Final deste domingo entre Atlético e Tombense pode proporcionar 1º título na carreira de 7 atleticanos

Reprodução Twitter

Um elenco jovem e recém-chegado. Uma seca de mais de 3 anos sem título, desde a conquista estadual de 2017. Caso empatar ou vencer neste domingo, 30, às 16 horas, no Mineirão, contra o Tombense, o Atlético será campeão do Campeonato Mineiro 2020, quebrando alguns tabus. Qualquer vitória do time de Tombos faz com que o modesto time erga a taça pela 1ª vez.

Sem levantar um troféu desde 2017, o Galo pode sagrar-se campeão com diversas conquistas individuais. Com a camisa atleticana, apenas 6 jogadores do atual elenco já levantaram taça. Victor, Réver, Gabriel, Fábio Santos, Cazares e Diego Tardelli são os únicos que sabem como é ser vencedor com a camisa alvinegra.

Esse baixo número pode ser explicado pela reformulação do elenco nesta temporada. 15 atletas que chegaram este ano estão na 1ª tentativa de vencer uma taça pelo Galo. Outros 8 jogadores, estes que já estavam no elenco ano passado, podem ser campeões pela 1ª no Atlético, dentre o plantel de 30 atletas.

No elenco, 13 jogadores ainda não sabem o que é ser campeão em solo brasileiro. Alguns são estrangeiros e estão na 1ª temporada no Brasil. Outros são brasileiros e só levantaram troféus fora do país natal. Sampaoli é outro que está em busca do 1º título no Brasil. O argentino almeja vencer uma competição como técnico pela 10ª vez.

O fato que chama mais atenção é que 7 jogadores podem gritar pela 1ª vez na carreira a frase “É Campeão” se o Atlético vencer o campeonato estadual. Mailton, Guga, Gustavo Henrique, Dylan Borrero, Bruno Silva, Marrony e Marquinhos são os 7 atletas que buscam a 1ª taça da carreira. A lista detalhada desses possíveis feitos estão no final da matéria.

Tirando de lado o ineditismo da possível conquista atleticana, o confronto contra o Tombense não será fácil. O time da modesta cidade de Tombos apresentou um futebol muito organizado durante toda a competição, sendo 1º lugar geral, e fez um jogo duro com Atlético na última quarta-feira, 26.

O placar de 2 a 1 a favor do time atleticano foi definido na última bola, com o chute de Keno. Anteriormente, Rafael havia feito duas excelentes defesas e garantiu o resultado para o Galo. Neste domingo, novamente o gigante de BH não terá facilidades contra a equipe comandada por Ibson e pelo gigante Rubens.

Depois de 2 derrotas consecutivas no Brasileirão, o Atlético se recuperou com a vitória frente o Tombense e pode terminar o mês de agosto com uma taça. O time ainda comete vários erros e sente falta de algum jogador para criar. Nathan segue fora de combate.

Para o jogo deste domingo, Sampaoli não tem nenhum desfalque diferente. Tardelli e Nathan seguem no DM e Cazares continua afastado. O técnico argentino mudou a formação no último jogo e pode ousar algo novamente, mesmo sendo um jogo muito importante para a sequência da temporada.

Na defesa, Rafael e Júnior Alonso jogaram todos os minutos desde a volta, porém Sampaoli não sinaliza uma possibilidade de poupar os dois atletas essenciais para o Galo.

Já do meio para frente, várias dúvidas. Hyoran, bastante contestado pela torcida, segue com a confiança do treinador. Sasha fez uma boa partida e deve ser titular. Marrony pode ser deslocado para esquerda ou ir para o banco, caso Sampaoli não escale 4 atacantes novamente. Marquinhos, destaque da última partida, pede passagem no time titular.

Provável escalação: Rafael; Guga, Réver, Alonso (Igor Rabello), Arana; Allan, Alan Franco (Jair), Hyoran; Keno (Savarino), Eduardo Sasha (Marrony), Marquinhos. Técnico: Jorge Sampaoli.

Sobre o adversário
Após erguer a taça de Campeão do Interior, o Tombense já fez história. A campanha foi surpreendente e muito bonita para o modesto time que disputa a Série C. Ao estrear em uma final estadual, a equipe não sentiu a pressão e proporcionou um jogo muito complicado contra o Atlético.

Sob comando de Ibson, jogador que comanda as jogadas do Tombense, e Rubens, artilheiro da competição e autor do gol contra o Atlético, o time de Tombos entra em campo, neste domingo, com o sonho de conquistar o estadual.

Qualquer vitória basta para o Tombense ser campeão. O time não tem desfalques e deve escalar a mesma equipe que enfrentou o Atlético na quarta.

Provável escalação: Felipe Garcia; David, Matheus Lopes, Admilton, João Paulo; Rodrigo, Ibson, Serginho; Marquinhos, Cássio Ortega, Rubens. Técnico: Eugênio Souza.

Atlético-MG x Tombense
2º jogo da final do Campeonato Mineiro 2020
30/08/2020, 16 horas, Mineirão
Transmissão: Globo Minas, SporTV 2, Premiere
Árbitro: Ronei Cândido Alves (MG)
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes (MG) e Felipe Costa de Oliveira (MG)
1ª partida da final: 2 a 1 para o Atlético.

Lista dos atletas e possibilidade de feitos se o Atlético vencer o Campeonato Mineiro 2020
O elenco profissional do Atlético tem 30 jogadores*

  • 6 jogadores já venceram título pelo Atlético: Victor, Réver, Cazares, Gabriel, Tardelli, Fábio Santos.
  • 24 atletas poderão levantar a 1ª taça pelo Atlético: Matheus Mendes, Rafael, Maílton, Guilherme Arana, Guga, Mariano, Bueno, Igor Rabello, Gustavo Henrique, Júnior Alonso, Léo Sena, Jair, Gustavo Blanco, Alan Franco, Nathan, Dylan Borrero, Hyoran, Allan, Bruno Silva, Keno, Marrony, Savarino, Marquinhos, Eduardo Sasha.
  • 13 jogadores, que se vencer o Mineiro, ganharão o 1º título no Brasil: Mailton, Guga, Bueno, Gustavo Henrique, Júnior Alonso, Alan Franco, Nathan, Dylan Borrero, Allan, Bruno Silva, Marrony, Savarino, Marquinhos.
  • 7 atletas, que caso ganhar o estadual, gritarão “É campeão” pela primeira vez na carreira: Mailton, Guga, Gustavo Henrique, Dylan Borrero, Bruno Silva, Marrony, Marquinhos.

*Os jogadores do elenco principal foram separados dos atletas do time de transição segundo dados oficiais do Atlético. Por exemplo, Savinho, atleta relacionado para o jogo deste domingo, está nos materiais oficiais do Galo como jogador do Time de Transição. Caso for campeão, Savinho, com seus 16 anos, conquistará seu primeiro título.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.