Almejando uma recuperação, Cruzeiro duela com o CRB, algoz de 2020, nesta segunda

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Novamente um duelo importantíssimo contra o CRB. Após uma eliminação dolorida na Copa do Brasil, Cruzeiro encontra pela 3ª vez no ano este rival indesejado. O time alagoano venceu no Mineirão, em março, e acentuou a crise na Raposa, que culminou na saída do treinador Adilson Batista. 

Enderson é o pressionado da vez. Os comandados do treinador cruzeirense entram em campo nesta segunda, 7, às 20 horas, no Mineirão, contra o CRB, em jogo válido pela 8ª rodada da Série B, com o desejo de deixar esta fase ruim para trás e, enfim, iniciar a real reconstrução.

Após uma derrota sem explicações contra o fraco Brasil de Pelotas, o Cruzeiro está na 17ª posição do Brasileirão Série B e em uma sequência de 5 jogos sem vencer. Em meio a esta crise esportiva, Enderson prefere dizer que está vendo evolução da equipe e que irá recuperar. Mas a verdade é que o treinador está sob muita pressão.

Nas últimas partidas o Cruzeiro apresentou um futebol nada vistoso e sem padrão tático. Logo, as derrotas vieram e a crise se instaurou. Muitos jogadores estão sendo cobrados e aconteceu até protestos das torcidas organizadas para que haja uma mudança dentro da equipe.

O presidente Sérgio Rodrigues está apoiando Enderson e entendendo que a continuidade pode acarretar em uma evolução. Por isso, a vitória e um bom desempenho nesta segunda, 7, contra o CRB são primordiais para sair do Z-4 e ter um pouco de paz. 

O histórico de confrontos favorece o time mineiro, porém os duelos recentes são vantajosos à equipe alagoana. Foram disputados 8 partidas, o Cruzeiro venceu 4 vezes, houve empate em 3 oportunidades e o CRB venceu apenas uma partida.

Só que esta única vitória do CRB aconteceu neste ano. A vitória de 2 a 0 no Mineirão, em março de 2020, foi crucial para a eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil. Na outra partida do ano, o empate de 1 a 1, em 26 de agosto, só garantiu a vaga na competição para o CRB. Léo Gamalho marcou todos os 3 gols nestes confrontos e é o grande algoz dos cruzeirenses. 

Para parar Léo Gamalho e companhia e se recuperar na competição, o Cruzeiro pode ter mudanças. A escalação e, principalmente, o estilo de jogo apresentado pela Raposa nas últimas partidas são as principais fontes de críticas. Desse modo, Enderson pode promover mudanças, a fim de melhorar a equipe.

A defesa cruzeirense se consolidou e não deve ter mudanças. Fábio, Raúl Cáceres e Cacá são os pilares da equipe e tem a confiança do torcedor. O capitão Léo está sendo contestado, até mesmo pelo escorregão frente Léo Gamalho no último encontro entre os times, mas deve ser mantido como titular. Matheus Pereira, lateral da base, aproveitou a chance na ala esquerda e deve ganhar ainda mais minutos.

No meio e no ataque estão os problemas cruzeirenses. O time cria pouco e falha bastante na transição. É necessário uma aproximação maior para que haja triangulações e boas jogadas.

Enderson não deve abandonar o tradicional 4-2-3-1. Por isso, Jadsom e Henrique devem ser titulares. No ataque, Airton é um dos únicos destaques das últimas partidas e será titular pela direita. Na esquerda, Arthur Caíke deve ser mantido. 

Na armação, Enderson está promovendo revezamento entre Maurício e Régis, já que ele não consegue enxergar os dois meio-campistas atuando juntos. Como referência, mesmo sem marcar gols com a bola rolando neste ano, Marcelo Moreno deve continuar como titular.

Provável escalação: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá, Matheus Pereira; Jadsom, Henrique (Machado); Airton, Régis (Maurício), Arthur Caíke; Marcelo Moreno. Técnico: Enderson Moreira.

Sobre o adversário

Com boas lembranças nos confrontos contra o Cruzeiro, o CRB entra em campo nesta segunda com confiança. 7º colocado na Série B e podendo alcançar até a 3ª posição em caso de vitória, o CRB almeja derrotar a Raposa mais uma vez no Mineirão.

E a fase ajuda. A equipe alagoana está classificada para a 4ª fase da Copa do Brasil e está em uma sequência de 7 jogos sem derrotas, contrapondo o momento ruim do adversário da noite.

E para vencer, o CRB conta com Léo Gamalho. O artilheiro da Série B estará em campo novamente. Autor de 60% dos gols da equipe alagoana na competição, o centroavante está em excelente fase e tentará novamente marcar contra o Cruzeiro. Outro jogador conhecido do time do CRB é o zagueiro Gum, bicampeão brasileiro pelo Fluminense.

Provável escalação: Victor Souza; Reginaldo, Gum, Reginaldo Júnior, Igor; Claudinei, Washington; Magno Cruz, Diego Torres, Luidy (Bill); Léo Gamalho. Técnico: Marcelo Cabo.

Cruzeiro x CRB

8ª rodada do Brasileirão Série B
07/09/2020, 20:00 horas, Mineirão
Transmissão: SporTV (menos MG) e Premiere
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (SC) e Gizeli Casaril (SC).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.