Cazares deixa o Atlético com a sensação de talento pouco utilizado

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Foram 5 temporadas de mais problemas extracampo do que grandes exibições de Juan Cazares. Infelizmente, para o Atlético, o meio-campista não conseguiu manter regularidade e apresentou o seu enorme talento somente em alguns jogos.

Após tantas polêmicas, chegou o momento de Cazares se despedir da massa atleticana. O Corinthians deve anunciar nos próximos dias a chegada do equatoriano de 28 anos. O vínculo de Cazares com o Galo encerraria em dezembro e foi negociada a rescisão contratual.

Em 2020, o atleta atuou apenas por 30 minutos, na vitória sobre o Cruzeiro. Depois que Jorge Sampaoli chegou, Cazares sequer foi relacionado. Ele acabou sendo encostado pelo técnico argentino e estava treinando com o time de transição.

Estando fora dos planos do time mineiro, especulações surgiram. O Corinthians, equipe que havia sondado Cazares em 2019, demonstrou interesse e negociou com o atleta. O empecilho seria os três meses restantes de contrato com o Atlético.

Segundo Jorge Nicola, da ESPN, houve uma reunião nesta terça, 22, entre Atlético e Cazares, onde aconteceu um acordo que liberou o atleta para assinar com o Corinthians.

Na negociação, o meio-campista abriu mão de 2 milhões, que acreditava que tinha direito de receber do Galo, além dos salários até o final do contrato. O Atlético ainda manterá 20% dos direitos econômicos de Cazares, ou seja, poderá lucrar com o atleta no futuro. 

Juan Ramón Cazares Sevillano fez 205 jogos com a camisa do Galo. Foram 98 vitórias, 52 empates e 55 derrotas, aproveitamento de 56,2%. O meio-campista marcou 41 gols e encerrou sua passagem pelo Atlético como o 2º maior artilheiro estrangeiro da história. No Galo, Cazares foi campeão duas vezes do Campeonato Mineiro.

A saída de Cazares foi assunto principal dos últimos meses atleticanos. A torcida se dividiu entre fãs que acreditavam no talento do camisa 10 e torcedores que julgavam que os problemas e a irregularidade de Cazares não compensariam a sua presença no plantel.

O talento nunca foi discutido. É um fato que Cazares é, tecnicamente, um dos melhores jogadores atleticanos dos últimos 5 anos. Ele fez exibições que encantaram a todos. Porém não conseguiu ser estável e as suas atitudes extracampo só atrapalhavam.

Muito talento. Muitos problemas. Cazares ficou marcado como um jogador que poderia ter entregado muito mais. Fez muito pelo Atlético, contribuiu, decidiu jogos, fez gols, deu assistências brilhantes, no entanto faltou ser mais constante.

O jogador vestirá a camisa do Corinthians a partir dos próximos dias e se juntará a Otero. Ficou a sensação de que o talento de Cazares poderia ter sido melhor utilizado pelo Galo. Um craque dentro de campo. Infelizmente, não apresentou a mesma qualidade fora das quatros linhas. Boa sorte Cazares!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários