brasileiras, o Cruzeiro deparou com uma dívida de 334 milhões a ser paga em curto prazo. Mas com o acordo de hoje, a Raposa conseguiu 152 milhões de desconto e um parcelamento do débito de 182 milhões em 145 parcelas, ou seja, 12 anos para pagar. Neste primeiro ano, as parcelas serão fixadas em 350 mil reais e, a partir de 2021, serão progressivas.

Pontos negativos e positivos deste acordo

Obviamente, o parcelamento é uma boa notícia, porém é necessário ver como serão pagas estas parcelas, visto que o PROFUT funciona desta forma e o Cruzeiro passou anos sem pagar – pura irresponsabilidade – e acabou sendo excluído. Além disso, o Cruzeiro abriu mão de 6,4 milhões da transferência de Arrascaeta – montante que havia sido bloqueado pelo governo – a fim de viabilizar este acordo. Como exemplo de ponto positivo do acordo, a diretoria conseguiu a liberação da venda do imóvel Campestre II, que pode render 13,6 milhões para a equipe e resolver alguns problemas imediatos.

Atlético

Mais uma vez derrotado fora de BH

A 5ª derrota em oito jogos fora de casa, retrospecto ruim que tirou o Atlético da liderança do campeonato. O Galo perdeu para o Bahia na noite de segunda-feira, 19, por 3 a 1. O gol atleticano foi marcado por Savarino, enquanto o time baiano contou com dois gols de Gilberto e um de Daniel. E o camisa 9 do Bahia, Gilberto, foi o grande nome da partida, já que o centroavante entrou no 2º tempo e virou a partida. O Atlético perdeu muitas chances e sentiu falta de um jogador como Gilberto, isto é, um matador.

Galo só no final de semana

A partir destes últimos dias, o Atlético terá 14 semanas seguidas sem partidas nas quartas e quintas. O Galo só tem compromisso no meio de semana marcado no dia 14 de janeiro, contra o Grêmio, em jogo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. Este descanso deve ser aproveitada por Sampaoli, que poderá treinar os seus atletas, enquanto os seus principais concorrentes, Internacional e Flamengo, estarão jogando a Libertadores e Copa do Brasil. Esta “folga” atleticana só poderá ser interrompida pela marcação da partida adiada contra o Athletico-PR, quando o Furacão conseguir uma data. O blog fez uma previsão das possíveis datas. Veja!

Zaracho, o novo camisa 15

O Atlético poderá ter estreia neste sábado, 24, contra o Sport. O meio-campista de 22 anos, Matías Zaracho, foi apresentado, registrado no BID e estará à disposição de Jorge Sampaoli. O jovem jogador vestirá a camisa 15, em vez dos emblemáticos números 10 e 7, que estão disponíveis no elenco, e fez questão de explicar o porquê. Confira!

Éverson ou Rafael, a dúvida

Uma discussão comum entre os atleticanos nos últimos dias é sobre o goleiro titular. Rafael jogou as oito partidas iniciais e após a expulsão contra o Santos – onde a culpa foi de Mariano, pela inversão errada – o goleiro não voltou a jogar. Éverson atuou nos últimos oito jogos e subiu consideravelmente a média de gols sofridos. A fase atual não é culpa do arqueiro, que tem a confiança de Sampaoli, mas dá ênfase à dúvida do torcedor: com Rafael estaria melhor? O blog fez uma análise sobre os dois arqueiros. Confira e deixe sua opinião!

Adeus de José Welison, Fábio Santos e Victor Mendes

Três jogadores deixaram o Atlético nesta semana. Segundo o GE.com, José Welison, que esteve próximo do Santos, mas foi preterido pelo novo presidente santista, será emprestado ao Botafogo até o fim do estadual em 2021. O Galo irá pagar parte dos vencimentos do atleta, que tem contrato até 2023. Já Fábio Santos rescindiu amigavelmente o contrato com o Atlético e já até estreou pelo Corinthians. Foram quatro anos com o bom lateral esquerdo vestindo a camisa do Galo. Por último, Victor Mendes, zagueiro promissor da base, foi emprestado ao Figueirense até o fim da Série B. O jovem de 21 anos estava emprestado ao Boa Esporte no início do ano e agora irá para Santa Catarina.

A renovação do elenco

Com a saída destes atletas e com as diversas negociações que ocorreram em 2020, o Atlético está com um elenco praticamente todo remodelado. Apenas sete jogadores do atual plantel estavam em 2019: Victor, ídolo que está desde 2012, Nathan, que chegou em 2018, Marquinhos, cria da base que estreou em 2017, são os mais “veteranos de Atlético”. Réver, capitão que esteve entre 2010 e 2014, Igor Rabello, Guga e Jair chegaram no ano passado. Um elenco totalmente novo! A reformulação tão pedida pelos torcedores nos últimos anos foi (bem) feita.

A novela judicial de Maicon Bolt

Mais um capítulo. Após ser condenado em 1ª instância a pagar 14 milhões ao ex-jogador da equipe, o Atlético conseguiu uma liminar que suspende esta decisão e impossibilita qualquer ação do atleta até o julgamento do recurso pedido pelo Galo. O caso deve ser julgado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MG). Maicon Bolt e seus advogados pedem esta enorme quantia referente a rescisão do contrato, além de luvas, salários, férias e direitos de imagem não pagos pela equipe.

Sávio convocado para a Seleção

Calma, (ainda) não é a Seleção Principal. A joia atleticana é presença constante nas convocações das Seleções de base – foi campeão mundial pela sub-15 no ano passado – e mais uma vez foi chamado para a sub-17, mesmo já estando no profissional do Atlético. Com isso, Sávio ficará de fora dos confrontos frente o Palmeiras e Flamengo, no início do mês de novembro. Reserva imediato na ponta, Savinho fará falta e o Atlético, caso tenha interesse, poderá se esforçar para não liberar o atleta para a Seleção sub-17. Além dele, Romulo, Victinho e Caio Ribas, jogadores da base do Galo, também foram convocados pelo treinador Paulo Victor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.