Tentando consolidar o bom momento, Cruzeiro enfrenta o líder Cuiabá neste sábado

Reprodução Twitter

O jogo mais difícil de qualquer competição de pontos corridos é o duelo fora de casa com o líder. E o Cruzeiro, tentando sair de uma crise, terá este grande desafio esta noite. Uma vitória no jogo de hoje consolida de vez a recuperação cruzeirense. 

O grande jogo da 13ª rodada da Série B acontece neste sábado, 03, às 22 horas, na Arena Pantanal. O Cuiabá recebe o Cruzeiro com a intenção de “jogar um balde de água fria” em cima do gigante mineiro, que após vencer a Ponte Preta por 3 a 0, espera ter encontrado o bom futebol. 

Além do bom resultado, a Raposa teve um desempenho muito bom – o melhor da equipe na Série B – e com muita justiça venceu a Ponte Preta, time que também está no G-4, assim como o Cuiabá, rival desta noite.

No entanto, não é só o Cruzeiro que está empolgado. O Cuiabá vive o seu melhor momento da sua história e os seus torcedores almejam mais feitos, visto que o time mato-grossense está nas oitavas da Copa do Brasil e liderando a Série B.

Se o Cruzeiro vencer, o time sairá novamente da zona do rebaixamento – havia saído, mas retornou pelas partidas já disputadas nesta rodada – e alcançará a 12ª posição. Em caso de derrota, ficará em 17º, ou seja, passará mais uma rodada no Z-4. Já o Cuiabá, seguirá como líder independente do resultado, todavia poderá aumentar a distância.

Mesmo sendo considerado o jogo mais esperado da rodada, Cuiabá e Cruzeiro não tem sequer um jogo entre si. A partida inédita marcará o encontro entre um time multicampeão, uma das maiores equipes do Brasil, um gigante em busca de reconstrução com uma instituição muito jovem.

O Cuiabá foi criado em 2001 e chegou na Série B, seu auge, em 2019. Como exemplo de quão jovem é a equipe do centro-oeste brasileiro, é possível dizer que quando o Cuiabá Esporte Clube estava sendo criado, o Cruzeiro já havia vencido 2 Libertadores. A boa gestão do Cuiabá contrapõe o momento cruzeirense e isso fica evidente na situação dos dois times na Série B. 

Para enfrentar o líder, Ney Franco terá mais desfalques. Jean está praticamente fora da temporada. Raúl Cáceres, Cacá e Léo desfalcam a defesa cruzeirense por lesão, mas devem voltar em breve. Airton e Jadsom estão suspensos e ficaram em Belo Horizonte.

Por causa destas baixas e pelo excelente desempenho, o treinador cruzeirense deve manter a base da bela vitória contra a Ponte Preta. A defesa será idêntica. Manoel e Ramon fizeram uma partida bem segura e ganharam confiança. Daniel Guedes está atuando bem e os torcedores não estão sentindo tanta falta do regular Raúl Cáceres. Matheus Pereira é o melhor jogador do Cruzeiro na Série B e dispensa comentários.

A dupla de volantes deve ser mantida. Com a lesão de Jean, Ney Franco pediu para a diretoria a contratação de um 1º volante, por causa da carência no plantel do Cruzeiro. Para este jogo, além dos titulares Machado e Henrique, o técnico contará apenas com Ariel Cabral, já que Adriano, jovem da base, nem foi relacionado.

O setor ofensivo também será mantido. Régis, Arthur Caíke e Sassá foram bem e seguirão como titulares. Já para a vaga do suspenso Airton, Ney Franco deve optar por Maurício, perdendo na velocidade, mas ganhando na técnica.

Provável escalação: Fábio; Daniel Guedes, Manoel, Ramon, Matheus Pereira; Machado, Henrique; Régis, Maurício, Arthur Caíke; Sassá. Técnico: Ney Franco.

Sobre o adversário

A sensação da Série B. O líder Cuiabá vive seu melhor momento na história e segue firme no sonho de disputar a elite do futebol brasileiro em 2021. A ascensão para a Série A seria um grande momento para a jovem equipe da capital mato-grossense. Na Série B, o time está na liderança com boa vantagem – 3 pontos para o vice-líder – e em 12 partidas, venceu 7, empatou 4 e perdeu apenas 1 jogo.

O Cuiabá manda seus jogos em um estádio que foi sede da Copa do Mundo de 2014. A Arena Pantanal é a sua fortaleza. 100% na Série B como mandante, o time do centro-oeste ostenta a sequência de 11 jogos invictos em casa. A esperança dos torcedores do Cuiabá é que esta sequência se mantenha contra o Cruzeiro e contra o Botafogo, adversário nas oitavas de finais da Copa do Brasil.

Marcelo Chamusca, treinador do Cuiabá, não terá grandes problemas para o jogo deste sábado, 03. Hayner, lateral direito titular, está suspenso pelo 3º cartão amarelo e não enfrentará o Cruzeiro. Por outro lado, a partida desta noite marcará a volta de Romário, lateral esquerdo que já deve ser titular, visto que Lucas Hernández, emprestado pelo Atlético, está sem ritmo de jogo após uma lesão muscular. 

Provável escalação: João Carlos; Lucas Ramon, Everton Sena, Luiz Gustavo, Romário; Matheus Barbosa, Rafael Gava, Elvis; Felipe Ferreira, Jenison, Maxwell. Técnico: Marcelo Chamusca.

Cuiabá x Cruzeiro
13ª rodada do Brasileirão Série B
03/10/2020, 22 horas, Arena Pantanal
Transmissão: Premiere.
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Márcio Soares Maciel (GO).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Futebol Nacional

Comentários