Duas baixas: Cruzeiro acerta a saída de Caio Rosa e Matheus Pereira testa positivo para a COVID-19

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Foi publicada na tarde desta terça, 06, a rescisão contratual de Caio Rosa, meio-campista da base da Raposa. Samuel Venâncio, jornalista da Rádio Itatiaia, havia confirmado que a negociação entre Cruzeiro e Sharjah, time do Emirados Árabes, estava encaminhada. 

Os times ainda não anunciaram, porém, no final da tarde, foi publicado no Boletim Informativo Diário da CBF – o famoso BID –  a rescisão do contrato da jovem promessa. O negócio gira em torno de 600 mil dólares (3,3 milhões de reais), referente aos 80% dos direitos econômicos do atleta que o Cruzeiro tem direito. 

Caio Rosa, de apenas 19 anos, era uma das promessas da base cruzeirense e fez apenas 4 partidas como profissional, todas como suplente e sem balançar as redes. Ele havia retornado à base durante a temporada, mas Ney Franco promoveu ele novamente para os time principal. 

Após 2 jogos consecutivos sendo utilizado na 2ª etapa, Caio Rosa foi vendido para o mundo árabe, onde irá receber um alto salário.

Vale ressaltar que este valor não resolve os problemas financeiros do Cruzeiro, no entanto ajuda a pagar salários. Por exemplo, a dívida da Raposa com outro clube árabe, o Al Wahda, gira em torno de 5,5 milhões. Este débito é referente a contratação de Denilson e já provocou diversos problemas ao Cruzeiro, como a punição de menos 6 pontos na Série B. 

Matheus Pereira

A outra baixa não é definitiva, mas o Cruzeiro perderá o atleta por alguns jogos. Matheus Pereira, lateral esquerdo titular, testou positivo para a COVID-19 e ficará isolado por um período, se ausentando de alguns confrontos. Contra o Sampaio Corrêa, nesta quinta, e Oeste, no domingo, Matheus é baixa confirmada, visto que deve haver um período de isolamento. 

O jovem atleta se consolidou como titular nas últimas partidas e, para muitos, era o melhor jogador da equipe atualmente. Um lateral muito completo e, devido ao elenco limitado, fará bastante falta. Giovanni, tão contestado pela torcida, deve retornar à titularidade.

Esperamos que Matheus Pereira não tenha problemas e possa enfrentar esta doença com tranquilidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários