Atlético e Cruzeiro jogam simultaneamente neste sábado. Veja a prévia das duas partidas

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro e Bruno Cantini/Atlético

Pela 1ª vez desde o início do campeonato de pontos corridos de 2020, Atlético e Cruzeiro entrarão em campo no mesmo horário. Ambos jogam fora de casa, às 21 horas, dividindo a audiência de Minas Gerais. O jogo do Galo é válido pela 11ª rodada do Brasileirão Série A e o da Raposa pela 10ª rodada do Brasileirão Série B.

Para mais notícias, além da prévia, o blog Bola Pra Frente fez um resumo das notícias da movimentada semana envolvendo Cruzeiro e Atlético. 

Atlético-Go x Atlético

Após vencer o Bragantino na última rodada, o Atlético chegou na vice-liderança, 2 pontos atrás e com 1 jogo a menos em relação ao líder Internacional. O Galo teve a semana inteira para trabalhar e descansar os seus atletas para uma partida importantíssima. Se vencer e o Inter tropeçar, o Atlético assume a liderança, mesmo com uma partida adiada.

O encontro deste sábado, 19, será contra o Atlético Goianiense, às 21 horas, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. O “xará goiano” é o 12º colocado e vem em ótima sequência. São 4 jogos invictos, sendo 2 vitórias consecutivas. O time vem embalado contra o Galo.

O histórico do confronto é muito positiva para o Atlético. Foram 13 partidas disputadas, onde o Atlético venceu 9 vezes, empatou 3 e o time goiano venceu apenas em uma oportunidade, em 2011. 

Os últimos encontros aconteceram em 2017, quando a equipe mineira venceu as duas partidas do Brasileirão. Uma lembrança boa para Réver é a partida de 2010, onde o zagueiro-artilheiro marcou um golaço de bicicleta, decretando a vitória alvinegra por 3 a 2, em Goiás.

Para o jogo deste sábado, Sampaoli terá o retorno de Jair e Rafael. O goleiro disputará a posição com o recém-chegado Éverson. Jair deve voltar, naturalmente, à sua posição.

O treinador argentino sempre promove mudanças inesperadas. Guga e Mariano estão revezando a posição na direita. Alonso e Arana são titulares indiscutíveis na defesa. Allan e Alan Franco se consolidaram no meio-campo. Nathan deve ganhar ainda mais tempo em campo, porém não deve atuar os 90 minutos.

No ataque, Marquinhos sequer foi relacionado. Savinho, de 16 anos, pode aparecer como surpresa e fazer a sua estreia. Marrony, Savarino e Keno são os outros candidatos às vagas ofensivas, onde Eduardo Sasha deve ser titular.

O Atlético-GO quase teve confirmado um desfalque importantíssimo. Renato Kayzer, jogador emprestado pelo Cruzeiro, fez 10 gols em 15 jogos no ano e está sendo negociado com o Athletico-PR. Porém o centroavante deve ir a campo.

Provável escalação do Atlético: Rafael (Éverson); Mariano (Guga), Réver, Alonso, Arana; Allan, Alan Franco, Jair (Nathan); Savinho (Savarino), Sasha, Marrony (Keno). Técnico: Jorge Sampaoli. 

Provável escalação do Atlético-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder, Nicolas; Edson, Oliveira, Chico; Janderson, Renato Kayzer, Gustavo Ferrareis. Técnico: Vagner Mancini.

CSA x Cruzeiro

296 dias após o fatídico encontro entre Cruzeiro e CSA pela 35ª rodada do Brasileirão 2019, os times se reencontram precisando da vitória. Naquela partida, Thiago Neves errou pênalti e afundou ainda mais a equipe mineira. O time alagoano chegou a respirar com a vitória por 1 a 0, mas nada adiantou e ambos foram rebaixados. 

A partida deste sábado, 19, acontecerá no Estádio Rei Pelé, em Alagoas, às 21 horas. O Cruzeiro é o 13º colocado e, pelo tamanho da equipe, necessita de vencer para subir na tabela e aproximar do G-4. Já o CSA é o pior time da competição, está na lanterna e vive uma crise sem fim. Na última quinta, 17, demitiu o treinador Argel Fuchs, 18 dias após o contratar.

Caso o Cruzeiro vença, poderá alcançar a 11ª posição e chegará mais perto do objetivo da temporada, que é o acesso à Série A. Já o CSA, se vencer, chega ao 17º lugar, sem conseguir sair da zona do rebaixamento ainda. 

Além do dramático jogo do fim do ano passado, Cruzeiro enfrentou o CSA outras 8 vezes. Nestes 9 jogos, o Cruzeiro venceu 6, empatou 1 e perdeu 2 partidas. O único empate aconteceu em 2019, em Alagoas, ou seja, o Cruzeiro não venceu o CSA em 2019.

O momento do Cruzeiro é o grande ponto positivo para os torcedores. Após uma sequência terrível com Enderson Moreira, 6 jogos sem vencer, o Cruzeiro triunfou sobre o Vitória na sexta-feira da semana passada, 11, e atuou bem, coroando a estreia do treinador Ney Franco. 

A notícia ruim do último jogo ficou por conta da lesão do consistente Rául Cáceres. O lateral foi titular em todas as partidas da Série B e estava se destacando. Ele lesionou levemente o joelho e deve retornar nas próximas semanas. Outro desfalque é Marcelo Moreno. O boliviano está suspenso.

Para o lugar de Cáceres, Ney Franco deve optar por Rafael Luiz, jovem de 18 anos que entrou muito bem no último jogo. Na vaga de Moreno, Ney pode optar por jogar com um falso 9 ou colocar Thiago, substituto natural na referência ofensiva. 

O restante do time deve ser o mesmo que enfrentou o Vitória. É até importante para o Cruzeiro consolidar uma formação titular, a fim de obter maior entrosamento. 

Por outro lado, o CSA vive em constantes mudanças. Novamente, trocou de técnico. Mozart, ex-auxiliar do Coritiba, foi contratado e assume um time desesperado. São 6 derrotas nos últimos 7 jogos, sofrendo 13 gols nestas derrotas. Emprestado pelo Atlético, o goleiro Matheus Mendes estreou na última partida e deve ter outra oportunidade. Alano e Alecsandro são ex-cruzeirenses que podem atuar. 

Provável escalação do Cruzeiro: Fábio; Rafael Luiz, Léo, Cacá, Matheus Pereira; Jean, Jadsom; Airton, Régis, Arthur Caíke; Thiago (Maurício). Técnico: Ney Franco.

Provável escalação do CSA: Matheus Mendes (Bruno Grassi); Norberto, Alan Costa, Castán, Igor; Richard Franco(Márcio Araújo), Geovane e Nadson; Rafael Bilu (Alano), Rodrigo Pimpão (Alecsandro) e Michel Douglas. Técnico: Mozart Santos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.