Uma sexta-feira com cara de decisão: Cruzeiro duela com o Vitória nesta noite

Reprodução: Twitter

11 jogadores sob pressão. 90 minutos importantíssimos para mudar de vez a fase do Cruzeiro. Estreia do treinador que chegou com respaldo da diretoria. São ingredientes que preenchem o grande jogo desta sexta, 11, às 21:30.

O Cruzeiro enfrenta o Vitória, no Mineirão, nesta noite, em um jogo que vale muito mais que 3 pontos. A torcida cobra um bom desempenho e a equipe necessita apagar as últimas atuações. Uma sexta-feira que tem cara de decisão para o gigante mineiro.

Enderson Moreira foi demitido na terça. Ney Franco assumiu na quarta e já treinou a equipe. O objetivo é tirar o time desta situação adversa e se aproximar da meta: voltar à Série A do Brasileirão.

Ney Franco irá para sua 2ª passagem no time mineiro, a 1ª como efetivo. Em 2004, Ney Franco treinou interinamente o Cruzeiro e, segundo ele, está realizando um sonho profissional e pessoal em comandar a equipe celeste. 

O Cruzeiro é o 17º colocado com 5 pontos e 8 jogos, sendo assim o 1º time na zona de rebaixamento para a Série C. Além disso, a sequência de 6 jogos sem vencer assusta. O último triunfo do Cruzeiro aconteceu no dia 16/08, contra o Figueirense. Caso a Raposa não ganhe do Vitória, a equipe irá completar um mês sem vencer. 

É indiscutível que os jogadores devem dar uma resposta à torcida pelo momento. Sem a presença dos fãs no estádio, a cobrança é feita virtualmente ou em protestos. Felizmente, os protestos dos cruzeirenses foram pacíficos e houve cobranças justas. A resposta às cobranças tem que ser dada em campo. 

Se o momento do Cruzeiro não é animador, o histórico frente o Vitória é muito vantajoso. Os times se enfrentaram diversas vezes na Série A neste século, visto que o time baiano atuou na elite por vários anos. Em 52 jogos, o Cruzeiro venceu 31, empatou 10 e saiu derrotado 11 vezes.

No confronto, o Cruzeiro sustenta um excelente tabu. O Vitória não consegue vencer a Raposa desde 2010, ou seja, 13 jogos de invencibilidade cruzeirense. O último encontro aconteceu em 2018, pela Série A, e o Cruzeiro venceu por 3 a 0, com direito a 2 gols de Fred. Léo e Manoel foram titulares nesta partida.

Para o jogo desta noite, o Cruzeiro pode ter mudanças. Como se trata de um novo treinador e de um esquema tático que não estava funcionando, Ney Franco pode modificar para tentar encontrar a escalação ideal. 

A esperança é que mude um pouco a forma com que a Raposa estava disposta em campo, já que o time estava com um “buraco” entre os volantes e os jogadores mais ofensivos.

A defesa deve ser a mesma da última partida e não deve ter grandes mudanças durante a temporada. Matheus Pereira se firmou pela ala esquerda e tende a evoluir ainda mais.

A dupla de volantes, ponto mais questionado pelos torcedores, deve ser modificada. Após indisposição no empate contra o CRB, Jadsom deve voltar ao time titular. Ao seu lado, Ney Franco deve colocar Jean ou Machado. Henrique sentiu dores na panturrilha e ficará fora. Ariel Cabral, tão contestado pela torcida, deve ficar no banco.

No ataque, a escalação deve ser a mesma, mas espera-se que a disposição e a atuação seja diferente. Uma aproximação de Maurício à dupla de volantes pode ser preponderante para uma melhoria no futebol do gigante de Belo Horizonte.

Provável escalação: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá, Matheus Pereira; Jean (Machado), Jadsom; Airton, Maurício, Arthur Caíke; Marcelo Moreno. Técnico: Ney Franco.

Sobre o adversário

Empolgado por tirar a invencibilidade do, até então, líder Cuiabá, o Vitória entra em campo com o desejo de agravar a fase do Cruzeiro. Após um primeiro semestre ruim, sendo eliminado prematuramente no estadual e na Copa do Nordeste, o time baiano almeja o retorno à Série A. 

Sem vencer fora de casa na competição, o Vitória é o 8º colocado, com 13 pontos. Caso triunfe sobre o Cruzeiro, o Leão da Barra pode chegar até ao G-4, ultrapassando vários concorrentes direto.

O treinador Bruno Pivetti terá alguns desfalques. Além dos lesionados, Jordy Caicedo e Marcelinho estão suspensos, logo não entrarão em campo nesta noite. Na provável equipe para a partida, os nomes mais conhecidos são Wallace, ex-zagueiro do Flamengo, e Thiago Carleto, ex-Botafogo e São Paulo.

Provável escalação: Ronaldo; Jonathan Bocão, Wallace Reis, João Victor, Thiago Carleto; Guilherme Rend, Gérson Magrão, Fernando Neto; Vico, Matheusinho, Léo Ceará. Técnico: Bruno Pivetti.

Cruzeiro x Vitória

9ª rodada do Brasileirão Série B
11/09/2020, 21:30 horas, Mineirão
Transmissão: SporTV (menos MG) e Premiere
Árbitro: Edina Alves Batista (SP)
Assistentes:Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários