Embate “hermano”: Atlético de Sampaoli encara Internacional de Coudet neste sábado

Reprodução Twitter

Una noche muy especial. Com direito a sotaque castelhano, o jogo entre Internacional e Atlético é o grande confronto da 5ª rodada do Brasileirão. Com características parecidas, os times treinados pelos argentinos Jorge Sampaoli e Eduardo Coudet se encontram neste sábado, 22, às 19:00, no Estádio Beira Rio. 

Pressão alta. Jogo de posição. Ter a posse da bola. Os treinadores são adeptos da mesma filosofia e, por isso, o duelo é ainda mais especial. Com muito estudo, estratégia e inteligência dos dois técnicos, a partida será uma guerra tática. 

Ambos são postulantes ao títulos. Ganharam 3 jogos e perderam 1 jogo no Rio de Janeiro por 2 a 1. As campanhas de Atlético e Inter são semelhantes. Na 3ª rodada, o Inter visitou o Fluminense e tropeçou pela 1ª vez. Na última rodada foi a vez do Atlético, mas contra o Botafogo. 

O time mineiro e a equipe gaúcha estão empatados em pontos e só estão atrás do Vasco, único time 100% de aproveitamento. Quem vencer o duelo ficará na liderança, ao menos até o domingo. Em caso de empate, Internacional segue na frente do Galo, por causa do saldo de gols.

O Atlético vem de uma atuação que deixou a desejar. Teve a bola, finalizou 31 vezes, mas a falta de criação de grandes chances e os erros de pontaria foram cruciais para fazer com que o Atlético conhecesse a 1ª derrota sob o comando de Sampaoli.

Todavia não é momento para desesperar. Foi apenas o 8º jogo do treinador atleticano e os números permanecem bons. Foram 8 partidas, 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota. 20 gols foram feitos e apenas 7 sofridos. O time está sendo montado, altos e baixos irão existir, normal de um elenco tão jovem e em formação. 

O histórico contra o Internacional não é um ponto positivo. Os times se enfrentaram 82 vezes. O Colorado venceu 36 partidas, houve empate em 21 e o Galo venceu 25. No gigante da Beira Rio fica ainda pior a situação. Na casa do time gaúcho, o Atlético foi derrotado em 22 ocasiões, empatou em 11 e saiu com a vitória apenas 8 vezes.

No entanto o retrospecto não apresenta só números negativos e desanimadores para o torcedor alvinegro. Dessas 8 vitórias em Porto Alegre, 4 aconteceram nos últimos 6 jogos em solo gaúcho, ou seja, desde 2015 o Atlético voltou a Minas mais vezes com a vitória do que com a derrota. 

A tentativa de conseguir acertar uma escalação de Sampaoli é uma dura missão, mas é possível ver algumas opções para o jogo. Após o revés frente o Botafogo, o treinador pode optar por testar outra formação ou até mesmo outros jogadores. 

Eduardo Sasha, recém chegado ao Atlético e já relacionado, pode estrear como o centroavante do time. O ex-jogador do Internacional tem a confiança de Sampaoli e com a sua entrada Marrony seria remanejado a sua posição de origem, a ponta esquerda. 

Outras variações que foram discutidas é a possibilidade Sampaoli optar por 3 zagueiros, em uma formação de 3-4-3. Júnior Alonso segue jogando todos os minutos, mas como a partida de hoje, 22, é muito importante, Sampaoli deve optar por poupar o paraguaio daqui alguns jogos.

Provável escalação: Rafael; Guga (Mariano), Réver, Alonso (Gabriel), Guilherme Arana; Allan, Jair (Alan Franco), Hyoran; Savarino, Marrony (Eduardo Sasha), Keno (Marrony). Técnico: Jorge Sampaoli.

Sobre o adversário
O Inter confiou em Chacho Coudet para comandar a equipe e, aparentemente, acertou a decisão. Mesmo com a eliminação no Gauchão, o Internacional está em boa temporada e com bons prognósticos para o restante do ano. A equipe perdeu apenas 2 partidas em casa na temporada, ambas para o rival Grêmio. Nos outros 10 jogos, a equipe colorada venceu todos. 

A grande baixa da equipe gaúcha foi a lesão de Guerrero, destaque e artilheiro do time. A lesão no joelho irá tirar o peruano da temporada e fez com que o Inter fosse ao mercado atrás de um atacante. A cria da base Alexandre Pato é a contratação mais provável.

Para o jogo de hoje, 22, o Inter também não contará com o atacante William Pottker, expulso na vitória de 3 a 0 frente o Atlético-GO, na última quarta. A atenção da defesa alvinegra deve estar em Thiago Galhardo, destaque do último jogo com 2 gols.

Provável escalação: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso (Musto); Edenílson, Boschilia, Patrick; Thiago Galhardo, Yuri Alberto. Técnico: Eduardo Coudet.

Internacional x Atlético-MG
5ª rodada do Brasileirão Série A
22/08/2020, 19 horas, Estádio Beira Rio
Transmissão: Premiere.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Daniel Luís Marques (SP) e Evandro de Melo Lima (SP).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.