Olhar tático | Gustavo Blanco: o retorno do queridinho atleticano

Reprodução Twitter

Por Pedro Bueno

26 meses sem jogar futebol. Dois anos que foram arruinados por lesões. Muito azar em um jogador bastante talentoso. Após 3 lesões graves, Gustavo Blanco retornou no último dia 15 aos treinos, juntamente com o elenco do Atlético, e deve ser relacionado nos próximos dias por Jorge Sampaoli. 

Não faltou apoio da massa atleticana. Os torcedores do Galo sempre apoiaram Gustavo Blanco e esperaram por todo esse tempo o retorno do volante. Queridinho da torcida, o jogador está com 25 anos e espera voltar a atuar em bom nível.

Em 2018, auge da sua carreira, o atleta estava atraindo o olhar do futebol brasileiro. Um volante moderno, que vai de área à área, muito bom marcador e ainda auxilia na criação. Gustavo Blanco empolgou todos os atleticanos, que enxergavam nele uma joia a ser lapidada. 

As 12 rodadas iniciais do Brasileirão 2018 ficaram marcadas por Blanco, Roger Guedes e Thiago Larghi. Infelizmente, o volante machucou, o atacante foi negociado com um time chinês e o treinador foi demitido poucos meses depois.

E foi na pausa para a Copa do Mundo de 2018 que o drama de Gustavo Blanco se iniciou. O jogador rompeu os ligamentos do joelho esquerdo num treinamento e, desde então, não está apto para jogar. Em janeiro de 2019, ele voltou a treinar. Porém, no mês seguinte, Blanco voltou a romper os ligamentos do joelho esquerdo. Mais um ano de drama.

Neste ano, o volante estava para voltar, quando houve a paralisação por causa da pandemia. Blanco aproveitou este momento para melhorar a condição física. O Atlético retornou aos treinos em 19 de maio e Blanco estava junto com elenco. Todavia uma semana depois, o atleta ex-Bahia e América se lesionou novamente. Desta vez ele rompeu o tendão do quadril. 

Mas ele voltou. Blanco está treinando normal há mais de uma semana e deve ser relacionado em breve. Um consenso é que Blanco poderia ter tido uma carreira muito melhor por causa do seu potencial. É momento de torcer para que as lesões não voltem a atormentar o jogador de 25 anos.

Muito querido pela torcida do Atlético e admirado por vários adversários, Gustavo Blanco era sucesso do fantasy Cartola. O atleta é um exímio roubador de bolas e chega ao ataque, características que rendem muitos pontos no jogo famoso entre os fãs do futebol. Além dos atleticanos, vários torcedores de outros times querem ver Blanco de volta em boa forma.

Como joga?

Todos lembram como Gustavo Blanco atua. Um volante completo, que ataca e defende. Mas faz tanto tempo desde a sua última exibição, contra o Ceará, em 12 de junho de 2018, que os torcedores podem ter esquecido a importância e o posicionamento do jogador.

Gustavo Blanco fez 36 partidas com a camisa alvinegra, venceu 19, empatou 10 e perdeu apenas 7 jogos. Marcou 1 gol, frente o Ferroviário, e deu 4 assistências. O jogador não tem os melhores números na questão da participação em gols, até porque não é a principal característica de Blanco.

O jogador se destacou por desarmar com muita inteligência, recompor com velocidade e contra-atacar, com bons passes e ligação rápida.

Em muitos lances do Atlético de 2018, Blanco estava auxiliando a rodar a bola no ataque, com seu bons passes, e se o Galo perdia a bola, ele voltava ligeiramente e com bastante fôlego, podendo fazer isso durante os 90 minutos, característica que se encaixa na filosofia de Sampaoli. 

Gustavo pode ser definido como um segundo homem de meio campo. Não é concorrente direto de Allan e nem de Jair, quando estes jogam como primeiro homem a frente da zaga.

Blanco tem a característica de ir e voltar, principalmente pelo lado direito. Caso Sampaoli siga utilizando o esquema tático atual, Blanco terá a concorrência de Alan Franco, Léo Sena e Jair, quando este último jogar mais adiantado. 

Mapa de calor de Gustavo Blanco no Brasileirão de 2018. Fonte: SofaScore.com

Como é possível analisar no mapa de calor, Gustavo Blanco é um jogador que se movimenta bastante. Em meio a todas essas características, chama atenção em Blanco como o atleta é completo. Em comparação com os outros volantes do Atlético, as estatísticas de Gustavo em 2018 se destaca. As estatísticas observadas dos concorrentes de Blanco são da temporada passada.  

A posição de volante, ainda mais no esquema tático de Sampaoli, tem como função dar ritmo ao jogo. Logo o atleta deve dar muitos toques na bola e ter um bom passe. 

  • Blanco teve como média 60 toques na bola por jogo. 
  • Jair teve apenas 36 de média, mostrando que não é um jogador desta característica. 
  • Franco, na última Sul-Americana, tocou 46 vezes em média. 
  • Já o titular Allan, com 64, e Léo Sena, com 59, se assemelham às estatísticas de Blanco. 

Outra importante estatística sobre volantes são os desarmes. E Blanco se destaca.

  • Com média de 4,5 desarmes por jogo, o queridinho da torcida é craque nesta função.
  • Em comparação, Jair que é excelente marcador, teve média de 2,3 bolas desarmadas por jogo.
  • Allan teve 1,8 como média, Léo Sena 1,9 e Alan Franco com apenas 0,5 desarmes por jogo. 

Estes números evidenciam a capacidade de Blanco e quão completo o atleta é. Caso recuperar o futebol apresentado em 2018, será bastante utilizado por Sampaoli. No entanto é necessário calma.

Um jogador que fica 2 anos sem jogar futebol não volta com a mesma intensidade, ritmo e, principalmente, confiança. A volta de Blanco será importante ao Atlético, porém será necessário vários jogos para o atleta retomar o futebol esperado.

Todos os amantes do futebol esperam que Blanco volte em grande nível e não tenha a infelicidade de se lesionar mais alguma vez. Um volante completo, voluntarioso e moderno. Gustavo Blanco é diferente!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.